COLUNA DOMINICAL



(publicada no Lance! de ontem)

LEÃO PRECOCE

Se é verdade que cada jogo é uma história, cada campeonato é um livro. E como vivemos comparando histórias, quando falamos sobre jogos de um determinado time, não há nenhum motivo para não fazermos o mesmo com livros. Desde que, é claro, falemos do mesmo personagem.

Hoje, os livros são a Copa do Brasil de 2008 e a Copa Libertadores de 2009. E o personagem é o Sport. Por quê? Bem, porque, obviamente, o Sport jogou (e ganhou) uma e está jogando (e pretende ganhar) a outra. Porque, nos planos do tricampeão pernambucano, a BombonIlha do Retiro tem o mesmo papel decisivo na competição sulamericana. E porque lá haverá um jogo, na próxima quarta-feira, que quem gosta de futebol tem de ver.

Frases como “a força do Sport na Ilha” são tão freqüentes quanto as vitórias do Sport em seu estádio. Não se sabe mais o que se alimenta do quê. É forte porque vence a grande maioria dos jogos em casa, ou o contrário? A dúvida, que martela a cabeça de quem tem de ir lá e encarar, serve ao Leão de todas as formas. Um time de futebol exerce seu mando de campo quando faz os visitantes se sentirem desconfortáveis. Tudo que seja diferente do que o adversário considera comum, ajuda. Tamanho do campo, proximidade da torcida, barulho, temperatura, a lista é grande. Desde que as leis sejam respeitadas fora do gramado, que as regras sejam aplicadas dentro, e que o oponente (seus torcedores incluídos) seja recebido com decência, cada clube pode pressionar os outros como achar que deve. E nada é mais eficiente do que um estádio que tem vida própria, que começa a incomodar os visitantes bem antes deles chegarem. A Ilha do Retiro é assim. Possui o que nessa semana se chamou de “mística”.

A combinação desse ambiente com um time que sabe o que quer, e o que faz, produz comportamentos estranhos. Equipes (perdoe a infâmia) se sentem perdidas naquela ilha. Algumas parecem se preocupar tanto com o que pode acontecer, que é exatamente o que acontece. E rápido.

Essa é a relação entre a Copa do Brasil do ano passado e a atual Libertadores. Na campanha do título, o Sport foi impetuoso e (no bom sentido) precoce. Aproveitou o período de “aclimatação” dos adversários para apresentá-los à tal mística. Em cinco dos seis jogos (seis vitórias) que fez em casa, o Sport marcou o primeiro gol antes dos 25 minutos. Em quatro jogos, antes dos 15 minutos. Em dois jogos, antes dos 10. Em um, antes dos 5 minutos. Entre os adversários, estavam Palmeiras, Internacional e Vasco. O único time que não levou gols cedo na BombonIlha foi o Corinthians, que sentiu o outro aspecto do drama: segurar os nervos logo depois de levar um gol. Como se sabe, não conseguiu. O espaço entre os dois gols do Sport naquela decisão foi de apenas três minutos.

Você pode argumentar que, até agora, o Sport só jogou uma vez como mandante na Libertadores 09. E eu argumentarei com o tempo que demorou para o goleiro da LDU buscar a bola na rede: 13 minutos.

Decifrar o começo do jogo na Ilha é a missão do Palmeiras.



  • Leandro Thomé

    O Sport hoje tem sem sombra de dúvidas um dos TIMES mais fortes do Brasil (o elenco é bom, mas tem melhores, agora quando o time entra em campo, só Inter e Cruzeiro até agora mostraram algo parecido) e com a Ilha fica muito difícil de ser batido.

    Esse jogão de quarta vai ser imperdível, e espero que a Fox Sports aqui nos EUA passe esse jogo.

    Abraço

  • Achei muito legal esse artigo porque valoriza times off eixo Rio-Sao Paulo e o feito do Sport de 2008 pra cá, tem que ser exaltado. Não é só o efeito Bombonilha( a palavra é ótima,feliz, assim como quando o Juca fala da Ilha de Lost),é a força do time mesmo. Ótimo domingo,Anna

  • Gabriel

    Apesar de, como sãopaulino, estar me divertindo com essa situação do Palmeras, começo a pensar se não é perigoso para as nossas pretenções de título da libertadores 09, a proporção que a “mística” da bombonilha vem tomando

    Bela coluna mais uma vez. Parece uma mistura de Juca com PVC.

  • Andre lucatelli

    concordo com o gabriel,mas neste caso, vale a pena!!nao tem nada melhor do q ver o palmeiras de vanderlei luxemburgo e do chamado k9 e que é tao badalado pelo paulista cair novamente diante de time de verdade, porque ate agora contra time que sabe jogar pra valer(os times do interior sao bons mas nada comparado aos grandes do brasil) ele demonstrou que ainda não é time para disputar grandes titulos, agora uma pergunta, se o palmeiras perder este jogo acabou-se a libertadores para ele certo?

  • bruno

    André, o que você sabe sobre o Adriano?

    È verdadeira essa história de que ele teria tido overdose?E que teria sido encontrado na favela juntamente com um chefe da máfia local.

  • Gleyton

    O Palmeiras cai na quarta-feira e provavelmente será o primeiro time brasileiro a se despedir da libertadores. Isto não apenas pelo fator bombonilha, mas também porque o Palmeiras ainda é um time com limitações para quem quer ser campeão. Será mais difícil para o Sport derrotar times que são mais fortes e sentem menos o fator mando de campo como São Paulo e, principalmente, Boca.

  • CARLOS DOREA

    Belo comentário, mas este ano o time do sport está mais encorpado e com melhores opções no banco de reserva, acho que obiteremos otimos resutados támbem fora da Ilha, outro ponto positivo é que provalvelmente no proximo domingo o Sport deve ser Tetra/ PE por antecipação ( de novo) e ficará um mês só penssando na Libertadores, até o inicio do Brasileiro, ao contrario dos outros ( na reta final e cheios de classicos locais, nos estaduais).

  • Eraldo Medeiros

    Muito bom comentário, mais acima de tudo o Sport tem um ótimo técnico, conhecedor de futebol como poucos e um elenco nas mãos e isso é primordial.

  • Malcon

    Quarta-feira o clima em Recife será “eletrizante” do tipo em que os raios ficam se deslocando no ar,de um lado ao outro. Estarei lá! Faz um bom tempo que eu não assito a uma derrota do Sport dentro da Ilha;considero-me pé quente. Por isso,sempre que posso,faço de tudo pra estar dentro da Ilha do Retiro – A Ilha mais eletrizante do Mundo!

  • Adriano Miller

    Timinho mediocre, é o novo paysandu, sao caetano, criciuma, ano que vem ja vai estar no seu devido lugar, ou seja, esquecido como os ditos anteriormente. Se gabam de jogar na tal Ilha do Retiro, mas devia ser chamada de “pasto”, pois os mediocres tem que pintar o gramado tentando tapar os barucas la existentes. è quarta-feira dia 08 que o Palmeiras vai colocar esse timinho mediocre que tem como maior mérito ganhar uma copa do Brasil e tem um título Brasileiro no tapetão rsrsrsrs
    Quero só ver a cara desse povinho quando cair em si depois da saraivada que vão tomar dentro do próprio pasto e ai toda essa ladainha da imprensa vai mudar e ninguém mais vai se lembrar que esse tal de Issspot existe a não ser é claro seus pobres coitados torcedores.

  • Concordo com Gleyton. A Ilha de Lost é um caldeirão para times que sentem pressão. O Palmeiras já mostrou que sente, e vai perder não tenho dúvidas. Contra times melhores que o Palmeiras, como São Paulo e Grêmio (sim, falam do Inter que é amarelão e esquecem do tricolor gaucho que é time de chegada) a gente tem que tomar mais cuidado. Mas o melhor de tudo, falando como rubronegro, é saber que o Sport joga de igual pra igual contra qualquer time do Brasil e da América do Sul, dentro ou fora de casa.

    André, depois faz um post com a relação dos últimos 6 jogos entre Sport e Palmeiras. Só pra constar.

  • Adriano Miller

    Contra times melhores que o Palmeiras rsrsrsrrs O palmeiras vai sentir pressão rsrsrsrs Deveria mesmo fazer uma relação dos jogos entre o Palmeiras e o issspot, mas faz da história dos confrontos, porque como disse o Issspot é o novo criciuma, santo andré, sao caetano, jaja ta na segundona de novo.
    Os calangos estão tentando de toda maneira criar uma rivalidade entre Issspot e Palmeiras, rivalidade que não existe, pois quem é Issspot, ganhou o que na história rsrsrsrs
    Aguardem na quarta – feira e verão como o Palmeiras vai sentir pressão rsrsrsrsrs
    Vai dar dó de ver a calangada tentando se enfiar nos buracos daquele pasto chamado Ilha do retiro rsrsrs

  • Wellington

    Adriano Miller, o palmeiras é melhor que o Sport Recife? Desde o campeonato brasileiro de 2007 que esse palmeiras não vence o Sport, salvo engano foi com o placar de palmeiras 1 x 3 Sport no parque de diversões do Sport, que é o palestra, no jogo de volta perdeu novamente com o placar de 2 x 1 isso na Bobonilha. Chega 2008, no brasileiro tiveram dois confrontos e na Copa do Brasil mais dois confrontos, venceram? Creio que não. deixa eu refrescar a sua memoria, no brasileiro no jogo de ida na Bobonilha, o palmeiras perdeu de 2 x 0 do Sport (com o time todo reserva) jogo de volta do brasileiro palmeiras perdeu novamente (incrivel isso não) com um placar expressivo, palmeiras 0 x 3 Sport. Na Copa do Brasil outros dois confrontos, primeiro jogo (seria um treinamento de luxo) o Palmeiras conseguiu um empate de 0 x 0, jogo de volta, na Bobonilha Sport 4 x 1 Palmeiras, incrivel isso não achou?
    Pelo Sport Tudo!!

  • Wellington

    Um ajuste, é “Bombonilha”

  • Adriano Miller

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK Quero ver a cara da calangada depois da surra que vão tomar em pleno pasto que chamam de estádio rsrsrsrs
    Timinho sem expressão, sem história, sem credibilidade ou seja sem nada rsrsrsrss
    Caro o Palmeiras pode perder para o Issspot por 50 anos seguidas que Palmeiras vai ser sempre Palmeiras e Issspot nunca vai passar de issspot rsrsrsrs
    Vocês são patéticos e ja tem finbal definido, daqui a um ano ninguém nem vai lembrar que issspot existe, timinho como santo andré, criciuma, sao caetano, nunca vai ter tradição rsrsrsr
    E mais espere para o final do jogo na quarta, vcs terão uma grande surpresa na “bombonilha”, é tão patético que tentam plagiar o boca rsrsrs
    Ridiculo rsrsrsrsrs

  • Adriano Miller

    Ai Issspotistas segue a história dos dois clubes, depois se acham grande kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk:
    Palmeiras, fundado em 1914:

    5.241 jogos
    2.821 vitórias
    1.285 empates
    1.135 derrotas

    10.320 gols pró
    5.938 gols contra
    4.382 gols > saldo

    >> 11 Títulos Nacionais
    Taça Brasil em 1960 e 1967
    Torneio Roberto Gomes Pedroza em 1967 e 1969
    Campeonato Brasileiro em 1972, 1973, 1993 e 1994
    Campeonato Brasileiro Série B em 2003
    Copa do Brasil em 1998
    Copa dos Campeões em 2000

    >> 3 Títulos Internacionais
    Copa Mundial de Clubes em 1951
    Copa Mercosul em 1998
    Copa Libertadores da América em 1999

    >> 5 Títulos Interestaduais
    Torneio Rio-São Paulo em 1933, 1951, 1965, 1993 e 2000

    >> 24 Títulos Regionais
    Campeonato Paulista em 1920, 1926, 1927, 1932, 1933, 1934, 1936, 1940, 1942, 1944, 1947, 1950, 1959, 1963, 1966, 1972, 1974, 1976, 1993, 1994, 1996 e 2008
    Campeonato Paulista Extra em 1926 e 1938

    >> Destaques Nacionais e Interestaduais
    Campeão Nacional Honorário de 1926, 1933 e 1947
    Taça Interestadual de Campeões SP-RJ em 1934
    Taça Interestadual de Campeões SP-BA em 1948
    Taça Interestadual de Campeões SP-PE em 1967
    Torneio de Porto Alegre em 1936
    Torneio da Bahia em 1937
    Torneio Quadrangular de Fortaleza em 1938
    Torneio do Paraná em 1938
    Taça Cidade de São Paulo em 1940
    Torneio de Minas Gerais em 1945
    Torneio Quadrangular do Rio Grande do Sul em 1946
    Torneio Quadrangular SP-Rio em 1952
    Torneio Quadrangular de Recife em 1955
    Torneio do Café (Quadrangular de Londrina) em 1984
    Torneio Quadrangular Maria Quitéria em 1997
    Taça Governador do Estado de Goiás em 1997

    >> Destaques Estaduais
    Torneio Laudo Natel em 1972
    Taça Cidade de São Paulo em 1945, 1946, 1950 e 1951
    Taça dos Invictos em 1934, 1972, 1973, 1974 e 1989
    Taça Estadual de Campeões em 1926, 1927 e 1932
    Torneio Início em 1927, 1930, 1935, 1939, 1942, 1946 e 1969
    Torneio Início Paulistano em 1969
    Torneio Roberto Ugolini em 1959 e 1960

    >> Destaques Internacionais
    Torneio Quadrangular de Lima (Peru) em 1962
    Torneio de Firenze (Itália) em 1963
    Torneio Pentagonal de Guadalajara (México) em 1963
    Copa IV Centenário Rio de Janeiro (RJ-Brasil) em 1965
    Taça Independência (MG-Brasil) em 1965
    Torneio Ramon de Carranza (Espanha) em 1969 1974 e 1975
    Torneio da Grécia (Grécia) em 1970
    Torneio Quadrangular de Mar Del Plata (Argentina-Uruguai) em 1972
    Torneio de Zaragoza (Espanha) em 1972
    Copa Centenário da Imigração Italiana (SP-Brasil) em 1975
    Copa Kiri (Japão) em 1978
    Torneio Euro-América (SP-Brasil) em 1991 e 1996
    Copa Brasil-Itália (SP-Brasil) em 1994
    Torneio Lev Iachin (Rússia) em 1994
    Taça Nagoya (Japão) em 1994
    Torneio Naranja (Espanha) em 1997

    >> Vice-Campeonatos
    Mundial Interclubes: 1999
    Torneio Roberto Gomes Pedroza: 1970
    Torneio Rio-São Paulo: 1955
    Copa do Brasil: 1996
    Campeonato Brasileiro: 1978 e 1997
    Copa Libertadores da América: 1961, 1968 e 2000
    Copa Mercosul: 1999 e 2000
    Campeonato Paulista: 1917, 1919, 1921, 1922, 1923, 1930, 1935, 1937, 1939, 1943, 1949, 1951, 1953, 1954, 1961, 1964, 1965, 1969, 1970, 1971, 1986, 1992, 1995 e 1999

    ==========

    Sport, fundado em fundado em 1905:

    2.053 jogos
    1.305 vitórias
    397 empates
    351 derrotas

    4669 gols pró
    1.917 gols contra
    2.752 > saldo

    >> 3 títulos nacionais
    Campeonato Brasileiro: 1987
    Copa do Brasil: 2008
    Campeonato Brasileiro Série B em 1990;

    >> 37 títulos estaduais
    Campeão Pernambucano em: 1916 e 1917, 1920, 1923, 1924 e 1925, 1928, 1938, 1941, 1942, 1943, 1948, 1949, 1953, 1955, 1956, 1958, 1961, 1962, 1975, 1977, 1980 1981, 1982, 1988, 1991, 1992, 1994, 1996, 1997, 1998, 1999, 2000, 2003, 2006, 2007 e 2008;

    >> 4 títulos interestaduais
    Copa do Nordeste em 1968, 1970, 1994 e 2000.

  • Neto

    Eu só quero ver a cara dessa gente preconceituosa como Adriano Miller depois da pancada que vai tomar aqui na Ilha de Lost. Vamos ganhar de 3×1 aqui e 2×0 no palestra. Será que Luxa vai ter cara para continuar no porco? Antes que eu me esqueça, aqui não tem calango, tem carangueijo nascido no mangue e cantado com muito orgulho pelo saudoso Chico Science. O trabalho que está sendo feito no SPORT não é só para um campeonato, é para um crescimento contínuo e duradouro. Ainda penamos com os débitos e falcatruas feitas por administrações anteriores, mas tenho certeza que falaremos cada vez mais do Glorioso Leão da Ilha do Retiro.

  • Adriano Miller

    Ilha de Lost kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk vai ser mesmo a calangada vai ficar mais perdida que calango abobado com a pancada que vão tomar do Verdão rsrsrsrs essa empáfia dessa gentinha mediocre acaba amanhã e ai quero ver as desculpas que vão inventar rsrsrs pode por juiz de marte para apitar que a paulada vai ser a mesma e colocaremos os calangos da Ilha de “lost” kkkkkkkk no seu devido buraco, buraco estes que não faltam naquele pasto chamado de estadio kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • rei

    kkkkkkk esse povo de Sampa é muita onda! Adriana Miller uma comediante de primeira. Palmeiras um freguês querendo bater de frente, ou será de costas? ainda chama os rivais de !!! Bom, de Salvador pra cima tem dono. SPORT CLUBE DO RECIFE. Aqui na ilha é pressão, no hotel é pressão, em recife nao tem essa de ficar se sentindo bem. Tratamos bem turistas, o palmeiras nao é turista, portanto, não é bem vindo. Se não aguenta PEDE PRA SAIR…vamos ver se esse timeco cheio de mercenarios aguentar o ár puro da capital pernambucana. hehehehehhe afinal, estão acostumados a ver o ar que respiram…hehehhe

  • Rodrigo Coutinho

    Ótimo texto. Parabéns. Quanto mais incerto o futebol, melhor para a emoção das partidas. É essa emoção que todos amantes da bola esperam sentir hoje a noite.

MaisRecentes

Escolhas



Continue Lendo

Gracias



Continue Lendo

Abraçados



Continue Lendo