NOTINHAS PÓS-RODADAS



Fim-de-semana de clássicos aqui e ali:

* Nem pela TV dá para afirmar, com certeza, que Fábio Costa tocou em Keirrison (eu acho que tocou). Mas não dá para criticar a marcação do pênalti, uma vez que a bola não fazia parte dos interesses do goleiro do Santos, que levantou a perna esquerda sem necessidade nenhuma.

* O Pênalti foi o momento decisivo do jogo (Palmeiras 4 x 1: Edmílson, Keirrison-2, Kléber Pereira e Lenny) ? Não creio. A velocidade e o toque de bola do Palmeiras não encontraram adversários no Palestra. O toque de Roni para fora (após ganhar de Edmilson, quando o placar era 3 x 1), foi o único lance que poderia mudar o rumo do clássico.

* Incrível o impacto imediato de Keirrison e Cleiton Xavier no Palmeiras. Ninguém diria que, dois meses atrás, eles jogavam em outros times.

* No sábado, Corinthians e Portuguesa (1 x 1: Christian e Otacílio Neto) foram vítimas de um dilúvio e de cabeçadas da FPF, que não conseguiu decidir o que fazer com o segundo tempo do jogo.

* O árbitro não é o maior culpado – ele não manda, e sim quem está do outro lado da linha. Mas também não é inocente.

* Inocente, no pior sentido, foi a diretoria do Corinthians, que aceitou voltar para o jogo depois que seus jogadores já tinham trocado de roupa.

* Ao contrário do ano passado, Hernanes faz um ótimo começo de temporada. A 10 do São Paulo tem lhe caído bem.

* Na vitória (2 x 1 no Botafogo: Hernanes, Branquinho e Washington), um gol e um passe dignos dos grandes meias.

* No mesmo ritmo de Keirrison e Claiton Xavier (teria algo a ver com o nome?), Washington também parece que joga no São Paulo há anos.

* O Campeonato Paulista ainda teve o “Derby Country” (Guarani 2 x 2 Ponte Preta – golaço do bugrino Cléverson, decretando o empate), e o “Clássico da Bússola” (Oeste 4 x 1 Noroeste).

* No Maracanã, o goleiro vascaíno Tiago foi o melhor em campo no clássico (Fluminense 0 x 0 Vasco) que deixou o Flu longe das semifinais do Estadual do Rio.

* Numa das poucas bolas em que Tiago não tocou (chegada de Mariano pela direita, no segundo tempo), o chute saiu por muito pouco.

* O Vasco aguentou mais de 40 minutos (Alex Teixeira foi expulso, infantil e corretamente) com um a menos, o que também diz muito sobre a pouca inspiração do Fluminense, mesmo com Thiago Neves e Conca em campo.

* O Flamengo (2 x 1 no Macaé: Marcelinho Paraíba, Wallacer e Zé Roberto) pode não estar dando exibições, mas é o único com campanha perfeita e já garantido nas semifinais.

* No segundo gol, Fábio Luciano colocou a bola na cabeça de Zé Roberto, qualidade rara em zagueiros.

* O Botafogo goleou o Bangu (4 x 1: Somália, Victor Simões-2, Fahel e Alessandro) e está perto da vaga.

* O segundo do Bota foi do artilheiro do Estadual, Victor Simões (5), um lindo chute de fora da área.

* Outro goleiro que se destacou num clássico foi o gremista Victor, na derrota (2 x 1: D’Alessandro, Jonas e Nilmar) para o Internacional, em Erechim, pelo Campeonato Gaúcho.

* O gol da vitória saiu de uma arrancada de Taison e Nilmar, beeeeeem acima do limite de velocidade.

* Taison declarou que ouviu Celso Roth mandar o zagueiro Léo (que não obedeceu) agredi-lo. Espero que o meia do Inter tenha entendido errado.



MaisRecentes

Virtual



Continue Lendo

Falante



Continue Lendo

Vencedores



Continue Lendo