O OUTRO LINK DA LIGA



O problema de dar aquela ajeitada na almofada e dizer “agora vou ver um jogão”, é que o jogão nem sempre acontece.

Fiquei mal acostumado com os recentes 4 x 4 entre ingleses (um pela UCL, Chelsea x Liverpool; outro pela Liga Inglesa, Liverpool x Arsenal), e botei muita ficha na semifinal de hoje, entre Manchester United e Arsenal.

Não que o jogo tenha sido ruim, só não foi aqueeeeeeele jogo que eu queria ver.

O Manchester United (1 x 0, O’Shea, que era um dos três vermelhos totalmente livres na área) fez um gol no primeiro tempo e poderia ter feito mais.

No segundo, Cristiano Ronaldo mandou um torpedo no travessão, e Giggs marcou em jogada anulada por impedimento (que eu achei que foi daquele tipo que o auxiliar deve deixar seguir).

Os dois times saíram de campo achando que poderia ser melhor. Claro que o Man U. gostou, pois se fizer gol em Londres (terça-feira que vem), pode até se classificar com derrota por um.



  • André, acho que o problema foi o Manchester ter aberto o placar logo no início, o que fez com que a equipe se acomodasse um pouco, haja visto que Sir. Alex Fergusson já tinha declarado que o 1 a 0 era um baita resultado. Outro ponto a se observar é como o Arshavin faz falta ao jovem time do Arsenal! Não chega a ser um desfalque, pois desde sua contratação, Arsene Wenger sabia que não poderia contar com ele, mas que ele faz uma falta danada, ah! faz! Abraço!

  • Marcos A F SANTOS

    André, o Arsenal vai surrar o ManUtd…Gunners in Rome..with Chelsea…Your Barça???? Bye bye…Abraço…Ah, and Chelsea Win.

  • Emerson luiz Fonseca

    Estou vendo Americano X Ponte , o placar por enquanto O X O.
    Tá melhor que Manchester X Arsenal. Gosto e gosto.

  • marília

    acontece muito isso com Manutd, eles sabem tanto do potencial que acabam tendo confiança demais, aí o jogo fica modorrento e econômico com chances perdidas, passes errados e desencontros lá na frente. Eles sabem que qnd quiserem chegar conseguem, mas só que qnd pegam um time virado na vontade de vencer e marcando duro, aí o bicho pega e eles acordam. Vide o que aconteceu com o Porto e com o tottenham no ultimo final de semana, fizeram 5 gols só no 2° tempo, depois de estarem tomando de 2. Mas nem sempre dá. Tomou foi de goleada do Liverpool que tomou o 1 x 0 mas foi pra cima e não deixou o Manutd respirar. Me dá mó agonia pq tô de torcidinha por eles já tem tempo e sim as presenças de Tevez (ídolo) e Cristiano foram determinantes. Próximo jogo vai ser sufoco que poderia ser evitado, liquidando-se a fatura hj, pq o Arsenal bem que ajudou.

  • Custodio

    Andre, o auxiliar tem que deixar seguir se ele esta em duvida. Senao, aponta o impedimento. Simples, nao?

    AK: Se fosse simples, o assunto não seria tão polêmico. Um abraço.

  • Alexandre Reis

    Custodio, a duvida é pessoal. Se o auxiliar marcou, era por que não tinha duvida.

    Acho isso a maior besteira, o comentarista diz: Se era duvidoso não deveria ser marcado.

    Ai eu pergunto: Duvidoso pra quem? O auxiliar tinha duvida?

    Mas uma regulamentação da Fifa só pra ingles ver.

    Abs

    AK: Ocorre que o auxiliar errou, Giggs estava na mesma linha. Lance dificílimo, sem dúvida, que só a TV resolve. Por isso mesmo é que a jogada deveria ter seguido. O auxiliar não pode ter “marcado com certeza”, porque Giggs não estava impedido. Um abraço.

  • carlos tenorio leao cavalcanti

    mesmo sendo tricolor,gostaria de parabenizar o goleiro Marcos pela grande atuação contra o Sport. Mas o “grande gol” dele foi após a partida ao declarar que não deve mais atuar pela seleção brasileira. Ele com isso, mostra que tem realmente um grande carater e sabe de suas limitações.Outro pseudo “fenômeno” poderia seguir o exemplo e tirar o time de campo, para não chegar em 2010 com 110 kg ,sem dar a minima para seleção. Valeu Marcos.

MaisRecentes

São Paulo joga, Corinthians soma



Continue Lendo

Sqn



Continue Lendo

Gato



Continue Lendo