COMO DIZIAM OS BEATLES…



Se cada post viesse acompanhado de uma música, este aqui viria com “Can’t Buy Me Love” (Lennon/McCartney, 1964), ao fundo.

Como você já deve saber, Kaká rejeitou a oferta do Manchester City e, segundo a cúpula do Milan, está “fora do mercado”.

Frase do craque, em entrevista ao canal de TV do clube italiano, nesta segunda-feira:

“No fim, contou a minha história, onde eu tenho um legado, e onde mora o meu coração.”

Sim, eu sei. É fácil dizer isso quando se ganha 8 milhões de euros por ano. Mas só quem já teve a oportunidade de se transformar num dos esportistas mais insanamente bem pagos da história, sabe como é complicado tomar esse tipo de decisão.

Silvio Berlusconi disse que Kaká não pediu aumento para ficar em Milão. O que, obviamente, não significa que o clube não lhe tenha oferecido uma “solução caseira”.

Independentemente disso, Kaká optou pela fortuna esportiva.

Minhas palmas para ele.



MaisRecentes

Cognição



Continue Lendo

Sete dias



Continue Lendo

Em voo



Continue Lendo