NOTINHAS PÓS-RODADA



Parabéns ao São Paulo pelo tri(hexa)campeonato. E força aos vascaínos, que vivem o drama anunciado que palmeirenses e corintianos conhecem bem. As últimas notas de 2008:

* O empate (1 x 1: Adeilson e Washington – 49.178 pagantes no Maracanã) com o Ipatinga classificou o Fluminense para a Copa Sul-Americana, prêmio para o trabalho de René Simões.

* Com 21 gols, Washington é um dos três artilheiros (junto com Kléber Pereira e Keirrison) do BR-08.

* A vitória (2 x 0: Tcheco e Soares – 44.427 pagantes no Olímpico) sobre o Atlético Mineiro fechou a ótima campanha do Grêmio no campeonato.

* O vice-campeonato, com chances até a última rodada, é muito mais do que se imaginava para o time, no dia em que a competição começou.

* O gol de Borges (São Paulo 1 x 0 Goiás – público ND no Bezerrão), impedido, deu início à festa de um título que poucos são-paulinos acreditavam que veriam, se alguém perguntasse na metade do campeonato.

* Por isso o tri deve ser ainda mais saboroso do que os anteriores, especialmente para quem (como Muricy Ramalho) não jogou a toalha.

* Pouco a dizer sobre o empate (0 x 0 – 14.121 pagantes na Vila Belmiro) entre Santos e Náutico. * Fora, claro, que o Náutico permanece na Série A, pelo saldo de gols.

* Atlético Paranaense e Flamengo (5 x 3: Toró-contra, Rafael Moura, Marcelinho Paraíba-3, Júlio César, Zé Antonio e Alan Bahia – 22.019 pagantes na Arena) fizeram, de longe, o melhor jogo da rodada.

* A brincadeira que corria no Palestra Itália era que Caio Júnior finalmente conseguiu classificar o Palmeiras para a Libertadores. * Sport e Coritiba (4 x 3: Wilson-3, Marlos, Keirrison, Rodrigo Mancha e Durval – 12.970 pagantes na Bombonilha) também foi jogão.

* Serviu para o Sport fechar um ano feliz, e Keirrison se tornar artilheiro.

* A vigésima derrota (2 x 0 para o Vitória: Leandro Domingues e Adriano – público ND em São Januário) do Vasco – só o Ipatinga perdeu mais – selou o rebaixamento de mais um clube grande, vítima de administração predatória.

* Apesar do drama histórico, a Série B tem sido, em muitos casos, oportunidade de um resgate valioso. Que o Vasco siga esse caminho.

* Diferentemente do Vasco, o Figueirense (3 x 1 no Internacional B: Tales Cunha, Marquinhos, Rafael Coelho e Cleiton Xavier – 17.541 presentes no Orlando Scarpelli) fez sua parte, mas retornará à Série B em 2009.

* O acesso do Avaí, rival local, só aumenta a tristeza do alvinegro catarinense.

* O Cruzeiro (4 x 1 na Portuguesa: Athirson, Thiago Ribeiro, Vanderlei e Fernandinho-2 – 39.369 pagantes no Mineirão) terminou o campeonato no lugar em que criou raízes: o G-4.

* E será cabeça-de-chave da Libertadores 2009.

* Como em 2007, o Palmeiras precisava vencer em casa para se garantir na Libertadores. E como em 2007 (1 x 0 para o Botafogo: Wellington Paulista – 21.639 pagantes no Palestra Itália), perdeu.

* A pré-Libertadores é a diferença (e o consolo) de um jogo que retratou a campanha do time no campeonato.



  • Santiago Carrau

    André, Quando você e o Meligeni vem a Floripa lançar o livro? Aproveite suas férias de verão e vem aqui, lançar o livro e pegar uma praia. Abraço!

  • JOSE RONALDO

    André, até os grandes jornalistas às vezes falham. A cidade é Curitiba e o time é CORITIBA!!!!

  • Pedro

    André, Acho que dessa vez o Muricy cai…Não dá mais. Brincadeiras à parte, você concorda que o primeiro critério de desempate seja o número de vitórias? Abraços

  • Márcio

    Obs: Sport e Coritiba, Curitiba é o nome da cidade. Abraço

  • Paula

    Parabens ao Sao Paulo que conseguiu uma verdadeira virada! No mais, só a constatação do obvio, a ultima rodada não ficou livre dos erros de arbitragem, impedimentos mal marcados, impedimento não marcados, faltas-escanteios e laterais invertidas, enfim, tudo terminou como começou!

  • fabio velame

    parabéns ao São Paulo campeão mais uma vez. Na nota sobre o jogo do tricolor só faltou falar q o gol foi em impedimento…

  • PRVL

    Deixo uma pergunta de acordo com o Blog abaixo :- “ este senhor é jornalista ou torcedor do Grêmio?… será que ele é “professor em jornalimo”?… será um formador de opinião? Se for jornalista, lamentável!!!!!!! Isto Se for torcedor até pode ser aceito! Sugiro que tamém leem os comentários dos gauchos. BLOG DO PAULO SANT’ANA – *Texto publicado hoje em Zero Hora – Jornal do RS. Segunda-feira, 08 de dezembro de 2008 Vergonhoso desfecho Terminou ontem um campeonato nacional malcheiroso. Na última rodada, segundo manifestação da própria CBF, havia uma manipulação armada para garantir resultado no jogo entre Goiás e São Paulo. Em síntese, o São Paulo tomou todas as providências para ser campeão. O alvo era o árbitro Wagner Tardelli e foi atingido no âmago. Não foi a CBF que constatou a manipulação. Foi a Federação Paulista. Embora não tenha sido esclarecida a manipulação, do episódio brotaram as evidências de que a urdidura partiu do São Paulo. Como tanto adverti no rádio e na televisão e uma vez nesta coluna, a troca de mando de campo do jogo do Goiás contra o São Paulo foi imoral. Obrigou-se o Goiás a jogar em Brasília, onde ontem 95% da torcida era favorável ao São Paulo. Uma vergonha! Nunca vi uma troca de mando de campo prejudicar um terceiro, no caso o Grêmio, e favorecer vergonhosamente um segundo, no caso o São Paulo. Sem punir o faltoso, o Goiás. Uma vergonha. Caiu do céu para o São Paulo o jogo marcado para Brasília: nas duas últimas rodadas, o time paulistano jogou em “sua” casa, no Morumbi e, ontem, no estádio do Gama. A troca foi feita para garantir ao São Paulo dois locais propícios para sua festa. Onde estão a igualdade e o equilíbrio do campeonato? Outro absurdo: ao constatar, por notícia do Ministério Público e da Federação Paulista, que tinha havido manipulação de resultado na rodada final, junto ao árbitro, a CBF trocou o juiz e não trocou os bandeirinhas escalados. Se a arbitragem tinha sido manipulada, os bandeirinhas pertencem à arbitragem. Então, como é que a CBF não trocou os bandeirinhas? Uma vergonha. Essa manipulação do resultado do jogo de Brasília leva o universo dos torcedores de futebol a uma desilusão. Não foi a CBF que flagrou a manipulação, a manobra criminosa de manipulação do resultado foi levada a efeito com a CBF completamente desinformada da contaminação de seu árbitro. E aí surge a pergunta: quantos outros resultados foram manipulados? Quantos? Até quando vai prosseguir a barganha de jogos manipulados junto às arbitragens? Corre uma baba cloacal sobre as arbitragens brasileiras. A aparência é sempre de moralidade. Mas, por baixo da superfície, corre um mar de lama, clubes do Rio e de São Paulo fazem o que bem querem dos resultados, em desfavor dos otários clubes provincianos. Isso precisa acabar. Embora, como se vê, isso nunca vá acabar. Campeonato roubado pelo São Paulo. Tanto pelo gol anulado do Botafogo, no jogo contra o São Paulo, quanto ontem pelo vergonhoso gol de impedimento do São Paulo sobre o Goiás, que decretou o título de bandeja para o poderio financeiro do São Paulo, que manipula a seu bel-prazer as arbitragens. Assim é desanimador torcer por futebol. Constatar-se que os resultados são mudados ao sabor de negociatas, a maioria delas de tal subterraneidade que nem de longe são percebidas pelas torcidas e pela imprensa, constitui-se numa tragédia incomparável para o esporte. O São Paulo tinha de ser o campeão. Precaveu-se contra qualquer azar ou demérito fora do campo. Tristemente decreta-se num lodaçal que o campeão é o que tem mais dinheiro e pode comprar quem ele bem quiser. *Texto publicado hoje em Zero Hora.

  • Paula

    Engraçado, alguns falam que o jogo ser em BRasilia foreceu o sao paulo por causa da torcida. Mas ninguem fala que o Goias liberou a parte dele na renda.

  • Paula

    E mais, todas as trocas de mando do Flamengo favoreceram o mesmo com relação a torcida.

  • Willian Ifanger

    Paula: se o jogo fosse no Serra Dourada estaria cheio de São Paulino, como estava no ano passado. Isso é desculpinha. PRVL: você perde tempo lendo isso? Imoral são times abrirem uma vantagem grande num campeonato equilibrado (o que é difícil|), não conseguirem se manter e ficar usando desculpinhas para justificar os erros (pra torcida). Nos últimos dois anos, quando o São Paulo abriu vantagem sobre os adversários, não perdeu mais. Esse ano também…….quando abriu 5 pontos, não perdeu mais. Paciencia…..que os outros aprendam…..ou pelo menos entendam melhor como funciona. Só sei que hoje é uma das melhores segundas-feiras de minha vida (e isso que eu odeio segundas-feiras).

  • Jorge Altieri

    Vamos falar corretamente. O SPFC já foi Campeão Brasileiro O SPFC já foi Bi-Campeão Brasileiro O SPFC é Tri-Campeão Brasileiro Ganhou 6 vezes o campeonato brasileiro Mas não é ( poderá ser ) Hexa-Campeão Brasileiro

  • Rubens Borges

    PRVL – – o sant´anna é um cronista, realmente não sei se é formado em jornalismo, mas é um torcedor gremista notório. em 2005, quando aconteceu tudo aquilo entre corinthians e inter, ele riu na rádio gaúcha da situação do colorado…

  • Klaus

    Agora sim! Flamengo, Penta Único!

MaisRecentes

Classificado



Continue Lendo

Jogo real



Continue Lendo

Errático 



Continue Lendo