CAIXA-POSTAL (com um link médico)



Aos temas da semana:

Raphael escreve: Vi uma declaração do Luxemburgo depois do jogo do Palmeiras pela Libertadores, resmungando porque o Diego Souza levantou a camisa na comemoração com o argumento de que isso tenha escondido a imagem do patrocinador, que é quem paga os salários da equipe. Mas entre quem acompanha futebol, creio que 90 % das pessoas já sabem quem é o patrocinador do Palmeiras, ou do Corinthians, Santos, São Paulo… Na minha opinião, o gol é o momento mais importante de uma partida. E por isso deve ser extremamente celebrado, claro que guardados os devidos excessos. E creio que os arbitros e a FIFA tem podado muito isso, tem sido rigorosos ao extremo. Qual a sua opinião a respeito disso?

Resposta: Primeiro, correção: Luxemburgo estava se referindo ao direito de imagem, não ao salário. E a questão central não é o público saber ou não saber quem é o patrocinador de um clube. É o nome e o logotipo desse patrocinador aparecerem na televisão e nas fotos. Os relatórios sobre a visibilidade de uma marca levam em conta a quantidade de aparições dessa marca na mídia. Quando um jogador esconde (mesmo sem querer) a camisa do seu clube na hora de comemorar um gol, a visibilidade do patrocinador é prejudicada. Não estou julgando se isso é certo ou não, apenas estou explicando que é assim que as coisas funcionam na cabeça de quem assina o cheque. E o cheque é fundamental para o clube. Sobre as punições em comemorações, acho que realmente existe um exagero. Proibiu-se levantar a camisa por causa de mensagens (na camiseta de baixo) que podem ser ofensivas, e o cara que está sem camiseta por baixo leva cartão quando tira a camisa…

______

Gustavo escreve: As portas da seleção estão mesmo fechadas para Ronaldo? É justo convocar o sonolento Ronaldinho Gaúcho e o atribulado Adriano na tentativa de resgatar-lhes o melhor futebol e negar tal oportunidade ao renascido Fenômeno, que já prestou (e parece que pode prestar) serviços mais valiosos ao futebol brasileiro?

Resposta: Se as portas estão fechadas ou não, não sei. O que sei é que se ele merecer, não haverá porta capaz de impedir. Mas é preciso lembrar que o Ronaldo voltou a jogar futebol recentemente, e ele mesmo disse que essa conversa sobre Seleção não faz sentido, agora.

______

Thiago escreve: gostaria de saber o que você achou das declarações de Mano Menezes sobre a “bola de cristal do Muricy”. Confesso que não cheguei a ver como foram colocadas as declarações de que São Paulo e Palmeiras fariam a final do Paulista, mas, suponho, se ele deu palpite até no jogo do Palmeiras, creio que tenha sido muito mais coisa de boleiro do que um treinador. E outra: se ele disse apenas, sem menosprezar, que os mandantes venceram a ida e, por isso, apostava em São Paulo e Palmeiras, qual é o mal? Você acha que Muricy menosprezou o Corinthians com esse comentário? E o comentário do Mano? Senti até que o Muricy parecia meio chateado, no sentido de magoado, com o Mano Menezes.

Resposta: Caso clássico que “telefone sem fio”. Eu acompanhei todas as declarações. O Muricy não disse nada de anormal. Foi exatamente como você percebeu, apostou nos mandantes do segundo jogo. E o Mano falou em claro tom de brincadeira. Só que um não viu a declaração do outro, e o outro não viu a declaração do um. Nessa semana eu procurei saber se os dois se falaram, para esclarecer a história, e ouvi de duas pessoas que “não precisa”. Creio que o tempo mostrou que não havia necessidade da rusga, já que Muricy e Mano sempre se deram bem.

______

Arthur escreve: Na sua opinião, quem irrita mais os torcedores com a quantidade de chances de gol desperdiçadas: Kléber Pereira (Santos) ou Washington (São Paulo)?

Resposta: Impossível responder sua pergunta. Os dois artilheiros são vítimas da própria capacidade.

______

Obrigado pelas mensagens. Até o próximo sábado.

(e-mails para a CP do blog: akfouri@lancenet.com.br, ou clique no link abaixo da foto)

“Eu adoro essa serra! Ela é parte de mim. Agora será parte de você.”

Buzzsaw, em “O Sobrevivente” (fantástico título em português de “The Running Man”, praticamente um clássico).

______

Irretocável artigo do Dr. Drauzio Varella, na Folha de hoje (só para assinantes).



MaisRecentes

Vencedores



Continue Lendo

Etiquetas



Continue Lendo

Chefia



Continue Lendo