NOTINHAS PÓS-RODADAS



Começando com os títulos:

* O primeiro gol do Internacional (2 x 1 no Grêmio: Índio, Alex Mineiro e Magrão), na decisão da Taça Fernando Carvalho, pareceu aqueles treinos de finalização em que não há defensores.

* Perfeita a posição e, não por acaso, a marcação do assistente Altemir Hausmann. Ruy dava condição legal para todos os jogadores vermelhos na área.

* O Inter se garantiu na decisão do título gaúcho, e pode se dedicar, sem preocupações, à Copa do Brasil.

* O Grêmio terá de conciliar a Libertadores com o Estadual.

* O Maracanã recebeu 72.301 pagantes (recorde da temporada) para a festa da quinta Taça Guanabara conquistada pelo Botafogo (3 x 0 no Resende: Reinaldo, Lucas Silva e Maicosuel).

* Não faria diferença no título, creio, mas o que a defesa do Resende fez com o goleiro Cléber (no primeiro e no terceiro gol) não é comum.

* Durante a pré-temporada, não eram muitos os que acreditavam no Botafogo. Mais um motivo para Ney Franco comemorar a vitória do time que ele montou.

* E se a história é um sinal: sempre que o Botafogo ganhou a Taça Guanabara, foi campeão estadual.

* Méritos para Roni, no gol que fez do Santos (1 x 0 no São Paulo: Molina) o vencedor do clássico paulista.

* Mostrou recurso ao conseguir jogar na área, depois da disputa com André Dias, uma bola que ninguém esperava.

* Antes do gol santista, Léo, embaixo do travessão, salvou uma cabeçada de Washington que já tinha passado por Fábio Costa.

* O Santos correu mais e buscou mais o resultado. Estranha a aparente apatia do São Paulo, principalmente no segundo tempo.

* Golaço de Fabiano Gadelha, para o Marília (1 x 1 com o Corinthians), num chute de curva – para mim, totalmente intencional – que surpreendeu Felipe.

* Gadelha também deu bastante trabalho para Escudero, o que é preocupante.

* O Corinthians não venceu porque Lulinha e Elias perderam gols incríveis no final do jogo.

* Parabéns a Deyvid Sacconi, por não se contentar com pouco, e resistir à tentação de cavar um pênalti no lance do gol do Palmeiras (1 x 0 no Guarani: dele).

* Foi a quarta vitória do Palmeiras genérico, escalado, dessa vez, por causa do jogo de amanhã (Colo Colo), pela Libertadores.

* Marcos teve um problema muscular na coxa direita e está fora.

* Tarde de Sorín (que reestreou) e de Kléber (que fez 3), na vitória do Cruzeiro (4 x 1: o outro foi de Wellington Paulista, e Kiko) sobre o Ituiutaba.

* O argentino ficou em campo por mais tempo do que o planejado, e não jogará na Bolívia (contra o Universitário Sucre, quarta-feira), para cuidar da parte física.

* O artilheiro do Campeonato Mineiro é Diego Tardelli (8), que fez um na goleada do Atlético (4 x 0: Márcio Araújo, Tardelli e Éder Luís-2) sobre o Uberlândia.

* Na temporada, Tardelli tem 12 gols em 10 jogos.

______

Aos interessados, belo jogo na NBA ontem à noite.

O Phoenix Suns venceu o LA Lakers por 118 a 111.

Kobe Bryant fez 49 pontos, mas quem roubou a noite foi aquele ex-companheiro dele, um cara grandão chamado Shaquille (33 pontos, Leandrinho fez 22).

No quarto período, O’Neal errou – para variar – um lance livre, mas pegou o próprio rebote e cravou a bola praticamente sem pular.

Flash-back da época em que ele comandava as coisas.



MaisRecentes

Vencedores



Continue Lendo

Etiquetas



Continue Lendo

Chefia



Continue Lendo