CARTA DE UM VASCAÍNO



O mesmo que contribui, valiosamente, com textos para este blog.

O e-mail chegou na segunda-feira, mas o preguiçoso dono do espaço demorou até agora para publicá-lo.

A mensagem é para o presidente Roberto Dinamite.

“Meu querido Presidente,

Quero deixar claro que escrevo esta carta ANTES do dia 7/12.

Assim sendo, não interprete o que está escrito aqui como um desabafo de alívio pela salvação, ou de desespero pelo rebaixamento.

Em segundo lugar, peço-lhe perdão pela intimidade exagerada no título. Mas, a partir do momento em que você é o grande ídolo da minha infância, sinto-me à vontade para tratá-lo desta forma.

Eu lhe escrevo por um motivo simples. Quero o sucesso do Vasco. E, mais do que isso, quero o sucesso de um Vasco limpo, que represente as suas melhores tradições. Um Vasco de luta. Um Vasco de vitórias. Acima de tudo, um Vasco honesto.

Por isso, peço, tal qual numa cartinha para Papai Noel, as seguintes providências para 2009. Elas estão ordenadas conforme vêm à minha cabeça:

– Um time melhor. Há jogadores hoje no clube que não tem a menor condição técnica de vestir a camisa do Vasco, quanto mais de jogar por ele.

– Invista na base. O Vasco sempre foi clube formador. Agora, fica comprando e/ou pegando emprestado um monte de jogador ruim, porque o empresário é amigo de alguém.

– Não faça acordos espúrios com empresários. Não aceite jogadores que vêm de contrapeso em negociações.

– O camarada pode ser técnico. O camarada pode ser empresário. Não pode ser os dois ao mesmo tempo.

– O cargo de técnico do Vasco não é para neófitos. Há que se ter conduta ilibada e notório saber.

– O regime do Vasco é presidencialista. Isto não significa que seja uma ditadura, mas sim que um presidente deve mandar, ditar ordens, normas, diretrizes, e os outros devem acatá-las. Democracia é diferente de anarquia. Democracia é um regime no qual cada poder tem a sua atribuição e um fiscaliza o outro, de forma aberta e transparente. Hoje, infelizmente, há no Vasco graves sinais de anarquia, na qual cada um faz o que bem entende e o presidente, exposto, fica sempre de saia justa para aparar arestas por declarações desastradas.

– Reveja, com absoluta urgência, o papel da assessoria de imprensa do Vasco. Pelo Vasco, deve falar o presidente (ao vivo ou pela assessoria). Técnico e jogadores devem falar de questões de campo, motivação da torcida, adversários. Médicos e fisioterapeutas devem falar sobre as condições físicas de eventuais contundidos. Vice-presidentes e diretores devem falar somente sobre suas esferas de atuação, quando necessário. Por exemplo, o vice-presidente de marketing deve falar sobre programa de sócio-torcedor. Neste caso, ele deve estar ao seu lado em uma coletiva, ou deve ter sua fala coordenada pela Assessoria de Imprensa, que mantenha o foco durante entrevistas.

– Invista nos chamados esportes amadores, de forma profissional. Quantas alegrias não estão aí guardadas no basquete, futsal, remo, volei, esgrima, judô…?

– Use recursos da lei de incentivo ao esporte. Procure empresas sérias, com projetos sérios de desenvolvimento social e esportivo (sim, o desenvolvimento social É mais importante que o esportivo). Com o desenvolvimento social virá o desenvolvimento esportivo, que nos dará atletas mais qualificados não somente para o campo, mas principalmente para a vida. Com isso, poderemos recolocar o Vasco na vanguarda de cidadania.

– Não basta ser sério. Há que parecer ser sério. Episódios como a remuneração para a área jurídica devem ser evitados a todo custo. Evitar não significa que o clube não deva pagar por serviços prestados nas diversas esferas. Significa que o clube deve fazer estes pagamentos com absoluta transparência. Não posso, na qualidade de torcedor e sócio, ser informado destes pagamentos através da imprensa, com vazamento de informações.

– O uniforme do Vasco é camisa preta com faixa transversal branca ou camisa branca com faixa transversal preta. O resto é camisa de festa, para jogos comemorativos, para uso da torcida.

– O Vasco não é e nem pode ser uma ação de amigos. Reveja algumas nomeações feitas. Com base em que mérito e/ou história de trabalho foram contratados os profissionais que trabalham para o Vasco hoje? Um ex-jogador não é necessariamente a melhor alternativa para ocupar cargos junto aos jovens. Já imaginou o Romário dando exemplo de comportamento e vida regrada que se exige de um atleta?

Post Scriptum, 8/12/2008:

Caímos.
Tragédia mais que anunciada.
Apesar de toda a torcida pelo milagre, caímos.
Mas que milagre?
Como fazer o milagre?

O que mais me entristece nessa história toda não é a queda em si (ela já é muito dolorida), mas saber que a incompetência chegou a limites extremos no Vasco, cujo time se divide em 3 grupos (que não são panelinhas, embora elas devam existir): jogadores sem condições técnicas, jogadores sem condições físicas e jogadores sem interesse nenhum pelo que acontece com o clube ou sua torcida.

Finalmente, teve na nova diretoria (para a qual eu ainda torço ferrenhamente, até porque qualquer coisa é melhor do que a opção anterior) um arcabouço infinito de burradas, bravatas e bobagens, que lembram os piores momentos de Eurico, Dualib, Palaia (o tal da auto-entrevista do Palmeiras), Márcio Braga (o rei das bravatas) juntos.

Bom, não há muito mais o que dizer.

Só digo que a Imensa Torcida bem feliz chora, bem triste que está.

Que a imensa torcida bem feliz deu ontem mais uma prova de amor, que eu vi com meus próprios olhos, desfilando cabisbaixa pela Rodoviária do Rio de Janeiro após o jogo, todos de cabeça quente, coração vazio, voltando, como eu, para as suas cidades, após o sacrifício de viajar por amor, sem a certeza de que o amor fosse correspondido.

Do meu cantinho aqui eu digo que o sentimento não pára.

Que quando vejo minha filha, brincando de bola e gritando “Gol do Vaico do papai”, tenho certeza de que “enquanto houver um coração infantil, o Vasco será imortal”, como está gravado no Departamento Infanto Juvenil do Vasco.

E digo que

Eu levo a Cruz de Malta no meu peito desde que eu nasci
E eu não paro
Não paro não
A Cruz de Malta meu coração
Vasco da Gama
Minha Paixão
Vasco da Gama
Religião.”



  • Leonardo atleticano

    Hj vc está sofrendo, como sofreu o ano inteiro, esse sofrimento não é pela queda, a queda foi o desfecho para muitas humilhações, passar o ano sendo goleado, vendo seu time e orgulho serem jogados na lama é bem pior. Firme na queda meu caro, será para o bem, limpará muitos podres e mostrará muitas verdades. Ano que vem, o verdadeiros vascaínos vão aparecer e vcs irão subir por suas forças, sem ajuda de ninguém, sem questionamentos, sem roubos ou trapaças. Neste mundo do futebol onde as forças são tão desproporcionais, onde um clube tem o dobro, o triplo ou dez vezes a condição financeira do outro, a vitória se restringe a poucos, mas a honra pode ser de todos, essa não tem preço, não se compra nem por um bilhão, então tenha honra de ser vascaino, eu tenho muita honra de ser atleticano, de meu pai ser e meu filho também, nós não temos títulos, mas nós temos paixão. Isso nos conforta , embora ano após ano, iremos a campo a procura da vitória e dos títulos, se eles vão vir? Ai já são outros quinhentos.

  • Anna

    Adorei a carta.Estou sem palavras desde domingo. Bastante triste mas tocando a vida. Muito obrigada,Anna

  • BASILIO77

    Solidarizo nessa hora.

    Futebol é feito de grandes vitorias e de grandes derrotas. Só assim é apaixonante. Fique certo que, como foi em 2007 com meu time, em 2008 o Vasco foi “escolhido” pra cair.
    Eurico Miranda semeou inimizades na poderosa mídia e isso faz diferença.

    A combinação:
    time ruim + falta de sorte + arbitragem implacável = rebaixamento.

    Outra semelhança com o SCCP de 2007 foi a de que a propria diretoria “aceitava” o rebaixamento com certa resignação.
    Veja que o rebaixamento é decidido em detalhes. O Santos com time bem superior teoricamente, se salvou graças a alguns “empurrõezinhos” e ao Internacional, sempre disposto a “ajudar”.

    As grandes agremiações não são camisas, sedes sociais e tampouco esportes amadores…são milhões de corações apaixonados pelo futebol desse time e mereceriam mais cuidados de todos. Da diretoria à mídia esportiva que em grande parte nessas horas comportam-se como hienas.

    Que o Vasco faça desse limão uma limonada. E que em 2010 retorne mais forte, dentro e fora de campo.
    Abraço.

  • klaus

    Digamos que o time cruzmaltino sofreu um acidente “Vascular”…

  • Bernardo

    Sensacional! Sem palavras, apenas ratifico todos os termos do e-mail do nobre colega, parte manifesta dessa Grande Torcida bem feliz, que como dito, hoje apenas chora.
    É bem verdade, que como todo apaixonado, as lágrimas vão mudando e secando, atravessando a fronteira entre a dor e a motivação.
    Essa motivação e o amor ao Eterno Vasco é o que nos impulsionará ao lugar de onde jamais deveríamos ter saído, a elite do futebol.
    Eternamente Vasco e com muito ORGULHO! Casaca!

  • Rogerio J

    André, tenho certeza que a culpa maior do rebaixamento é da gestão anterior do E.M. Ao mesmo tempo, não tenho certeza da capacidade do Roberto Dinamite como gestor do clube.
    Por enquanto, vejo alguém honesto e identificado com o clube no cargo. Só isso. É cedo para julgar Dinamite. Por isso, quero esperar para ver como o ídolo caminhará na nova função. Torço por ele. Abraço!

  • Mauro Vasco Galvão Geovani Juninho Edmundo da Silva

    Gostei muito da carta. Representa o que os 12 milhões de vascaínos pensam neste momento.É difícil se conformar, mas daremos a volta por cima, pois somos o time da virada, o time do amor. Somos Bicampeões da América, o capitão do 1º título mundial do Brasil era do Vasco (Mestre Bellini), os 3 maiores artilheiros da história dos Campeonatos Brasileiros da Série A foram revelados no Vasco (Roberto Dinamite, Romário e Edmundo), somos Tetracampeões Brasileiros, temos camisa, temos história e braços para fazer um novo Vasco: democrático, mas forte; leal, mas impiedoso nos campos. VASCO, TUA GLÓRIA É TUA HISTÓRIA !!!!!!

  • Roverson Parise

    Oi André. Emocionante o depoimento. Mais esclarecedor e sensato impossível. Será que o Roberto fará pelo menos um pouco disso tudo ????
    Um abraço hexa campeão.

  • kratos

    NÃO DESANIMEM CAROS VASCAÍNOS!
    TENHAM ORGULHO!
    DIAS MELHORES VIRÃO!
    SOU CRUZEIRENSE APAIXONADO POR FUTEBOL, SOU APAIONADO PELAS HISTÓRIAS E TRADIÇÕES DOS CLUBES BRASILEIROS, ATÉ MESMO DO NOSSO ARQUI-RIVAL ATLÉTICO MINEIRO…
    E LENDO ESTA CARTA ME SENTI MUITO TRISTE E COM VONTADE DE DIZER AOS VASCAÍNOS:
    VOCÊS VOLTARÃO E DARÃO MUITO TRABALHO PARA AS OUTRAS EQUIPES COM CERTEZA!!!!!
    FELICIDADES…

  • rodrigo

    só queria saber por que só agora alguns jornalistas abriram os olhos pra gestão dinamite… vc mesmo me disse que “a simpatia seria transformada em fiscalização”… aó vão vir com aquela máxima que era necessário tempo para avaliar… com um mês já dava pra ver e no fim o vascão caiu… claro que a responsabilidade é de quem tava lá, mas, talvez, se a imprensa não tivesse tratado com tanto carinho o dinamite o vascão não tivesse caído.

    nesses 6 meses de dinamite o que se viu nos bastidores do vasco foram tremendo absurdos… vários incompetentes sugando o que sobrou do vascão… acho muito difícil o vascão voltar da segunda se o dinamite não começar a administrar de forma séria o clube.

    por fim, não sou defensor do eurico… ele proporcionou muita m* que aconteceu ao vasco nesse últimos anos (fuga de patrocinadores, jogadores, distância da mídia etc). tenho que fazer essa ressalva porque sempre que se critica o dinamite alguns interpretam que o crítico é defensor do eurico.

    forte abraço e mais uma vez parabéns pelo trabalho.

  • Marcelo David Macedo

    E quatro dias depois de ter ido a São Januário, de ter visto todo aquele drama, de ter visto pais de família chorando, agarrados aos seus filhos e mulheres, de ter visto um menino tentar se matar, no auge do desespero – e do destempero -, mais uma vez me emociono. Como me emocionei no domingo, quando a mulher da minha vida, corintiana roxa, me deu uma das maiores provas de Amor que me lembro de ter recebido: ter ido ao jogo comigo. Ter torcido, por mim, pra que eu não sofresse.

    Vascaínos, tenhamos certeza: vai acabar. Voltaremos mais fortes, limpos e orgulhosos de torcer pra um Clube que sempre foi pioneiro, à frente de seu tempo. Todo esse processo faz parte do fim do euriquismo, e o Vasco está se limpando. Porque “na alegria e na dor, o sentimento não pára!”

    André, bom dia e obrigado pelo espaço. Um abraço!

  • Anna

    André,a faixa do Vasco é diagonal e não transversal. Se puder mudar, eu e toda a torcida vascaína agradeceríamos bastante. Abraço,Anna

  • Gino

    Saudacoes Sao Paulinas,

    Como o torcedor corinthiano acima, tambem me solidarizo nessa hora. Assim como o BR-08 nao foi o mesmo sem o Corinthians, o BR-09 nao será mesmo sem o Vasco.

    É triste. Esta carta poderia se endereçada a Presidentes e Dirigentes da grande maioria dos clubes brasileiros.

  • Erich Corinthiano maloqueiro sofredor

    Caro amigo vascaino, lendo suas palavras me lembro como se fosse hoje da queda do timão, e lhe digo, seja forte pois a grandeza do Vasco é maior do que qualquer queda de divisão. Vocês estarão mais fortes em 2010 pode apostar!
    Comovido como me comovi quando o Timão desceu em 2007 lhe digo…
    “FORÇA MEU AMIGO”

  • Leonardo atleticano

    Basílio, time que conta com uma zaga de Odivan e Jorge luiz , vai ser rebaixado mesmo, pensar qualquer coisa além da própia mediocridade do time, é fazer exatamente o que esses dirigentes fazem, é tapar o sol com a peneira. O vasco caiu porque era ridículo, meu Atlético caiu porque era ridículo, seu Corinthians da mesma forma.

  • Rômulo Queiroz

    Assino embaixo tudo o que foi escrito aí por mais esse vascaíno triste, com com esperança num futuro melhor!!
    A tragédia já era anunciada mas nós lutamos e acreditamos até o fim, esperando um sopro de talento/organização/empenho dos poucos jogadores e muitos ‘jogadores’ que estavam com a camisa do Meu Time.
    A nova diretoria não tem mais desculpas nem pretextos. Agora é tudo por conta dela, todas as conquistas e derrotas!
    Reintero que democracia não é anarquismo. O Presidente está em um nível superior, é ele quem tem que ditar as regras, e isto é bem longe de ser o que nós vimos durante esses ultimos meses.
    A esperança é grande de que 2009 vai ser muito melhor, com o reerguimento do Gigante da Colina.
    Eu vou fazer de tudo pra ajudar, porque meu amor nao tem divisão e o sentimento não pode parar… e NUNCA vai parar!!
    Saudações Vascaínas!

  • CRUZMALTINO

    Acredito na recuperação do nosso Vasco. Vamos ver se o Dinamite acerta nas contratações agora. De qualquer forma com o Dinamite existe esperança, com Eurico não havia.

  • Paulo Ogeda

    Só para um torcedor que vive a queda do seu clube de coração é permitido expressar a dor que é não mais vê-lo na elite, lugar onde ele sempre esteve.
    Meu time também já caiu (Palmeiras) e lembro-me do que pior que as gozações dos rivais era não vê-lo mais as Quartas e Domingos na televisão, algo inimaginável neste mundo digital.
    Mas se serve como consolo ao ilustre amigo vasacíno esse fase dura apenas um ano e depois o amor parece que é renovado, aumenta em prosporções estratosféricas…
    Força Vascão e boa sorte a Roberto Dinamite…

  • Edouard Dardenne

    Esse vascaíno aí é o seu “alter ego”. Confessa, vai. Até no estilo a redação de vocês é parecida. Um abraço.

    AK: Não é não, cara. Mesmo porque eu não sou vascaíno. Ele só não aparece com nome e sobrenome porque prefere assim. Um abraço.

  • Marcelo Morais

    Mais uma vez, estou aqui para parabenizar o autor por seu texto (cronica). De uma lucidez invejavel (principalmente no paragrafo sobre as leis de incentivo ao esporte), ainda que carregado de emocao e poesia. Se apenas uma pequena parcela dos torcedores conseguisse balancear sua paixao com tamanha lucidez e responsabilidade, o futebol brasileiro seria mais serio e profissional.
    Forca, caro torcedor. Acredite que a queda fara bem a seu clube de coracao. Inspire-se e anime-se no sorriso de sua filhota – ele eh maior e mais forte do que a desilusao e a dor causadas pela derrota.

  • Pedro Valadares

    A carta é muito bonita mesmo. Mas pô Basilio77, essa estória de “escolhido” pra cair é piada. O meu Timão ano passado tinha um time de dar dó, Vampeta voltou da aposentadoria pra ser o craque do time, Finazzi era o matador(?), Dentinho e Lulinha recém-saídos da fralda e jogados na fogueira. Ninguém escolheu o Corinthians pra cair. Caiu porque o time era ruim demais e a diretoria uma bagunça!

    O Vasco é mesma situação. O craque do time é o Madson! Um jogador esforçado. O time dependia do Edmundo como ator principal, quando ele só tinha condiçõe sfísicas pra ser no máximo um coadjunvante.

    Bem, cada um tem sua opinião…mas sinceramente, não acho que era necessário nenhum arranjo para que o Timão 2007 e Vasco 2008 caissem para a segundona.

    Arbaços,

    Pedro Valadares

  • Teobaldo

    É muito legal a forma como o futebol é tratado por nós brasileiros. Ele cega, frustra, apaixona. Sempre faz-nos transformá-lo numa tragédia pessoal. Embora seja uma marca que nunca sairá d’alma dos torcedores que a vivenciaram a Série B não é o pior dos mundos, afinal, ainda existem as Séries C e D. Acredite, amigo vascaíno, a vida continua…. Saudações Atleticanas.

  • Carlos Henrique

    Fórmula ideal para ser rebaixado:

    [Time Ruim+Incompetência+Planejamento mal feito+desordem+corrupção]³

    Foi o que levou o Palmeiras, Grêmio, Galo-MG, Corinthians e, agora, o Vasco pra Segundona.

    Falta de sorte, esquece…
    Arbitragem implacável, longe disso.
    Time ‘escolhido’ p/ cair, tampouco!

    Também não venham com esse papo de ‘entregar jogo’ que também não cola.

    Um abração p/ você André e parabéns pelo novo visual do blog!!!
    \o/

  • BASILIO77

    Invariavelmente existirão 6 ou 7 times medíocres o suficiente para serem rebaixados.
    Vários fatores desempatarão a parada.
    “Bastidores” é apenas um deles.
    Que as bruxas existem, existem.
    Abraço a todos.

  • hugo kfouri de paula

    tenho como certeza ter patrocinio de material desconhecido de time de segundona
    ja é resposta do que é vasco 2009

  • Cara, palavras de um gremista emocionado: sensacional a sua carta! Alguem disse que poderia ser enviada a quase todos os clubes do Brasil e é verdade! Dirigentes precisam entender que estão lidando com a maior paixão de um povo que, muitas vezes, não tem nenhuma vitória no campo pessoal, projetando, dessa forma, no time do coração o sucesso que não possui na vida (caso dos colorados). Então, que esses mesmos dirigentes em 2009 honrem os altos salários recebidos, a custa do suado dinheiro dos torcedores e permitam que os grandes times continuem sendo grandes!

  • CRUZMALTINO

    Andre, muito legal vc publicar essa carta, valeu.
    Outra coisa: estava vendo alguns títulos do Vasco de basquete em minhas gravações e vc fez várias vezes a cobertura pela ESPN Brasil. Estava vendo uma gravação que o charles Byrd, acho que foi ele, te atinge com uma bolada na nuca, acho eu heheheehe (isso no aquecimento no Ginásio do Tijuca). Mas jornalista é isso aí mesmo, tem que estar na quadra e corre esses riscos. Vc fez cobertura daquele grande time do Vasco.
    Vc viu o Maracanãzinho com grandes públicos e a força dessa torcida. Tudo foi deixado de lado, mas agora espero que até o basquete vascaíno volte forte.
    Bons tempo para o Vasco. O ruim, naqueles idos de 97 a 2001 era a truculência do Eurico. Mas isso tb já acabou. Viva a democracia.

    AK: Na cena que você lembrou, não foi só uma bolada, foram duas. Mico gigante. Mas acontece. Um abraço.

MaisRecentes

Frustrante



Continue Lendo

Perfumaria



Continue Lendo

Assim foi



Continue Lendo