NOTINHAS PÓS-RODADAS



Começando com o Grêmio, na Bolívia:

* Jogo típico de Libertadores em Cochabamba, em que o time pior acha que, deixando de jogar futebol, vencerá o time melhor. Às vezes dá certo.

* Mas ontem, o goleiro Dulcich não fez a parte dele, e levou um frangaço no chute de Tcheco.

* O Grêmio (2 x 1 no Aurora: Jonas, Paredes e Tcheco) lidera seu grupo e tem tudo para se classificar em ótima posição.

* Só gols bonitos na vitória (3 x 0 no Santo André: Madson, Triguinho e Neymar) que mateve as chances de classificação do Santos.

* Incrível o que Madson fez para alcançar a bola no lance do terceiro gol.

* Após três visitas sem vitória, o São Paulo ganhou (2 x 1 no Noroeste: Washington, Jorge Wagner e Marcelinho) fora do Morumbi, e caminha para as semifinais.

* No gol do Noroeste, ficou claro que a bola entrou.

* A Portuguesa, mesmo não vencendo o Mirassol (2 x 2: Junior Maranhão, Athirson, Luis Ricardo e Maurício) no Canindé, continua no G-4 e na briga.

* Estranhou o nome do autor do segundo gol da Lusa? É o ex-levantador da seleção brasileira de vôlei, especialista em “largadinhas de segunda”. Foi o que Fabrício Carvalho fez, não foi?

* A noite da primeira atuação integral de Ronaldo, e com dois gols, não foi completa. Porque o Corinthians falhou na defesa e só empatou (2 x 2: Leandrinho, Ronaldo-2 e Gum) com a Ponte Preta.

* Dizem que William está lento. Mas quando ele não joga, a defesa do Corinthians não pensa (primeiro gol), e sofre pelo alto (segundo).

* Erick Flores e Josiel recuperaram o Flamengo (4 x 2 no Madureira: Josiel-3, Bruno, Alex Alves e Juan) na Taça Rio.

* O primeiro justificou a confiança de Cuca. O segundo chegou aos 9 gols no Estadual.

* O lateral Paulo Sérgio disse que o Vasco (2 x 1 no Mesquita: Éderson Silva, Léo Lima e Jéferson) achou que ganharia fácil, por isso sofreu tanto.

* E o técnico Dorival Júnior chamou a vitória de “resultado enganoso”. Mas o fato é que o Vasco continua 100%.

* O Botafogo falhou (2 x 2 com o Americano: Victor Simões, Ernani, Reinaldo e Kieza) em casa, mas não falhou tanto quanto o árbitro.

* Simplesmente não há como André Luís Paes Ramos não ter visto o pênalti de Fahel em Kieza, no segundo tempo.

* Outra noite de Kléber (desta vez, só por bons motivos) no Mineirão: três gols na goleada (7 x 0 no Democrata: Gérson Magrão, Bernardo, Ramires e Wanderley marcaram os outros) que deveria ter reconduzido o Cruzeiro à ponta da tabela.

* O “deveria” fica por conta dos dois gols (aos 46 e 49 do segundo tempo) que deram ao Atlético Mineiro (2 x 1: Paulinho Pedalada, Júnior e Kléber) a virada contra o Ituiutaba.

* Era a noite da comemoração dos 101 anos do Atlético, que ficou muito mais agradável com a manutenção da liderança.



  • Thiago Escobar

    eu estava fazendo umas contas no simulador da libertadores e se eu acertar teremos Palmeiras e Grêmio nas oitavas…seria um JOGAÇO!!!

  • Rafael Bastos

    Engraçado André, que não é a primeira vez que o Fabrício Carvalho dá um dessas. Lembra no Goiás quando ele chegou a admitir ter feito o gol irregular em entrevista após a partida e gerou uma grande discussão?

  • BASILIO77

    Acrescente:
    “O Brasil é único país onde a imprensa esportiva pede por violencia contra um ídolo NACIONAL do futebol com historico de SÉRIAS contusões.”
    Abraço.

  • Danyllo Magalhães

    E não é o primeiro gol do Maurício/Fabrício Carvalho, em 2007 ele fez um de mão também na semifinal do Campeonato Goiano contra o Vila. Mas daquela vez ele confessou que tinha feito e foi suspenso…

    Abraços

  • A Ponte Preta foi assaltada ontem à noite contra o Corínthians e ninguém na crônica paulistana falou nada sobre isso. Depois reclamam das safadezas do futebol brasileiro, esses hipócritas. E vejam só como os “grandes” precisam de uma forcinha da arbitragem: só assim conseguem empatar em casa jogando contra dez pernas-de-pau. Lamentável!

    AK: Assaltada? Hipócritas? Não sei de quem você está falando, mas cuidado com a pressão. Nessas mesmas notinhas, há uma menção ao gol de mão da Portuguesa (contra o Mirassol, time do interior), e outra ao pênalti não marcado para o Americano (contra o Botafogo, time grande). Sobre o “assalto”: o pênalti em Ronaldo é um lance duvidoso, de interpretação. O jogador da PP que foi expulso já tinha amarelo, e fez falta. Se o árbitro tivesse mesmo decidido a roubar, você não acha que ele marcaria o pênalti que o Corinthians pediu nos acréscimos? Um abraço.

  • Leonardo atleticano

    André, ontem os atleticanos sofreram por noventa e um minutos, tudo dava certo para as raposinhas, vitória histórica e derrota do Galo, a turma foi ao delírio, satisfação total do lado das meninas, é nós atleticanos com o gosto de que a coisa ia se repetir, na hora H nosso time ia falhar, mas esse ano será diferente, a sorte está do nosso lado, e a competência também, foi maravilhoso. 30 cervejas geladas com os amigos 90,00 reais. Duas porções de picanha 50,00 reais. 10 pães com alho 20,00 reais. Ver as meninas enfiar 07 no adversário e sair de campo dando chilique e estressadíssimas, não tem preço.

  • Luiz Alberto Derze – Cuiabá – MT

    A bola do gol do Noroeste pode até ter entrado, mas claro não ficou. A justificativa é que a mão do rogério estava dentro do gol. Mas pra ter sido gol, ela teria q estar o diâmetro da bola pra dentro de distancia. Até acho que foi gol. Mas claro não foi.
    Mas o pior de todos foi o juiz do jogo da Lusa. Tava de frente pro lance e não viu o desvio com a mão. Esses caras ganham bem pra apitar. Fazem cag e não são cobrados. Absurdo!
    Abraços!

    AK: No replay que eu vi (TV Globo) ficou 100% claro que a bola entrou inteira. Mas só posso falar por mim. Um abraço.

  • Rafael MAchado

    E se fosse o contrário??????
    http://video.globo.com/Videos/Player/Esportes/0,,GIM989967-7824-RONALDO+DO+CORINTHIANS+SE+IRRITA+COM+A+FORTE+MARCACAO+DA+PONTE+PRETA,00.html

  • A historia de comparar o Fabricio Carvalho com o Mauricio (saudades da selecao de volei de 92) foi genial. Acho que nao posso ver jogo do Vasco… Quando vejo, o time joga mal! E quando fez o segundo, eu ja tinha dormido. Que tudo dê certo! Anna

  • Heinz-Harald Grbic Stojakovic

    André, eu só acho engraçado uma coisa: Os botafoguenses vivem chorando mil erros de arbitragem pro Flamengo, mas, quendo o erro é pra eles, ninguem comenta. Por que? Quero ver algum botafoguense falar alguma coisa. Se o Flamengo foi favorecido em um jogo, nesse campeonato (a estréia, contra o Friburguense), foi, digamos, prejudicado, em pelo menos três (contra o Bangu, contra o Resende – um pênalti mal marcado e duas expulsões – e contra o Vasco – no primeiro gol o Élton estava visivelmente impedido). Mas tudo bem. Ainda tem muito campeonato, e tudo pode acontecer. Inclusive o Flamengo ser campeão. Com ou sem arbitragem.

    SRN!

  • Bruno

    È revoltante ver como as equipes do interior são prejudicadas pelas arbitragens, o que aconteceu com a Ponte Preta diante do Corinthians foi vergonhoso.

    Quando teremos arbitragens imparciais?

    Porque ninguem da imprensa esportiva de SP comenta a blindagem feita por arbitros ao Ronaldo, ou seja, se encostar nele é falta.Se algum jogador da Ponte tivesse chutado Ronaldo sem bola, não tenha a menor duvida o arbitro o teria expulsado na hora, e a imprensa paulistana estaria defendendo a prisão do jogador.

  • ERIK

    SEI NÃO, ESSA VIRADA DO GALO É SINAL DE TAÇA SURPRESA P/ O ATLETICO EM 2009. SERÁ Q VAI ACABAR A ZICA CONTRA O CRUZEIRO JUSTO EM UMA HIPOTÉTICA FINAL? VEREMOS.

    DIGO SURPRESA PQ O CRUZEIRO É AMPLO FAVORITO EM MINAS.

  • Mario

    Não é nem o segundo que esse fabrício carvalho faz de mão, ele fez um, se não me engano, pela ponte preta contra o fortaleza, no brasileiro da serie A, e também admitiu no final do jogo, segundo o reporter da rádio, por ser evangelico. Se a gente for atrás, deve ter outros.

  • Felipe Luis Matos

    Muito tempo que nao me manifesto aqui no blog, mas a vitória do Vasco foi contra o Mesquita e nao contra o Madureira. Esse time do Vasco ta começando a me deixar feliz, podemos nao ter um time de craques, mas temos um time de guerreiros, jogadores que tem brio e vestem a camisa e isso é muito importante. No Vasco hoje em dia nao cabe mais jogadores como o Morais, que tem até uma habilidade, mas não honra a camisa que veste e na primeira dificuldade pede pra sair.

  • BASILIO77

    Blindagem da arbitragem ao Ronaldo???
    200 minutos sem sofrer falta ou 200 sem a arbitragem ter marcado falta?
    O cara voltou pesadão e quase sem movimentação alguma, fazer falta pra que, se o cara não oferece perigo???
    Ou queriam que a defesa palestrina tivesse feito falta num escanteio???
    Agora com uma movimentação maior, é claro que receberá mais faltas.
    Mas daí a se comemorar isso…é coisa de maluco, né?

    Agora, com a volta do treinador Marco Aurelio ao futebol brasileiro, os amantes do jogo faltoso estarão satisfeitos.
    Não tem um time dele que não seja escandalosamente faltoso.
    O rei do anti-jogo.
    E durma-se com um barulho desses.

    Abraço.

MaisRecentes

Dilema



Continue Lendo

No banco



Continue Lendo

É do Carille



Continue Lendo