CAIXA-POSTAL



Aos assuntos da semana:

Jorge Luíz escreve: Por que os times da NBA (e acredito, das outras ligas esportivas norte-americanas
também) não exibem marcas de material esportivo em seus uniformes? É proibido? Até a faixa na cabeça dos jogadores só exibe a marca NBA. A única coisa “livre” que vejo são os tênis dos jogadores. Você acredita que uma abertura é possível? Seria uma receita interessante…

Resposta: As quatro principais ligas esportivas americanas (futebol americano, basquete, beisebol e hóquei) são rigorosas no que diz respeito aos uniformes. Publicidade na camisa é proibida. Os times podem faturar quanto quiserem em suas arenas. Sobre os tênis, por exemplo, é preciso respeitar uma regra: os jogadores podem usar as cores que bem entenderem, mas essa cor deve ser predominante nos tênis de todos do time. Concordo que seria uma receita interessante, mas teria impacto óbvio na estética dos uniformes. Não acho que veremos isso acontecer tão cedo.

______

Rafael escreve: 1 – Você acha que o Corinthians tem banco para ganhar um campeonato brasileiro? (já
que olhando só os titulares só Inter e Cruzeiro estão no mesmo nível)
2 – Você acha que apenas um lateral-direito (a la Cicinho ou Ilsinho) ou um meia criativo seriam suficientes para acertar o setor ofensivo do São Paulo?
3 – O que esperar do time do Palmeiras para a Libertadores, tendo em vista este gás extra gerado por Cleiton Xavier?

Resposta: Aproveitando o meu bom humor, responderei as três numa só Caixa-Postal.

1 – Se pensarmos que “ter banco” é ter opções razoáveis para ausências eventuais dos principais jogadores, a resposta é não. Mas acredito que a resposta seja a mesma para todos os times. Idealmente, o Corinthians precisa de um lateral-direito, um zagueiro e um meia.

2 – O problema na lateral-direta é tão grave que a melhor opção é Zé Luis, que é volante. A falta de um meia é conversa antiga, mas quem seria esse jogador? Não sei se duas contratações resolveriam todos os dramas, mas ajudariam.

3 – Há vitórias que transformam times de futebol. Talvez o gol de Cleiton Xavier no Chile tenha produzido uma dessas vitórias. O jogo contra o Sport não responde essa questão, já que se não fosse Marcos… mas o Palmeiras passa pelo Nacional sem muitos problemas.

______

Vinicius escreve: 1 – (modo brincadeira ativado) Acha que o Hernanes está realmente se empenhando em
ser convocado pelo Dunga? Levando em consideração que o Dunga só leva volantes que estão jogando mal…

2 – Ontem na entrevista do Ronaldo (para a Folha de S. Paulo), a imprensa brasileira amou o que ele disse em todos os sentidos. Eu vi como muita hipocrisia dele em reclamar agora da CBF, falar que reclamou pro Parreira de Weggis e ademais, falar do Ricardo Teixeira, acho que foi meio jogar pra torcida. Quando ele fala do duplo caráter do Ricardo Teixeira, será que não há também esse outro lado? Querer sair como bonzinho sendo que nesse jogo todos eram e são cientes demais para serem inocentes? O que acha desse ufanismo da imprensa?

Resposta: Só duas? Vamos lá.

1 – Não acho que ele está jogando tão mal. Mas, de repente, pode ajudar…

2 – Não vejo assim. O Ronaldo recebeu elogios por ser um jogador de futebol com algo a dizer. É coisa rara. Sobre a declaração a respeito do presidente da CBF, Ronaldo foi até corajoso. Ele sabe que, se continuar fazendo gols, não haverá como impedir sua volta à Seleção Brasileira. Mas até por isso poderia não comprar essa briga. Você realmente tem razão sobre Weggis. Ronaldo tinha força suficiente para se posicionar durante a preparação para a Copa. Só me pergunto se isso teria mudado alguma coisa.

______

Roberto Carlos escreve: Pode até ser injusto comparar pois a África é um continente e o Brasil um país, porém, na reta final das duas últimas Ligas dos Campeões, os africanos se destacaram mais em número e qualidade dos jogadores nos principais times europeus. Temos um grande número de jogadores pulverizados em times médios na Europa. Estamos com uma escassez de craques?

Resposta: Faz tempo. Kaká foi o último. Mas não acho que os africanos, mesmo nessa comparação injusta, tenham jogadores melhores.

______

Obrigado pelas mensagens. Não haverá Caixa-Postal na semana quem vem.

” – Meu pai não é diferente de nenhum outro homem poderoso, como um presidente ou um senador.

– Você percebe como é ingênuo? Presidentes e senadores não mandam matar pessoas.

– Ah, quem é que está sendo ingênuo, Kay?”

Conversa entre Michael Corleone e Kay Adams, em “O Poderoso Chefão”.

(sugestão do blogonauta Edouard Dardenne)



  • davi

    ronaldo mandou bem, mas tem a responsabilidade dele sim. se apresentou obeso. e compactuou com tudo aquilo. e não se cobra dele ter mudado alguma coisa, mas ter se posicionado. mas tudo bem, ninguém é perfeito! e o cara tem credito…

  • Anna

    Por que não vai ter caixa postal? Voce podia fazer de Roma, com curiosidades que perguntassem… A caixa postal é tão legal e com as citações dos filmes…

    AK: Não tenho idéia de como será o meu sábado. Já vamos chegar com trabalho a fazer, por isso acho difícil postar a CP. Um abraço.

  • David Marinelli

    Pra exemplificar bem o que penso sobre a ultima pergunta, pra mim, o Eto’o, joga menos do que o Borges. E não, não sou fã do futebol do Borges. Não faço questão nenhuma deles no meu time.

    O fato é que tem muito cabeça de bagre fazendo sucesso na europa, simplesmente porque é assim que acontece. Se até o técnico da seleção é cego pra essas coisas, que dirá o resto?

    Além do que, tem muito mais coisa além de técnica, que faz um jogador bem sucedido por lá.

    Veja só o SPFC, dito time Europeu do Brasil, por exemplo. Técnica pra fazer sucesso la? Nada… Jogadores tem inclusive perdido a tecnica após chegarem no Morumbi. Pra jogar no time do Muricy, tem que ser um upgrade de brucutu, nada mais, nada menos.

  • Nilton

    Já imaginaram um Campeonato Brasileiro com os Mantos Sagrados sem a profanação das propagrandas???? Seria Lindo. Com relação a citação do O Poderoso Chefão sobre os poderosos da politicas é aplicavel até nos dia atuais, mas não se mata diretamente e sim indiretamente, mas omissão do que por ação.

  • Anna

    Um menino que trabalha no jornal que eu estagio disse que fez a monografia dele baseada no seu blog quando era do ig e comentou por acaso porque falamos de monografia… Falou o quao atencioso vc tinha sido pra dar umas contribuições pra ele.Achei tao legal! Ele se chama Anderson e vai aparecer por aqui. 😉

  • Bruno

    Ronaldo disse na sabatina, que nós deveriamos considerá-lo como um herói, por ele mesmo após os problemas de saúde, ter jogado a final de 1998.

    André, o que vc acha sobre essa declaração?

    E logo após a Copa surgiram fortes rumores de que Ronaldo não fez questão nenhuma de ter Romário ao seu lado na copa, vc acredita?

  • marcio

    Há 2 semanas escrevi sobre agressão do Dentinho no Rafael Moura no jogo na arena da baixada , vc escreveu q talvez só eu tivesse visto o ocorrido. Pois é, o tribunal julgou e o garoto pegou 3 jogos de suspensão. No jogo de volta o propio Dentinho tentou dar outra cotovelada no zagueiro do Atletico-Pr.
    A mídia elogia com razão a atuação deste jogador nos jogos, mas poderia orientar a ser mais leal com os colegas de profissão. O papo que ele é craque e fica sendo¨cassado¨ em campo não cola.
    O Atletico-Pr jogou na bola e perdeu na conivência de arbritos que jogam a favor do “grande”

    AK: Discordo de todas as suas afirmações. Primeiro: Dentinho não deu uma cotovelada em Rafael. Ele disputou uma bola com os braços (desnecessariamente) abertos, como vemos dezenas de vezes em todos os jogos de futebol. A suspensão de 3 jogos foi exagerada, e não me surpreenderei se o efeito suspensivo for concedido amanhã. Segundo: Dentinho é muito mais cobrado do que elogiado pela imprensa, pois tem mais talento do que vem mostrando. Ele nunca foi chamado de craque. Terceiro: dizer que o Atlético foi eliminado pela arbitragem é cegueira voluntária. Um abraço.

  • Mauricio

    Discordo da sua avaliação sobre Ronaldo…ele não tem nada a perder…está encerrando a carreira no Brasil, tem mais no máximo 1 ou 2 anos de carreira, e como bom jogador de xadrez aproveitou pra jogar pra torcida ao atacar o duplo caráter do RT. Dessa forma, se continuar fazendo gols vai ter a opinião pública a seu lado. Só acho que é o roto falando do rasgado, pois todos os episódios passados envolvendo a pessoa e o jogador, não podem ser esquecidos de uma hora pra outra só porque o sujeito fez um golaço !

    AK: Na Seleção Brasileira, Ronaldo tem apenas um episódio em que demonstrou grave falta de profissionalismo: apresentar-se fora de forma para a Copa de 2006. Acho que é evidente que os serviços prestados são mais numerosos. Não acho que Ronaldo, hoje, deva ser convocado. Mas também não acho que seu merecimento, se houver, deva ser ignorado. E nada disso tem a ver com um golaço. Tem a ver com o fato de Ronaldo ser, indubitavelmente, um jogador de futebol muito superior. Um abraço.

  • Jovaneli

    André, meu camarada. Desejo que você e seus colegas de ESPN tenham toda a felicidade e sucesso do mundo na cobertura do segundo maior evento mundial de football (a final da Copa do Mundo é o primeiro).
    E quero fazer um pedido: embora o Barça tenha a torcida talvez da maioria, inclusive daqueles que trabalharão na cobertura, gostaria, de verdade, que vocês fossem capaz de não demonstrar isso para os fãs de esporte.
    Lógico, acredito que a emissora seja capaz de separar bem essas coisas. Mas é que fiquei um tanto quanto decepcionado nos jogos envolvendo o Arsenal, se é que você me entende…
    Achei que houve muita torcida para os Gunners, o que não cai bem em “on”. Por isso, desejo de coração que possam fazer um belo trabalho para o apreciador de futebol, torcedor do Barça ou dos Red Devils ou mesmo para aqueles que torcerão apenas e tão somente por um grande, enorme, gigantesco jogo. É o meu caso.
    Boa viajem e um grande abraço ao amigo.

  • Leonardo Lopes

    Boa André…

    Uma frase de O Poderoso Chefão é sempre uma grande frase…

    E quanta inveja!!!

    Abraço.

  • Sinceramente, na correria da falta de tempo nem li o post, apenas me atentei para o trecho “cinematográfico” do fim, geralmente imperdível. Desta vez, no meio da primeira frase, reconheci o diálogo. Pra mim, um dos melhores da história da telona. Aí até arumei tempo pra vir aqui deixar um comentário elogioso a sua escolha. Mas, infelizmente, não vou ter tempo de ler mais nada!!! Fui. Abraço

MaisRecentes

São Paulo joga, Corinthians soma



Continue Lendo

Sqn



Continue Lendo

Gato



Continue Lendo