CAIXA-POSTAL



Pela última vez em 2008, aos assuntos da semana:

João Luis escreve: Se o Corinthians não tem dinheiro para contratar o Herrera, você não acha estranha a contratação do Escudero?

Resposta: Como diz o outro, uma coisa é uma coisa… O valor dos direitos de Herrera é US$ 2,4 milhões, e o Gimnasia La Plata não aceita discutir formas de pagamento. Por 50% dos direitos de Escudero, o Corinthians vai pagar US$ 1,3 mi, em seis parcelas. É quase a metade, fora a sanfona. Além dessa diferença, a questão de Herrera é muito complicada. Seus direitos estão divididos entre o GLP, o San Lorenzo e empresários. O Corinthians teria de pagar os 15% do jogador e mais as comissões, numa conta que fecharia em cerca de R$ 8 milhões.

______

Márcio escreve: Para você, qual clube brasileiro fez as melhores contratações para a próxima temporada?

Resposta: São Paulo. Escrevi sobre isso no Lance! de hoje. Será tema da Coluna Dominical.

______

Renato escreve: Como é possível um jornalista esportivo criticar a realização de uma Olimpíada no Brasil? Você só tem emprego por causa do esporte, é o esporte que paga seu salário.

Resposta: Ponha os óculos. Eu tenho três empregos, dos quais me orgulho. Quem paga meu salário é a ESPN e o Grupo Lance!, e a realização de uma Olimpíada no Brasil nada tem a ver com isso. Se tivesse, não haveria jornalistas esportivos brasileiros.

______

Bernardo escreve: Como vai se resolver o problema político no Palmeiras? Quem você acha que ganhará a eleição (em janeiro)?

Resposta: Impossível responder. O presidente Afonso Della Monica não conseguiu formar um sucessor e o grupo que o levou ao poder está dividido, o que obviamente fortaleceu a oposição. Pelos últimos movimentos, articula-se a candidatura de Luiz Gonzaga Belluzzo como um consenso da situação, mas não se sabe se ela venceria a eleição. Belluzzo é alguém que pensa no que pode fazer pelo Palmeiras, e não no contrário. Só isso (fora a capacidade, a formação…) já o diferencia. Mas a política dos clubes é, muitas vezes, incompreensível.

“Esse é o melhor plano que temos. Considerando-se que é o único.”

Rusty Ryan, em “Doze Homens e Outro Segredo”.



  • Rogerio J

    A realização de uma Copa ou Olimpíada não deveria ser prioridade dos gestores (???) de nosso país. Dar ao cidadãos brasileiros condições de viver dignamente, isso sim é prioridade.
    O Brasil precisa de educação e saúde (pública!!!) de qualidade, de medidas/soluções para a geração de mais empregos. Não falo em assistencialismo barato, com fundo eleitoreiro. E sim em dar a chance de mais gente ter uma vida digna, com trabalho honesto e formal. Ensinar a pescar, e não dar o peixe na bandeja.
    Quem pensa em Copa do Mundo ou Olimpíada no Brasil na frente dessas coisas que citei não tem noção onde vive. Cego mesmo.
    Recomendo que as pessoas se informem melhor a respeito do legado do Pan (???). Essa gente não é séria. E até trabalham para que não sejam cobradas pela gastança irresponsável e pelo uso do nosso (!!!) dinheiro público.
    Copa do Mundo e Olimpíada no Brasil é piada!

  • Phillipe Côrtes

    Aproveito o espaço para divulgar meu blog sobre futebol brasileiro no Lance Activo:
    http://www.lanceactivo.com.br/phillipe/Blog

    Abraços a todos

  • Estevan

    3 empregos ?

    AK: É, três.

  • carlos

    André, acho que a midia, deveria realmente fazer mais documentario sobre o erro que é receber uma olimpiadas, uma copa, até mesmo um pan no Brasil
    eu vi outro dia, um documentario da ESPN, otimio, sobre os gastos do Pan, sobre a falta de politica esportiva, e sobre a corrupção.
    talvez assim, a população pereceba o erro que nos estamos cometendo em querem receber esses eventos.

MaisRecentes

Futilidade



Continue Lendo

Incoerente



Continue Lendo

Sozinho



Continue Lendo