UMA QUARTA NA TELA



(lamento os problemas técnicos que vitimaram este blog nas últimas horas. O post abaixo está pronto desde às 8 da manhã. Aqueles que entendem do assunto – obviamente não me incluo – estão trabalhando para resolvê-los.)

Para quem está acostumado a trabalhar nas noites de quarta-feira nos estádios, é divertido estar casa e poder ver tudo.

O programa que a ESPN Brasil levará ao ar sobre o Super Bowl XLIII (ainda sem data, mas com boooooas chances de ser exibido também pela ESPN Internacional) me manterá fora da escala de reportagem nas próximas semanas, o que me permitirá ser apenas um telespectador nas noites de rodada.

Campeonato Paulista…

Vitórias suadas de Corinthians (3 x 2 no Paulista – Chicão goleador, Felipe escorregador, trio de arbitragem de dar dor), e São Paulo (2 x 1 no Bragantino – Washington afiado, Rogério machucado, Muricy menos pilhado).

Estadual do Rio…

Vitórias mais tranquilas de Flamengo (4 x 1 no Mesquita – Zé Roberto estreando, Bruno marcando, banco ajudando), e Vasco (3 x 1 no Resende – Nilton fez o primeiro, e é artilheiro, Tiago não é só goleiro, e Pimpão fez o derradeiro).

E Pré-Libertadores…

Outra vitória do Palmeiras (2 x 0 nos céus de Potosi, com um gol de Claiton Xavier em jogada que remete imediatamente – na estética – ao quarto gol do Brasil na final da Copa de 70), acelerando para a fase de grupos.

Ocorre que o futebol teve um adversário fortíssimo no meu controle remoto: Knicks x Cavaliers, na Meca do basquete. E como valeu a pena invadir a madrugada (mesmo porque as únicas alternativas eram “Os Ferozes Crocodilos Africanos” e/ou Pachuca x U. de Chile).

Os Knicks (eu, um dia, torci para eles, mas atualmente estou licenciado) são, hoje, muito melhores do que os bizarros times da era Isiah Thomas. Quer dizer, dá para ver os caras, sem ter vontade de me asfixiar com o travesseiro.

Mike D’Antoni, ex-técnico do Phoenix Suns, está conseguindo aplicar o mesmo estilo “tomamos-muitos-pontos-mas-fazemos-mais”, sem maiores constrangimentos.

Mas o problema é que todo superastro que pisa no Madison Square Garden parece estar numa missão para impressionar o Universo. E duas noites depois de Kobe Bryant fazer 61 pontos (apenas a maior pontuação individual já atingida naquela quadra sagrada) na vitória dos Lakers por 126 a 117, LeBron James deixou 52p/10r/11a, na vitória dos Cavs por 107 a 102.

Foi o primeiro triplo-duplo com mais de 50 pontos, desde que um senhor chamado Kareem Adbul-Jabbar atingiu tais números, em 1975.

Eu digo o seguinte (e estou pronto para o debate): Depois de Michael Phelps – quanta estupidez… – James é, do ponto de vista físico, o mais talentoso atleta dos nossos dias.

Um cara daquele tamanho (2,07m e 113kg) simplesmente não pode ser tão rápido e ágil.

E ele tem só 24 anos.

ATUALIZAÇÃO, 19h23 – Esqueci de dizer uma coisa. O jornalista Fernando Santos, editor-executivo do Diário Lance! em São Paulo, foi ver o SB XLIII a convite da ESPN. É um costume da empresa, em vários países, para promover seus principais eventos. Mordomia monstro.

Fernando fez apenas um pedido, antes de aceitar o convite: queria voltar a São Paulo por Nova Iorque. O motivo não era um parente que ele pretendia visitar, e sim o calendário de jogos da NBA. Ele quase caiu para trás quando checou a tabela e viu que os Knicks receberiam os Lakers na segunda-feira, e os Cavaliers na quarta.

Sim, ele estava no MSG nas duas noites.

E, sim, ele também estará em Boston logo mais, para ver uma reprise da final da última temporada.

Isso, depois de ver, na faixa, o melhor Super Bowl da história.

Só tenho uma coisa a dizer a ele: ao voltar ao Brasil, será uma boa idéia pagar alguém para ligar seu carro todo dia pela manhã.

Não diga que eu não avisei.

ATUALIZAÇÃO II, sábado 07/02, 13h07 – Cassaram o triplo-duplo do Rei. A NBA revisou o jogo e descobriu que um rebote foi equivocadamente computado como dele. Os números corretos: 52p/9r/11a, um duplo-duplo gigantesco, porém não estatisticamente histórico.



  • Jovaneli

    Campeonato Paulista…sem graça (como um determinado profissional tri-vencedor, vestido de preto, branco e vermelho, que não sabe respeitar outro profissional trabalhando).

    Carioca…mais sem graça.

    Pré-Libertadores…que graça?

    Kobe Bryant e LeBron James…de graça, na ESPN?

    Phelps…acabou a graça?

  • André, depois de Michael Phelps, do ponto de vista físico, está Alexander Ovechkin, embora seu tamanho não seja tão impressionante quanto o do cara do bola-ao-cesto.

    Mas o que ele faz sobre os patins, com um taco na mão, é de assustar.

    Abraços!

    AK: Partindo do princípio de que não deve existir nada mais difícil do que jogar hóquei no gelo, você pode ter razão. Eu já vi esse banguela fazer coisas incríveis. Um abraço.

  • Ricardo

    Ceni machucado.

    Depois de levar um frango que nem…..que nem…que nem…..

    QUE NEM GOLEIRO DE HÓQUEI LEVARIA!!

  • Felipe

    André, estupidez do Phelps porque ele fuma um baseado? Oito medalhas de ouro amigo….

    AK: O que ele fuma ou não fuma é problema dele. Ser flagrado fumando maconha é um problema maior. Um abraço.

  • Kei

    O D’Antoni realmente poderia pelo menos ter pensado em dobrar a marcação no Kobe ou no James…

    A sua mentalidade ofensiva é ótima, mas costuma falhar contra os melhores times, nos anos anteriores foi assim também – o Suns sempre perdendo para o Spurs.

  • André, q jogo do King James, só pq é mais fácil pontuar ignorando restante dascoisas em um jogo de basquetebol 0 rebotes do Mamba?
    Mas, na boa, não foi o melhor Super Bowl de todos os tempos, o melhor 4 período? Talvez… IMHO, abraços

  • Lucas Cugler Costa SP/SP

    O problema do Phelps não seria fumar ou ter fumado maconha, mas no caso, ser a figura pública e parte de um programa para evitar o uso de substâncias proíbidas.

    Como um cara como o LeBron James joga tanto? Esse time dos Cavs vai me fazer torcer pra eles mesmo depois de sua saída, ele com 24 anos, pode se tornar uma lenda maior que o Kareem, o Michael e o Kobe.

    Ele é incrível

  • Lelo

    não entendi o comentario final sobre o jornalista ligar o carro de manhã.. sou muito burro?

    AK: Não, claro que não. É só uma brincadeira, provocada pela inveja. Um abraço.

  • Lucas Medeiros

    Ola, Andre acompanho seu blog , e faco dele um grande companheiro do meu dia dia pela maneira com que voce trata o esporte de maneira em geral e nao somente o futebol .Gostaria de fazer uma pergunta, porque o hoquei nao passa em nenhum canal ESPN , pois lembro que anos atras lembro que pelo menos alguns anos atras isso era possivel .Estou fora do Brasil , mas espero que o jogo das estrelas tenha passado por ai.

    Abracos e boa folga(espera que durante ela comente os jogos ).

    AK: A ESPN realmente transmitia a NHL, mas não tem mais os direitos. Um abraço.

  • Rogerio Jovaneli,se o Carioca é tão sem graça porque você só não procura se manter informado,já que é jornalista,ao invés de acompanhar. Há quem goste do Campeonato. André,quanto ao Phelps, eu fiquei muito decepcionada. A estupidez não reside só na foto,reside no ato também.Ele é atleta e tem que dar exemplo. Tudo que fizer,daqui por diante,será posto em dúvida,por mais que maconha não afete o desempenho do atleta. É mais doping social do que real,na verdade. E quanto ao Madison Square Garden,é um templo do basquete que eu espero um dia conhecer,de preferencia num jogo dos Knicks. Lebron James não vai ser contratado pelo NY Knicks,não? Não tinha esse boato? Abraço,Anna

    AK: Quanto ao James, o carro está na frente dos bois. Ele tem contrato com o Cleveland até 2010, e os Knicks, em tese, serão um dos times envolvidos no leilão pelos serviços dele. Um abraço.

  • Leandro Thomé

    E olha que o jogo de ontem dos Lakers vs Celtics foi um baita jogo com direito a OT e tudo mais… hehehe

  • gustavo luiz

    nem tem por que discutir…a capacidade atletica do lebron é realmente alguma coisa fora do comum…so incluiria o bolt nessa lista..

    agora, com relação ao lebron eu acho que ele é um jogador fantastico, um dos maiores de todos os tempos, entre os 5 melhores que eu vi jogar e acho que pela idade dele, o ceu é o limite e o cara pode superar qualquer um, menos o michael, claro… agora, eu terminei de ler recentemente o Jordan Rules (obrigado pela indicação, andre) e pelo menos numa coisa o lebron parece superar longe o MJ… justamente na relação com os demais atletas, na liderança extremamente positiva que ele exerce… é facil perceber que ele é um cara querido pelos companheiros, nao digo so pelas entrevistas do varejao dizendo isso…so olhando mais atentamente os jogos do cleveland (God save the League pass!!) ja da pra perceber que os companheiros gostam do Lebron e “se matam” por ele…. uma historia que ilustra bem isso, foi qdo ele fez questao de comecar uma partida no banco e entrar junto com o varejao na quadra pra que o mesmo nao fosse vaiado pela torcida (que estava brava com ele pela demora na renovacao) uma das atitudes mais impressionantes de um atleta do nivel dele em esporte coletivo que eu ja vi

    um abraço,

  • Massara

    André, já que você não faz…

    Mercadão 7

    QUEM: Kléber (atacante, ex-Palmeiras e Dinamo de Kiev)

    POR QUEM: Cruzeiro

    SITUAÇÃO: Contrato de 5 anos.

    MINHA OPINIÃO: Jogador combativo, que não admite perder divididas sem antes brigar muito pela bola. Vai somar muito ao time na disputa pela Libertadores. Deixa o ataque cruzeirense com mais pder de fogo e a briga pela titularidade mais acirrada. Juntando-se a Sorín, Fabrício, Ramíres, Wagner, Thiago Ribeiro e W. Paulista, faz do time mineiro um dos candidatos ao título mais cobiçado da América.

    Um abraço!

    AK: Está em produção. Um abraço.

  • Leonardo atleticano

    André e massara, Deus é grande, os Perrela vão vender o Ramires para encher os cofres de euros, dois ou três vão se machucar e os jogadores vão boicotar o Adilson. Se isso não acontecer, como disse nosso filósofo Lula, nós atleticanos vamos sifu……

  • Thiago Luiz

    Isso sim é um cara de sorte! E que jogo ele deve ter visto em Boston…

    Mas o melhor SB foi o do Patriots x Giants!

  • Fábio Rodrigues

    Olá André..como atleta..sem dúvida o lebron supera o Kobe até pq o kobe tem 30 anos..mas como jogador…kobe é muito mais técnico faz cestas impossiveis e tem mais sangue frio..o lebron é mais trombador vai com tudo e ninguem segura ..lembra muito o vince carter qdo entro na NBA..vejamos qdo o lebron tiver com 30 anos..como serão as coisas…vc concorda???
    AK: Em parte. Acho que o LJ é um cara que cria o próprio arremesso tão bem quanto qualquer outro. Mas concordo que ele não tem a finesse do KB. Um abraço.

  • Sanderson

    Lebron não amarela, e Kobe de vez em quando dá uma afinada. Vide o ultimo jogo da Temporada passada. Os Celtics destruíram os Lakers! Abraços André!

  • MAURO ALVIM

    É inegavel. Se vivo fosse, Nelson Rodrigues diria que James é uma força da natureza. Como Lebrom é um americano do norte, Nelson o compararia com um tornado, de intensidade 5 que tudo atrai. O Que nesta quarta vi André, foi o mesmo que você. Quero aproveitar este momento de concódria para me desculpar. Um abraço. Não me queira mal.

    AK: Desculpar-se de quê? Um abraço.

  • MAURO ALVIM

    Se você não lembra é que a ofensa não deve ter sido assim tão grande.

    AK: Não sei do que você está falando.

MaisRecentes

São Paulo joga, Corinthians soma



Continue Lendo

Sqn



Continue Lendo

Gato



Continue Lendo