NOTINHAS PÓS-ESTREIA…



… do Palmeiras, na Libertadores.

Eu sei o que você está pensando: 4h40 da tarde?! Um pouco atrasado, não acha?

Eu não acho, eu sei.

Isso é o que acontece quando você tem um programa para escrever, editar, sonorizar, finalizar, e todos os outros “ar” que existem na televisão (mais sobre isso no próximo post).

Mas chega desse papo, agora.

As notas do jogo em Quito:

* Considerando o que normalmente acontece com times brasileiros no estádio Casa Blanca, o Palmeiras não foi tão mal. No jogo e no resultado (LDU 3 x 2: Walter Calderón-2, Willians, Edmilson e Manso).

* Sim, Marcos deve estar chateado até agora com o segundo gol. Mas ouvi de dois palmeirenses, hoje, que ele deveria ter ido na bola do gol de falta. E não há o que convença os caras de que nenhum goleiro (humano) tocaria nela.

* Dificuldades já estavam no roteiro do grupo escolhido para receber o nome de “da Morte”, nesta Libertadores. Mas há um detalhe a favor.

* Numa chave em que as forças estão tão equilibradas, todos os resultados são “normais”, em todas as rodadas. A troca de pontos será maior do que nos outros grupos.

* Cortesia da LDU, o Cruzeiro (que joga amanhã, contra o Estudiantes) é o único time da Série A com 100% de aproveitamento no ano.



MaisRecentes

Sete dias



Continue Lendo

Em voo



Continue Lendo

Não estamos prontos



Continue Lendo