NOTINHAS PÓS-RODADAS



Começando com o domingo de Fred no Maracanã:

* O novo camisa 9 do Fluminense (3 x 1 no Macaé: Wallacer, Fred-2 e Thiago Neves) é o tipo de cara que já nasceu artilheiro. Se ele contar os gols na rua, na escola, no corredor… Fred já dever ter feito uns 10 mil.

* Fred também tem algo que faz a bola procurá-lo na área, mesmo quando ele não está (ou parece não estar) no lugar certo. Romário tinha isso. (ALERTA: NÃO estou comparando os jogadores, apenas uma característica).

* O Vasco foi econômico contra o Boavista (1 x 0: Fernando), mas segue com campanha perfeita na Taça Rio.

* Pelo menos duas defesas de Tiago foram tão importantes para o resultado, quanto o gol.

* Os dois últimos gols da vitória do Botafogo (4 x 0 na Cabofriense: Victor Simões-2, Maicosuel e Renato) saíram após longas trocas de passes. O adversário parecia hipnotizado.

* Victor “Pantera” Simões fez mais dois (8) e se aproximou da artilharia do campeonato.

* No sábado, o Flamengo bobeou (1 x 1 com o Tigres do Brasil: Leandro Chaves e Josiel) e, pela segunda vez (Resende, Taça Guanabara), deixou de vencer um dos pequenos do Rio de Janeiro.

* Não acho que a grosseria com Andrade deva ser lembrada eternamente, mas, ao ver a falha de Bruno no lance do gol, fica difícil não relacionar os episódios.

* Que bola de Borges para Washington, na jogada do segundo gol do São Paulo (2 x1 no Marília: Hernanes, Washington e João Vitor).

* E que gol de Hernanes.

* Neymar não só foi titular, como fez o primeiro gol pelo time profissional do Santos (3 x 0 no Mogi Mirim: Paulo Henrique, Roni e Neymar), comemorando com o soco no ar de Pelé.

* Incrível o lance do gol de Paulo Henrique: a bola bateu três vezes na zaga, mantendo o ataque vivo, até entrar.

* O Corinthians não deixou de vencer o Santo André (0 x 0) porque Ronaldo não jogou. Quem leva a vida com bom humor entenderá que mais gente “não jogou”.

* Sobre o lance em que a bola bate na mão de Dentinho, antes da conclusão para o gol: o toque, claramente, não foi intencional. Mas, se fosse no braço de um zagueiro, dentro da área, o árbitro seria destruído se não marcasse o pênalti. Difícil.

* O artilheiro do Campeonato Paulista teve seis chances de gol, antes de mandar a bola para a rede do Barueri (Palmeiras 3 x 0: Keirrison, Diego Souza e Pierre), mas continua sem ficar mais de dois jogos em jejum.

* A caneta de Lenny em Diego, na jogada do segundo gol, foi uma maldade.

* Falando em artilheiros, o goleador da temporada (15) no Brasil deixou mais um no Campeonato Mineiro (Atlético 1 x 0 Guarani: Diego Tardelli).

* O Atlético só venceu (5 jogos) depois da derrota no clássico contra o Cruzeiro.

* Segundo 0 x 0 (com o América) seguido do Cruzeiro, que provavelmente estava com a cabeça no jogo de quarta-feira (Universitario de Sucre) pela Libertadores.

* Sorín saiu do jogo no início do segundo tempo, pois deve ser titular contra os bolivianos.

* Sexta vitória (1 x 0 no Inter de Santa Maria: Taison) seguida do Internacional, que faz campanha 100% no segundo turno do Campeonato Gaúcho, a chamada Taça Fábio Koff.

* Taison tem 10 gols.

* O Grêmio venceu (2 x 0 no Sapucaiense: Léo e Makelele) a primeira no returno, com time alternativo.

* Belo gol de Makelele, em alta velocidade.

______

A outra história do restaurante parisiense estará aqui ainda hoje.

Obrigado pelo interesse, espero não decepcioná-los.

Até mais tarde.



MaisRecentes

Arturito



Continue Lendo

Terceirão



Continue Lendo

“Algumas tapas”



Continue Lendo