NOTINHAS PÓS-RODADAS



Começamos com o Karatê-Kid:

* Foi pênalti em Fernando Henrique, na vitória do Fluminense (2 x 1 no Americano: Thiago Neves, Éberson e Conca). O problema é que ele não deveria estar em campo, porque tinha dado um soco num adversário, momentos antes . Se o árbitro marcou o pênalti para o Americano, é porque viu.

* Encontrei similaridades entre o goleiro do Fluminense e Daniel-San (o verdadeiro nome dele é Daniel LaRusso), discípulo do inesquecível Mr. Miyagi: os dois ganharam uma ajudinha da arbitragem, e saíram como heróis. Estão na deles.

* (esta terceira notinha é só para explicar) Não esqueça de que Daniel-San ganhou o torneio All-Valley de Karatê com um chute ilegal no rosto de seu adversário.

* O Botafogo passeou (5 x 1 no Friburguense: Fahel-2, Hércules, Maicosuel-2 e Reinaldo) em direção ao clássico de domingo – que precisa vencer para ficar em primeiro.

* Bela atuação de Maicosuel, até ser expulso e ficar fora do jogo contra o Flamengo.

* O São Paulo (2 x 1 na Ponte Preta: Rodrigo – não tocou na bola… – e Jorge Wagner) jogou bem? Não. É no Campeonato Paulista que o São Paulo tem de jogar bem? Não.

* Não se assuste se Muricy Ramalho escalar um mistaço no clássico de domingo.

* O Santos perdeu (1 x 0 para o Marília: Cláudio) o segundo jogo seguido, e Márcio Fernandes pagou a conta.

* Soluções internas no banco de reservas dão errado na maioria das vezes. Quando o time é forte e vai bem, é ele que segura o técnico. Quando não vai (como é o caso do Santos, até agora), a experiência é curta.

* Num aquecimento para o clássico contra o Atlético, a escalação alternativa do Cruzeiro suou pouco (5 x 0: Alessandro, Leonardo Silva, Wellington Paulista, Jonathan e Soares) diante do Guarani.

* O Cruzeiro é um dos dois únicos times da Série A com 100% de aproveitamento em 2009 (o outro é o Palmeiras).

* O Grêmio se recuperou da derrota para o Inter, batendo o Juventude (2 x 0: Ruy e Souza) sem maiores problemas.

* Alex Mineiro pode estar devendo alguns gols (fez apenas 1), mas o passe para o gol de Ruy exige uma categoria que nem todos possuem.



MaisRecentes

Fechamento



Continue Lendo

Voltando a Berlim



Continue Lendo

Passo adiante



Continue Lendo