NOTINHAS PÓS-RODADAS (com um link catalão)



Pacotão dos campeões estaduais. Começando com o Pacaembu:

* O jogo era tão previsível quanto o futebol pode ser. Fora algo completamente anormal, um gol do Corinthians (1 x 1 com o Santos: Kléber Pereira e André Santos) colocaria gelo na decisão. O fato deste gol ter saído (como contra o São Paulo) logo depois do 1 x 0, é mais um dos méritos do campeão paulista invicto.

* Foi o quarto “jogo da volta” do Corinthians: contra o Ceará (garantiu o acesso), contra o Criciúma (garantiu a Série B), contra o Avaí (jogo da taça), e, agora, o jogo de um título conquistado contra os grandes de São Paulo. Mas o que interessa, mesmo, é como o Corinthians disputará o Campeonato Brasileiro.

* Pegando carona nas críticas de Ronaldo: um dos momentos mais legais de comemorações de títulos, em lugares onde o futebol é tratado com inteligência, é a festa dos jogadores em campo. Nós simplesmente não temos isso no Brasil, e não teremos, por causa da quantidade de pessoas (as que estão trabalhando, inclusive) no gramado. Ronaldo está absolutamente certo.

* E o blog não pode deixar de dar os parabéns a quem idealizou/executou a “cerimônia” do troféu do Campeonato Paulista. Gênios que descobriram, em nome da humanidade, que o encontro entre jatos incandescentes e papel produz fogo. Irresponsáveis. William escapou por muito pouco.

* Aqui, conteúdo exclusivo para corinthianos. E para quem não é um talebã do futebol.

* O quinto tricampeonato estadual do Flamengo (2 x 2 com o Botafogo, e 4 x 2 nos pênaltis) foi o primeiro título de Cuca como treinador. O dia que todo mundo sabia que chegaria pode ter demorado um pouco, mas chegou. Cuca merece.

* Bruno pegou três pênaltis (o de Victor Simões, no tempo normal, com uma defesaça) numa tarde em que o Flamengo foi campeão, no Maracanã lotado. O dia de um goleiro não fica muito melhor do que isso.

* Guardadas as devidas proporções, Kleberson, como Ronaldo, tem muito mais do que um título estadual a comemorar.

* A entrevista coletiva de Cuca foi impecável. Sincera (“morri de medo de perder”, “ficaria marcado, sim”), respeitosa (“não vou falar mal do Botafogo só porque ganhei”), e comovente (“amanhã vou acordar muito mais feliz”). Cuca sabe ganhar.

* Permita-me uma nota a mais: a camisa do Flamengo, sem nada além do distintivo, é muito mais bonita.

* No amistoso do Mineirão, o Cruzeiro (1 x 1 com o Atlético: Fabiano e Kléber) confirmou seu trigésimo-sexto título estadual, invicto, conquistado com uma semana de antecedência.

* O momento de maior emoção do jogo pode ter sido a entrada de Sorín, ídolo da torcida cruzeirense, aos 38′ do segundo tempo.

* BREAKING NEWS: Leão demitido do Atlético. Celso Roth se apresenta hoje à tarde.

* Uma semana depois de perder em casa para o Coritiba, o Atlético (2 x 0 no Cianorte: Wesley e Rafael Moura) não deixou o vigésimo-segundo título paranaense escapar. Campeão após quatro anos.

* Quase que Rafael Moura se deu mal no segundo gol, de pênalti. O goleiro Marcelo não caiu na primeira e nem na segunda paradinha. Mas Rafael bateu bem e marcou.

* Só gol bonito na(s) vitória(s) do Avaí sobre a Chapecoense, no tempo normal (3 x 1: Rômulo, Evando, Léo Gago e Marquinhos), e na prorrogação (3 x 0: Marquinhos, Lima e Ferdinando). O goleiro Eduardo Martini ainda perdeu um pênalti, no finalzinho.

* A bola de Marquinhos para Evando, no empate do Avaí, é coisa de quem conhece.

* Que golaço de Felipe, na vitória (2 x 0 no Atlético Goianiense: o outro foi de Iarley) que deu o vigésimo-segundo título estadual ao Goiás, após dois vices seguidos.

* O Goiás levou a taça e comemorou, mas o Atlético vai ao tapetão por causa de um jogador (Everton) que teria sido escalado irregularmente.

* No Barradão, o Vitória foi buscar o empate (2 x 2 com o Bahia: Reinaldo Alagoano, Ávine, Neto Baiano e Ramon), depois de estar perdendo por 2 x 0, e faturou o tri na Bahia.

* O jogo terminou em pancadaria entre jogadores, cenas vergonhosas. O fato de o placar do estádio ignorar o nome do Bahia (mostrava Vitória x Visitante, no começo do jogo, depois foi corrigido) pode não ter nada a ver, mas é coisa de gente amadora, que prefere dar risada a trabalhar sério.

* Parabéns aos demais campeões neste domingo:

Ceará – Fortaleza (terceiro título seguido)

Acre – Juventus (primeiro título desde 1996)

Paraíba – Sousa (campeão após 15 anos)

______

Para quem ainda não viu, os gols do massacre do Bernabéu.

No quinto, o pequeno grande Messi mostrou, mais uma vez, como fica desesperado diante do goleiro…



  • Natália – Corinthians Campeão Invicto!

    Parabéns ao meu Time, que venceu justamente o Paulistão. Melhor defesa, melhor ataque, invicto, time de decisão, etc etc etc. E o que foi o William pegando fogo? Quase morri assistindo…que desespero!! Mas nada estraga nossa festa! Delícia de título! André, parabéns pelo vídeo, muito bom! Só uma pergunta: Vc achou pênalti no Kléber Pereira?

    AK: Achei. O joelho do Felipe pegou a perna do KB. Um abraço.

  • Massara

    André,

    Foi o trigésimo-quinto (e não o trigésimo-sexto) título mineiro do Cruzeiro. A equipe celeste conquistou o décimo título mineiro de forma invicta.

    Será que o golaço do Felipe (Goiás), em uma final de campeonato, jogo difícil, “do meio da rua”, encobrindo o goleiro, depois de um corte no zagueiro, será repercutido pela imprensa como o gol de Ronaldo?

    Abs.

    AK: Obrigado pela correção. Mas, se contarmos o “Supercampeonato Mineiro”, disputado em 2002, são 36, certo? Sobre o gol do Felipe, a resposta é não. Felipe não é Ronaldo. Fez um golaço, como tantos outros jogadores, que não se chamam Ronaldo, já fizeram. Um abraço.

  • Simone

    Não foi fácil a vida do Flamenguista ontem, Eu cheguei a perder a esperança no segundo gol do Botafogo. Ainda bem que “ainda” temos Bruno. E que show da torcida mais uma vez.

  • Renato

    AK, não achei que o Felipe fez penalti no Kleber Pereira, que por sinal caiu muito de rendimento após a chegada do Mancini. Parece até má vontade com o treinador… Mas o motivo do meu comentário é outro: esse Domingos deveria ser banido do futebol! O pisão que ele deu no Dentinho, tirando-o do jogo inclusive, foi criminoso. Fora as outras faltas que fez no mesmo Dentinho, Ronaldo e André Santos. Depois da palhaçada que ele arrumou no Parque Antartica contra o Palmeiras, aquela encenação, ainda resolver distribuir agressões no Pacaembu. E ainda tem a cara de pau de dizer que é um trabalhador e que tem que dar exemplo pra sua família. Que exemplos são esses???

  • André, o que dizer do Barcelona? Obrigado, Pep Guardiola, Messi…Abraço!

  • Rafael

    Queria só agradecer, pois passei a manhã inteira procurando nos portais os gols do Barça e não achava. Ainda bem que passo aqui no seu blog todo dia!
    Abraço.

  • Cesar

    André, se souber me tire a dúvida. O Acosta fraturou a tíbia em agosto de 2008. O Maikon Leite rompreu todos os ligamentos do joelho, no mesmo mês. O santista já voltou a jogar e o corintiano ainda não. O que acontece? O corinthians não vai ficar com o uruguaio ou ele ainda não se recuperou?

    Abraço.

    AK: O Acosta está recuperado e à disposição.

  • Luís Carlos

    Primeiro foi o Corinthians.

    Depois foi Ronaldo.

    Agora, pode-se afirmar que o Paulistão também voltou.

    O mais antigo torneio de futebol do país atraiu atenções e inflamou paixões como nenhum outro torneio do qual tomaram parte times paulistas conseguiu, nos últimos anos. O Paulistão teve repercussão mundial e provou que, ao menos no caso de São Paulo, o campeonato estadual é viável, importante e tão eterno quanto o próprio futebol.

    Para o sucesso do Paulistão-2009, muito contribuiu o Fenomenal reforço do time mais importante do estado.

    A chegada dos quatro grandes nas semifinais, como não acontecia há alguns anos, também valorizou a disputa pelo título.

    A inequívoca prioridade que Corinthians, Santos e, principalmente, São Paulo deram à disputa do Paulistão, a despeito de também estarem participando da Copa do Brasil (os dois primeiros) e da Libertadores (o último) derrubou todos os argumentos que os detratores do campeonato paulista costumavam empregar em suas críticas ao torneio.

    E, por fim, o principal: campeonato em que o Corinthians chega na final, não tem como não ter repercussão (com o perdão da repetição da palavra mais cabível). Quando o Corinthians é o campeão então, aí é a apoteose que se viu.

    AK: Discordo. Os 4 grandes semifinalistas fizeram o que o campeonato não fez. Um abraço.

  • leonardo atleticano

    André, o Leão foi mandado embora, e muitos outros também serão, cobrar resultados imediatos desse time é matar a chance de um sucesso a médio ou longo prazo, nossa base é fraca, não temos dinheiro para grandes contratações, então nos restava fazer um trabalho a longo prazo, formando uma base razoavel e acrescentando qualidade na medida do possível, mas a paciência de todos anda baixa, a minha inclusive, mas chutar o balde a cada derrota, por pior que ela seja, não é o caminho. Tinha minhas ressalvas com o Leão, o achava muito aparecido, mal educado em muitos casos, mas é trabalhador e firme, vamos ver o que acontece, cobrar do Kalil respostas imediatas não é justo, nem ele deveria cobrar do seu treinador, ele sabe o material que seu funcionário tem para trabalhar.

  • Massara

    Correto, André! Concordo com você nessa. E é exatamente por isto que nos comentários a um post mais abaixo eu insisti em falar com você que se outro jogador, que não o Ronaldo, tivesse marcado aquele gol na Vila, contra o Santos, a repercussão não seria a mesma. Não por descrédito ao jogador que teria marcado o gol. Mas sim por Ronaldo ser quem é. Um espirro dele é suficiente para gerar manchete de jornal.

    Em relação ao Supercampeonato Mineiro de 2002, a FMF entendeu que foi um campeonato distinto do Campeonato Mineiro de 2002. Assim, o Campeonato Mineiro de 2002 foi disputado entre os times do interior (Caldense, Vila Nova, Ipatinga, Rio Branco, Tupi, URT, Nacional e Uberlândia) e vencido pela Caldense. O Supercampeonato Mineiro de 2002 foi disputado entre os quatro times que jogaram a Sul-Minas naquele ano (Cruzeiro, Atlético, América e Mamoré) e a Caldense (campeã mineira). E aí o Cruzeiro ganhou também.

    Abs!

  • Nelson Bigeschi Junior

    E aí André

    Sou são-paulino e confesso que fiquei receoso em abrir o link com a música do Chico. Hoje de manhã vi o post com o vídeo no blog do seu pai mas não tive coragem de “dar o play”.
    Quando vi o link agora de novo, resolvi dar uma espiadinha e achei…. Sensacional!!!!!
    Muito boa a sacada do pessoal da ESPN. Há partes da letra que parecem que foram escritas para esse momento corintiano.
    O “sanatório geral” com o “bando de loucos” foi genial.

    Abraço e Parabéns pelo merecido título.

  • Willian Ifanger

    Eu não sou talebã do futebol, mas minha parte invejosa me proíbe de ver essas coisas……hehehe. Mas parabéns ao campões estaduais…..e que não se iludam com essa conquista.

    Obrigado pelo link dos gols do clássico espanhol. Aliás, um dia vou ser gente grande e poder assinar ESPN HD.

    E nenhum comentário sobre os playoffs da NBA? Pelo menos do grande 4×3 entre Chicago e Boston…

  • Emerson luiz Fonseca

    AK. O que a Carla Dualib quer receber do Corinthians?
    vc sabe alguma coisa?

    AK: Não. Mas só pode ser dinheiro. Um abraço.

  • douglas

    o ronaldo estava corretissimo ao reclamar que nem teve como comemorar com os jogadores no gramado, show bizarro de fogos de artificio com papel picado, e so n flou dos 5000 ingressos falsos vendidos pelos cambistas…fato corriqueiro mas n nunca eh investigado..culpa de quem? federacao, bwa….

  • Emerson luiz Fonseca

    Muito dinheiro, 32 milhões, mas referente a que?

    AK: Pelo que sei, ela alega que tem comissões a receber.

  • Emerson luiz Fonseca

    É verdade, uma delas é sobre a renovação com a nike. (eu acho)

  • Emerson luiz Fonseca

    Pela quantia pode ser tb algo relacionado com a MSI, pela quebra de contrato. Nosso presidente falou que ainda existem alguns “esqueletos” nos armarios do P.S. Jorge.

  • Marco Antonio

    Legal você falar em “jogo da volta”.
    Você viu que ontem a torcida gritou mais “O Coringão Voltou” do que “É campeão”.
    Ser Campeão Paulista Invicto, num campeonato com os 4 grandes na Semifinal, ganhando duas vezes do São Paulo e uma do Santos na Vila, recoloca sem sombra de dúvidas o Corinthians de volta a elite do futebol brasileiro.
    Definitivamente esse foi também o Jogo da Volta.

  • Carlos César Sanchez

    Vinte e seis vezes campeão do melhor Campeonato regional no Brasil, campeão invícto pela 5ª vez em sua História no Torneio Estadual, este é o Corinthians, um clube que consegue sair do inferno em pouco tempo, um Clube predestinado a ter no seu plantel ao longo tempos jogadores inesquecíveis, tais como : Ado , Carlos, Leão,Tobias, Ronaldo, Dida… Zé Maria , Vladimir, Amaral, Edson Boaro, João Paulo, Elivélton, Casagrande, Cláudio Adão, Serginho, Sócrates, Palhinha, Dunga, Branco, Zenon, Biro Biro, Nilmar, Ricardinho, Liedson, Jorge Wagner , Rivaldo, Edmundo, Neto, Marcelinho, Paulo Borges, Paulo César Cajú, Garrincha, Luizinho, Baltazar, Cláudio (o Gerente), Gilmar dos Santos Neves, Rivelino, Rondinelli, Caçapava, Edilson, Luizão, Edú, Edmar, Evérton, Viola, Wilson Mano, Zé Elias, Dinei, Arturzinho, Marcelo, Domingos da Guia, Idário, Fábio Luciano, Vampeta, Tupanzinho, Márcio, Dino Sani, Servílio, Carbone, Vaguinho, Rato, Hércules, De Maria , Flávio , Geraldão… E também Muitos Gringos bons de bola, como: Rincon, Gamarra, Daniel Gonzalez, Herrera e Tevez… E para não fugir da escrita o maior goleador das Copas do Mundo, escolhido três vezes como o melhor do Mundo, simplesmente o Fenômeno, que foi decisivo nas finais deste Paulistão. Tudo no Corinthians é como se fosse um conto de Fadas, o Clube cai para segunda divisão, se levanta com muita honra e capacidade, fazendo a melhor campanha da série B de todos os tempos, contrata um grande jogador, porém em fase de recuperação de uma das suas muitas contusões, um jogador que a mídia esportiva dizia que estava acabado para o futebol. Eis que Corinthians e Ronaldo calam a mesma mídia, sendo campeões invíctos, de um dos campeonatos mais competitivos do País!!! Vai Corinthians!!! Sua História é linda, assim como a de Ronaldo, que hoje fez parte de mais um capítulo de suas Glórias!!! Parabéns Nação Corinthiana!!!

    04/05/2009 02:16

  • BASILIO77

    LINDO LINDO.
    ASSISTI AO JOGO SOZINHO, COMO QUASE SEMPRE.
    PREFIRO ASSIM.
    MINHA FILHA, 10 ANOS, FOI À CASA DE UMAS AMIGAS, TODAS CORINTHIANAS.
    AO FINAL DO JOGO, OS ROJÕES PELA JANELA COMO DE COSTUME.
    DEPOIS FUI ATÉ A PRAÇA INDEPENDÊNCIA ONDE TRADICIONALMENTE TODAS AS TORCIDAS COMEMORAM AQUI EM SANTOS.
    FOI DEMAIS.

    BUZINA PELO CAMINHO TODO. HINO NO VOLUME MÁXIMO.
    A GALERA TAVA ENLOUQUECIDA, NEM NO MUNDIAL VÍ ISSO.

    E ME EMOCIONEI AO VER MINHA FILHA, NO CARRO DOS AMIGOS DANDO VOLTAS NA PRAÇA.
    CAMISA ROXA, BANDEIRA NA MÃO, CABEÇA PRA FORA DA JANELA AOS GRITOS.
    QUANDO ME VIU: “PAPAI, GANHAMOS…É CAMPEÃO!!!”

    SHOW DE BOLA.
    CARA, MUITA GENTE JOVEM POR LÁ…MUITAS MENINAS, INCRÍVEL ISSO…PENSEI QUE ELAS ESTAVAM PREFERINDO O TRICOLOR…MAS,
    ESTOU TRANQUILO.
    A CORRENTE JAMAIS SE QUEBRARÁ!

    O PROXIMO MANTRA, PRA QUARTA FEIRA:
    “VAMOS VIRAR!”

    ABRAÇO.

  • Rita

    André, parabéns pelo vídeo. EXCELENTE. Mesmo. Impecável, de uma criatividade e de um senso de oportunidade incríveis. Emocionante. Só quem é corinthiano pode entender. Encheu-me os olhos de lágrimas (já estou meio sensível, melhor parar por aqui, rs). Um grande abraço prá você!

  • Rita

    Willian Ifanger como também não sou talebã do futebol, foi difícil mas respirei fundo e como vi que tratava-se de homenagem com poesia do Chico, daí fui conferir. O vídeo ficou massa… O Chico é maravilhoso e a música caiu como uma luva para a “volta” do Corinthians. Parabéns aos corinthianos! Merecidíssimo.

  • Daniel Burnier

    Sim, o Messi titubeia na frente do goleiro, mas faz o gol… aliás faz muitos gol! O que torna esse seu aspecto totalmente irrelevante. Mas para ser sincero, com aquilo que o Messi joga e tendo 2 artilheiros como companheiros de ataque ele nao precisa fazer 1 gol sequer!

    AK: Você não entendeu minha ironia. Um abraço.

  • Allan

    Kfouri,

    Vitória x Visitante é o que o placar mostra desde que ele existe no Barradão ( 97 ou 98) em jogos contra o bahia. No início devido a impossibilidade de mudar o nome e depois por superstição.

    AK: O que aconteceu com a superstição quando o nome do Bahia apareceu no placar? Um abraço.

  • Shao

    Poxa, já não bastava a punição da segunda divisão, agora os coitados tem que jogar o campeonato no ACRE?? Quantos gols o Del Piero fez?

    AK: Está tudo bem?

  • Shao

    Sim.. hehehe

  • Willian Ifanger

    Ah Rita……..infelizmente nem respirando fundo. Deve ter sido uma montagem muito bacana mesmo……mas eu não sou muito fã de MPB e muito menos do Corinthians……hehehe…..com todo o respeito, é claro.

    Como eu disse, a inveja é muito mais forte. 😉

  • patrick

    André boa tarde. Suas colunas são excelentes, leio sempre. Apenas um comentário sobre as camisas: sem patrocínio, todas são lindas, e sou são paulino doente
    Abraços;

    AK: Obrigado. Mas algumas são mais bonitas do que as outras, não acha? Um abraço.

  • Anna

    Eu adorei o vídeo.Simples assim. A música se encaixou como luva.

  • kao

    André,
    A montagem do vídeo, Chico Buarque, Corinthians, Ronaldo, Vai Passar, Coringão Voltou….
    Tudo fenomenal, maravilhoso, genial.
    Passei o link para um monte de gente.
    Obrigado, de coração alvinegro.

  • David

    Ai, ai, é tão frustrante gente que não entende ironia, como o Daniel Burnier. Em compensação, Shao, obrigado por me fazer rir como não ria faz tempo. Sua sacada foi genial!

MaisRecentes

No banco



Continue Lendo

É do Carille



Continue Lendo

Campeão de novo



Continue Lendo