TAÇA SIMPLES



A foto é de autoria (e cortesia) do meu camarada Everaldo Marques, narrador dos canais ESPN. Se você gosta de futebol americano e não conhece o blog dele, deveria.

O que está na foto é o símbolo da glória na NFL, o troféu Vince Lombardi. Para as tradições americanas, é surpreendente que ele não seja uma peça extravagante, tipo “ouro cravejado de diamantes”. A taça do Super Bowl é de prata, tem 58 centímetros e pesa pouco mais de 3 quilos. Vale US$ 12.500,00.

Durante a semana do jogo, o troféu fica exposto numa tenda no “NFL Experience”, onde uma longa fila se forma para que os fãs tenham a chance de uma foto.

A Uefa costuma fazer a mesma coisa com o troféu da Champions League, às vésperas da decisão, com os mesmos resultados.

Mas há uma diferença. Diz a Uefa que o troféu da UCL que fica em exposição – durante o dia – na semana da final é o único que existe em disputa. Cada clube campeão pode guardá-lo em sua sala de conquistas por dez meses, e é obrigado a devolvê-lo dois meses antes da decisão seguinte, quando recebe uma réplica um pouco menor.

Clubes que vencem a Liga dos Campeões cinco vezes, ou em três anos consecutivos, têm o direito de ficar com a taça para sempre.

Já a NFL não faz a menor questão de conferir uma “aura sagrada” ao troféu Vince Lombardi. Cada time que vence o Super Bowl garante o seu. Só precisa entregá-lo para a joalheria Tiffany fazer a gravação do nome do campeão, placar final e data do jogo, e esperar alguns dias para recebê-lo de volta.

Só um time campeão não possui o troféu original: o Baltimore Colts, vencedor do Super Bowl V, em 1971. O ex-dono dos Colts, Carroll Rosenbloom, apoderou-se da taça quando vendeu a franquia

A cidade de Baltimore pediu uma cópia à Tiffany, que permaneceu por lá mesmo depois de 1984, quando os Colts se mudaram para Indianapolis.

O nome do troféu é uma homenagem a uma figura lendária do esporte nos Estados Unidos, técnico duas vezes campeão do SB.

É bem provável que o troféu que os torcedores fazem fila para ver e registrar não seja o que vai parar nas mãos do dono do time vencedor. A NFL diz que sempre tem uma caixa de reserva de prontidão, para o caso da taça sofrer danos durante da comemoração.

Como o seguro morreu de velho, o que vai para a “NFL Experience” deve ser mais um.



  • Nem o Troféu da UCL, nem o Troféu Vince Lombardi.

    O mais bonito, mais histórico e mais difícil de ser conquistado é a Copa Stanley. E nenhum outro chega perto em tradição.

  • Lippi

    Opa, aproveitando a deixa, vc podia colocar o link do Everaldo aqui do lado, e parece que o endereço do Rizek mudou também.
    Sobre a taça, quanto mais simples, melhor. A da copa do mundo é um bom exemplo, ao contrário daquele monstro que era do campeonato paulista até pouco tempo atrás.
    Boa transmissão, abraço!

  • Leonardo

    Não sou fá de futebol americano, e talvez por isso o que mais me chamou atenção foi o tem não acentuado. A esdrúxula reforma ortográfica pode ter tirado o acento do para, mas não conseguiu tirá-lo do tem pluralizado…

  • Jovaneli

    Contagem regressiva…pouco menos de 11 horas e 15 minutos para a decisão. Torcerei pelo Cardinals, mas se não der, que seja um jogaço de bola oval. Isso é o mais importante. Abraço!

  • André,a taça é linda! Boa transmissão! Anna

  • pitaco

    André, veja a diferença com o tratamento aos troféus dado pela NFL e UCL com o que a CBF dá à taça da conquista do Brasileirão. Aliás, qualé o formato dessa taça, alguém se recorda? Alguém a identificaria numa fotografia? Existe alguma identidade visual dessa conquista? Óbvio que não, afinal de contas a CBF não consegue nem entregar seu troféu ao campeão nacional no dia da conquista. Somos obrigados a ver nossos campeões receberem taças encomendadas de empresários-torcedores, de cartolas espertalhões ou de políticos oportunistas, com palcos montados de última hora e estampando logomarcas de federações esdrúxulas. Até isso a CBF tirou do futebol brasileiro: o prazer do torcedor em ver o capitão de seu time erguer a taça de campeão. abraço

    AK: A comparação é cruel. Um abraço.

  • JOSÉ MACIEL

    O INTERNACIONAL DESDE 2006 VISITA TODOS OS SEUS CONSULADOS ESPALHADOS PELO BRASIL LEVANDO AS PRINCIPAIS TAÇAS (LIBERTADORES, MUNDIAL FIFA, RECOPA,COPA SUL-AMERICANA), NESTAS FESTAS OS COLORADOS PODEM TIRAR FOTOS COM AS TAÇAS, EXCELENTE IDÉIA DO INTER E NÃO É A TOA QUE O CLUBE TEM MAIS DE 80.000 SÓCIOS PAGANTES O 1º DA AMÉRICA E O 9º NO MUNDO EM NÚMERO DE SÓCIOS.

MaisRecentes

No banco



Continue Lendo

É do Carille



Continue Lendo

Campeão de novo



Continue Lendo