NOTINHAS PÓS-RODADA



Só Copa do Brasil.

Começamos com um momento de “cãibra mental”:

* O Fluminense (2 x 1 para o Águia: Aleílson, Sinésio e Fred) levou um gol com um minuto de jogo, e outro num pênalti em que Fabinho deveria ter sido expulso.

* Mas qual é a explicação para o que Thiago Neves fez? Se ele estava com pressa, será que arremessar a bola no gandula lhe poupou tempo?

* 1 x 0 no Maracanã, na volta, não é só possível, é provável. Mas não precisava ser assim.

* Maicossuel está jogando, no Botafogo, muito mais do que se imaginava. Mas muuuuuito mais. O gol que ele marcou ontem (Botafogo 2 x 1 Americano – 4 x 5 nos pênaltis) é típico dos jogadores que pedem a bola para decidir, e decidem.

* Ele também não é o primeiro jogador a se destacar no tempo normal, e depois perder um pênalti. Aliás, está em companhia ilustre nesse departamento. Acontece.

* O Americano pegará o vencedor de Ponte Preta x Figueirense (ida, em Florianópolis: 2 x 2).

* Uma quarta nota sobre esse jogo: alguém precisa avisar determinados árbitros de que é proibido dar o “chute falso” na paradinha. A coisa está ficando ridícula.

* Outro resultados de ontem:

Goiás 4 x 1 Brasiliense (Goiás classifcado, pega o vencedor de Fluminense x Águia)



  • Acho que 1 a 0 no Águia não vai ser tão fácil assim não.

    A paradinha devia ser proibida de uma vez por todas. É ridículo.

  • Simone

    Não foi uma paradinha, foi um “paradão” com direito a chute falso, e o juiz que não viu isso? Ou não tem regra para paradinhas?

  • Edouard Dardenne

    Foi um belo passe o que resultou no segundo gol do Águia. Para você, o Inter é o favorito na Copa do Brasil? Um abraço.

  • Envergonhado

    A que ponto chegamos. Perdemos do Águia de Marabá (!) e temos que comemorar que foi só 2×1!!!

  • Marcelinho

    Oi André,

    Concordo com a ilegalidade do “chute falso” nas penalidades. Mas ontem, no lance do Maicosuel, será mesmo que o árbitro não iria voltar a cobrança se ele tivesse marcado o gol.

    Ou seja, ontem nós não podem crucificar o árbitro pela “paradinha” do Maicosuel pois ele errou a cobrança, certo?

    Abraços, o blog está cada vez melhor!

  • Jovaneli

    André, em minha opinião, existem duas competições importantes e valiosas no ano para quem não está na Libertadores: Brasileiro e Copa do Brasil.
    Estadual virou um torneio de início de ano que vale pouco. Até a tradição já era. Uma pena, mas não dá para não enxergar as coisas como elas realmente são.
    Mas no Rio de Janeiro, especificamente, o estadual tem um aspecto interessante que o torna mais importante: o perigo da hegemonia do Flamengo, campeão em sete dos últimos 13 torneios disputados. Os rivais venceram os demais: Fluminense, Vasco e Botafogo (dois títulos cada).
    Se ganhar o deste ano, serão oito conquistas em 14 disputas, um massacre que pode, inclusive, fazer com que o Flamengo, caso venha a conquistar o título do torneio estadual deste ano, chegue a 31 campeonatos e ultrapasse o Fluminense (com quem empata em 30 torneios vencidos) e se torne o maior campeão do estadual do Rio de Janeiro.
    Ser o maior campeão estadual vale pouco, mas a hegemonia rubro-negra vale uma discussão: o já pobre futebol carioca perde quanto com apenas um clube monopolizando as atenções? Particularmente, acho muito ruim.

  • Rodrigo

    André, qual deve a atitude do árbitro no lance do chute falso? Interromper a jogada e mandar bater de novo (ou mandar bater, se ele interromper antes do jogador tocar na bola) ou marcar tiro livre indireto para o adversário? Ou qq outra coisa?

  • Augusto Frutuoso

    Quem trabalha numa fabrica de rodos é o que?
    a) Rodista;
    b) Rodeiro;
    c) Rodante;
    d) Rodado;
    e) carrasco tricolete.

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Assim que queriam ganhar do Mengão? Perdendo para um combinado da fabrica de rodo???????? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!

  • jo soares

    esse teu blog é um lixo, vc é um lixo, vive na sombra do papai.

    AK: Você se esconde no anonimato, e eu que vivo na sombra? De lixo, você parece conhecer. Um abraço.

  • Teobaldo

    Eu esperava algo melhor do Jo Soares. Sinceramente, acho que estamos indo para o fundo do poço. Um abraço, melancólico, a todos.

  • Pensei numa piada bem maldosa com o comentário do Teobaldo, mas o coitado do Jô não tem culpa de um mané qualquer usar seu nome pra se esconder.

  • Josildo

    O que está havendo com o Fluminense? Um jogador fica tuberculoso, um outro está sempre com estiramento muscular. O Parreira sem ter laterais que inspirem confianca nao apela para o 3-5-2 que seria uma provável solucao para a defesa. O time sempre inicia o jogo em estado de anestesia até levar um ou dois gols. A desculpa do Parreira de que foi outro que montou o time nao tem fundamento. Pode ser que com a suspensao do Thiago Neves e sem o Conca o time até melhore considerando que Tartá corre mais e que o Parreira lembre do Leandro Bonfim.

  • Paula

    Pô andre, esse tipo de comentário do “Jo Soares” não merece aprovação. Ignorar é o melhor e não aprovar esse texto.

  • Josildo

    André, o que você acha dessa atitude do Parreira de dizer que vai reduzir a quantidade de jogadores e implantar um clima de medo e terror? Se numa empresa, o diretor chega para os empregados e diz que tem muita gente e que vai despedir 20% dos empregados, a produtividade vai melhorar? Ou o clima de desconfianca vai acabar causando stress e queda na produtividade? Creio que houve falta de habilidade do Parreira que em lugar de conseguir um time coeso batalhando pelas vitórias, conseguiu um time desesperado e desunido.

  • Thiago

    http://www.ricaperrone.com.br/?p=2903

    Morumbi pode ficar sem a Copa

    Arquitetos envolvidos nos projetos de arenas para a Copa de 2014 comentam que São Paulo poderá ter um novo estádio especialmente construído para o Mundial. Segundo as fontes, o projeto da arena já está sendo elaborado e será examinado pela Fifa em maio, antes do anúncio das cidades-sede.

    O estádio do Morumbi, que até agora era apontado como o palco provável para a abertura da Copa, teria desagradado aos representantes da Fifa, em sua visita a São Paulo, em janeiro passado, especialmente pelas dificuldades de acesso e de estacionamento. A direção do SPFC aposta em um novo estacionamento para 5 mil veículos, além da modernização das arquibancadas e área de imprensa. Pelo projeto do arquiteto Ruy Ohtake, a renovação do Morumbi custaria R$ 140 milhões.

    No final de 2007, o secretário estadual de esportes, Claury Alves dos Santos, e seu colega Walter Feldman (secretário municipal) propuseram a construção de um novo estádio em São Paulo, que seria do Corinthians, para abrigar os jogos da Copa, juntamente com o Morumbi. Em 2008, a direção do Corinthians chegou a divulgar ilustrações do projeto para o novo estádio, que seria construído até 2010 – ano do centenário do clube – em parceria com a empresa mineira Egesa, ao custo de R$ 350 milhões. Mas, divergências entre diretores do próprio clube retardaram as negociações e levaram à desistência da construtora. No momento, segundo a assessoria de imprensa do clube, não há qualquer projeto de estádio envolvendo o Corinthians.

    (http://www.copa2014.org.br/noticias/Noticia.aspx?noticia=169)

  • Leandro Thome

    E os palpites para os playoffs da NBA?

    Abraco

  • Leandro Thome

    E os palpites para os playoffs da NBA?

    Abraco

MaisRecentes

Em frente 



Continue Lendo

Acordo



Continue Lendo

Futilidade



Continue Lendo