NOTINHAS PÓS-RODADAS



Das copas.

Começando com a segunda chegada de São Marcos do Palestra Itália:

* No momento em que Marcos desviou uma cabeçada de Paulo Baier, na pequena área, veio a pergunta: será que ele está numa daquelas noites?

* A resposta, após defender um chute do mesmo Paulo Baier, na risca da pequena área: sim, está.

* E quando um goleiro como Marcos atinge esse nível, ele é Luke Sywalker treinando com o sabre-de-luz de olhos fechados, em “Guerra nas Estrelas”. A bola simplesmente o procura. Três pênaltis defendidos, de quatro batidos? Não brinca…

* O Palmeiras (Sport 1 x 0: Wilson – nos pênaltis: 1 x 3) segue vivo na Libertadores. E o Sport não tem nenhum motivo para abaixar a cabeça.

* Logo mais:

Estádio Olímpico, 21h50 – Grêmio x San Martín (ida: 3 x 1)

* Pela Copa do Brasil, o Coritiba encaminhou sua classificação para as semifinais, empatando com gols (2 x 2 com a Ponte Preta: Márcio Gabriel, William, Jean e Marcelinho Paraíba) fora de casa.

* O gol de Marcelinho Paraíba, aos 40′ do segundo tempo, praticamente decidiu o confronto.

Logo mais, jogos de ida:

São Januário, 19h30 – Vasco x Vitória

Maracanã, 21h50 – Flamengo x Internacional

Pacaembu, 21h50 – Corinthians x Fluminense



  • Pedro Valadares

    André, sou admirador do Marcos, como profissional, como pessoa e como personagem. Porém, para um corintiano, assistir uma exibição dele ressucita velhos traumas. Apesar, de que na decisão na qual ele defendeu o penalti do Marcelinho, o mais doído pra mim foi tomar um gol do Galeano (isso mesmo! do Galeano) no fim da partida que levou o confronto aos penáltis e, posteriormente, à consagração de São Marcos e as despedidas de Edilson e Vampeta! Enfim, valeu assistir um craque atuar, mas que traz lembraças amargas, ah, isso traz…

  • Fábio Matos

    São Marcos foi espetacular mesmo. Até quem torceu contra o Palmeiras esta noite acabou ficando feliz com a classificação.

    Coincidência entre dois gigantes: há exatos cinco anos, em 13 de maio de 2004, Rogério Ceni dava a classificação ao São Paulo contra o Rosario Central, da Argentina, em uma épica disputa por pênaltis.

  • Daniel Ewerton

    Andre (perdão por falar sobre outro assunto), passei aqui para parabenizar o Vitória, pois há exatos 110 anos, neste mesmo dia 13 de maio, nascia na cidade de Salvador um dos clubes mais tradicionais do Brasil. Vários eventos estão marcados para o dia e eles podem ser vistos mais detalhadamente por aqui: http://www.leaodabarra.com.br/plantao/213/marketing-planeja-acoes-para-o-dia-do-aniversario.html ….PARABÉNS QUERIDO LEÃO!

  • Thiago

    Andre, tenho uma duvida sobre os confrontos na Libertadores, voce me ajuda?. Nao acredito que o Palmeiras va enfrentar o Nacional do Uruguai. Me explico. Pelo regulamento da Libertadores, dois times de um mesmo pais nao podem realizar a final da competicao. Logo, caso Gremio e Cruzeiro se classifiquem para as quartas-de-final, em teoria teriamos os seguintes confrontos para os times brasileiros: SP x Cruzeiro, Gremio x Caracas de um lado da chave e Palmeiras x Nacional, do outro lado da chave. Ocorre que se isso for mantido, ha o risco de uma final brasileira. Do confronto SP x Cruzeiro, um brasileiro estara na semi-final. Se o Gremio passar pelo Caracas, ja teremos um time brasileiro na final. Como o Palmeiras esta do outro lado da chave, se o mesmo passar pelo Nacional e depois pela semi-final, chega tambem a final do torneio. A unica maneira de evitar isso seria modificar o cruzamento das chaves (tambem previsto no regulamento) e Palmeiras e Gremio se enfrentarem agora nas quartas-de-final, assim como SP x Cruzeiro. Concorda? Abs, Thiago

    AK: Não. O cruzamento entre times do mesmo país acontecerá nas semifinais. Mas se houver três times compatriotas nas semis, e dois se classificarem, a final será nacional. Um abraço.

  • Ricardo Macea

    Andre

    Marcos jogou “isso” com 36 anos….

    E depois do jogo, ainda mandou abraco pra mae e pro cachorro…

    Meio perigoso ter idolos, mas o meu joga no gol e fuma cigarro de palha em Oriente

  • José A. Matelli

    Queria dar os parabéns ao excelente Magrão, que completou 200 jogos pelo Sport, pegou um pênalti e ganhou de presente uma aula magna de um certo colega de posição.

  • leonardo atleticano

    André, o melhor de tudo para mim foi o mérito ter ido 100% para o Marcão, ele é bom demais e é um cara simples e camarada. O seu tecnico levou um baile tático, não jogou e não impediu o Sport de jogar. Torci demais pelo Sport, passar representaria muito para o noerdeste, mas como não passou, que bom que o mérito foi de um cara fora de série, senão teríamos de ouvir o Vanderlei se auto promover um ano, eu sou isso, eu sou aquilo e todo tipo de máscara. Passou, apesar dele, passou porque tinha MARCÃO.

  • Nelson Bigeschi Junior

    E aí André

    Contando com uma ajudinha da gripe suína, estou achando que você vai fazer 100% na Libertadores. Tá mandando bem hein companheiro!!!!!!
    Eu já errei o Caracas mas sigo bem encaminhado pra acertar os outros 7.

    Abraço

  • Cátia Santana

    Perfeito seu comentário, André. Moro em SP, sou de Salvador, torcedora do Bahia e torci muito pelo Sport em função de ser nordestina, seria muito bom se o time pernambucano se classificasse… Mas não deu nem para ficar triste porque Marcos é in-crí-vel, que partida maravilhosa! E ele passa uma energia tão boa, parece ser tão boa gente que transcende até o clube. Marcos é um cara que faz o futebol ser tão apaixonante.

  • Alexandre Reis

    André, o Marcos conseguiu uma façanha jamais vista. Leia abaio o que ele conseguiu.

    Vc sabe que sou do Rio de Janeiro, estavamos na tradicional pelada de terça feira, e começamos a ver o jogo no segundo tempo.
    Como é tradicional em qualquer canto do Brasil, estavamos todos torcendo contra o Vanderlei Luxemburgo.
    Quando a partida foi pros penaltis, todos estavamos torcendo pelo Marcos. Sinceramente eu nunca vi uma mudança de opinião tão rápida.

    Esse é o tipo de coisa que talvez só o Marcos consiga no Brasil.

    Abs

    Alexandre Reis

  • Thiago – Alemanha

    Valeu Andre, pela explicacao com relacao aos cruzamentos entre os brasileiros e uma possível final entre compatriotas. Reli o regulamento da Libertadores e percebi que somente na semi-final, os cruzamentos podem ser alterados, conforme sua explicacao. Mas li em outros blogs bastante gente com a mesma idéia que eu, portanto sugiro um post curto para explicar pro restante da galera o tema ! E quem sabe ano que vem a Conmebol muda o regulamento de novo ?!?! Abracos e parabéns pelo trabalho! Abracos, Thiago

  • renato

    Sobre as chances do Palmeiras na Libertadores: o jogo de ontem mostrou que o time defensivo para jogar fora não é bom, eu já vi retrancas boas, e o Palmeiras certamente não apresentou uma boa retranca ontem. Os outros dois jogos fora que o time jogou muito bem (Sport e Colo Colo ) foram casos em que o time jogou para a frente – arriscando-se em virtude da necessidade.

    Como vai jogar o segundo jogo sempre fora, ter uma retranca boa seria fundamental, e ontem vimos que não tem.

  • Marcos Filipe

    O Vascao conseguiu grande vantagem, mas calma que o Vitoria eh dakeles times estranhos tipo Atletico PR que perde de 10 e ganha de 20 . Mas vai dar Vascao!!!Rumo ao titulo seria lindo!!!

  • CARLOS

    Voce lembra quantos penaltis o Dida pegou na final da UCL contra a Juventus?
    quem pega mais penaltis? Dida, Marcos ou Taffarel??

  • Filipe Augusto Peres

    André, ontem afirmei em seu post sobre os palpites que não via nada demais no Vitória e que, se o Vasco embalasse uma boa partida em São Januário poderia tirar o Vitória. Metade do caminho já está feito. O Vitória não andou em campo. Agora, só uma catástrofe, pois até você concorda que o Vasco é amplo favorito para passar a próxima fase.
    Também afirmei no mesmo post ontem que via o Corinthians como um time arrumado, apenas. O primeiro jogo, apesar de não ter tomado gol, deixou a definição da classificação para o Maracanã. E o empate sem gols no Maracanã ontem entre Flamengo e Fluminense mostrou que a torcida do Flamengo fez a diferença e anulou o time do Internacional. Lá, qualquer empate com gols classificará a urubuzada.
    Volto a afirmar: “No Brasil, atualmente, não tem nenhum bicho-papão”.
    Um abraço.

    AK: Metade do caminho? O Vasco já chegou. Um abraço.

  • Se vai da uma final de 2 clubs brasileiros ninguém sabe. Se todos os times do brasil vencerem seus confrontos com os estrangeiros com certeza vai da uma final de 2 times brasileiros. Mas eu não quero que isso aconteça. Pois só quero ver um time do brasil na final que é o meu Palmeiras. Os outros estou torcendo contra. Se não for o Verdão quero que outro time estrangeiro ganhe.

MaisRecentes

No banco



Continue Lendo

É do Carille



Continue Lendo

Campeão de novo



Continue Lendo