A SUL-AMERICANA TEM JEITO?



Vanderlei Luxemburgo fez críticas à Copa Sul-Americana, hoje de manhã. Ele não é o primeiro. O técnico do Palmeiras concorda com a opinião geral de que o torneio está mal colocado no nosso calendário. Atrapalha os times que lutam por Libertadores e/ou título no Campeonato Brasileiro, e vira plano B para quem ficou para trás (vide Botafogo, que já era, e Internacional, que joga logo mais). Parece claro que, no primeiro semestre, simultânea à Copa Libertadores (com jogos em dias diferentes, é lógico), seria muito melhor. Isso nós já sabemos. Outro problema da Copa Sul-Americana é ser pretensiosa. Os clubes não podem inscrever mais do que 25 jogadores, instrumento dos organizadores para garantir que as escalações sejam, no mínimo, “balanceadas”. É por isso que há jogos em que os times levam apenas três ou quatro jogadores para o banco, como foi o caso do Palmeiras na Argentina. Luxemburgo acha que com mais liberdade de inscrição, os técnicos poderão formar um time para disputar a Sul-Americana, que seria sempre reforçado por jogadores do “time A” que estejam suspensos em outra competição (ex: Kléber), ou precisando de ritmo de jogo (ex2: Martinez). Ainda segundo o técnico, dar ao campeão uma vaga na Libertadores do ano seguinte não seria má idéia. Não mesmo. Mas o grande problema, para o Brasil, é o período em que a Copa Sul-Americana acontece. Na Argentina, não se pensa assim. Os clubes preferem Libertadores e Sul-Americana em momentos distintos, para poderem disputar os dois torneios a cada ano. E sem o ok dos argentinos, nada mudará.



  • Léo

    É, a Sul Americana é um desejo dos argentinos, não sei porquê. Deve ser pro Boca ganhar mais títulos que todos. Não precisa disso. Essa copa tinha que dar sei lá, uma vaga na libertadores, ou até no mundial, fazendo uma nova formatação do campeonato interclubes. Se meu time, o Corinthians tá classificado na Sul Americana, vai jogar com um time Argentino numa quarta feira fora de casa e no domingo tem um jogo decisivo no campeonato nacional, é LÓGICO que pra mim teria de ignorar essa copinha aí . Abraços

  • Anna

    André,pra mim a sulamericana tinha que valer vaga na Libertadores pq e patetico. No ano anterior e consolo,depois vira descaso. Ha coisas que so acontecem ao Botafogo e essa foi mais uma delas. O chato foi ouvir torcedores aprovarem a atitude lamentavel de Andre Luis que precisa de um tratamento serio. Abraco,Anna

  • Bruno

    Não vejo qual o problema da Sul-Americana ser disputada no segundo semestre e a Libertadores no primeiro. Os argentinos não jogam o campeonato nacional deles no mesmo período do nosso? Qual seria o problema? AK: Não, os calendários são diferentes. Um abraço.

  • Angelo

    Minha sugestão era aumentar a Libertadores passando a ser disputado pelo continente americano , além de times mexicanos , entrariam times americanos e se possível das ilhas caribenhas , com a entrada dos EUA , abriria um mercardo para os times brasileiros lucrarem , esse é o Flamengo time do Ronaldo Fenomeno , esse é o santos , time que revelou o pelé que jogou no Cosmus . Ai os times que nao tivessem na libertadores , jogavam a sulamericana , no mesmo modelo da copa Uefa . Ai fazia a recopa sulamericana entre campeao da libertadores e sulamericana , além dois campeoes irem pro mundial de clubes , ai tambem iriam os campeoes da uefa e champions leagues e os outros times que vão para completar tabela . Mas isso precisa de um acerto , primeiro entre conembol e concaf , depois envolveria uefa e fifa .

  • André Utescher

    André, queria deixar aqui meu depoimento dessa partida. Sou palmeirense e moro em Buenos Aires. Obviamente queria ir ver meu time jogando, coisa que não acontecia há muito tempo. Pra começar sofri com a pilantragem do clube argentino pois paguei 50 PESOS para ver esse jogo e os locais pagavam apenas 30. Foi tão absurdo que consegui pechinchar o ingresso na BILHETERIA!!! Absurdo. A torcida palmeirense presente era irrisória e muda. Eu estou sem voz por incentivar quase sozinho o meu time. Ao meu lado, um inglês me ajudava aprendendo português naquele momento. Alí tinha gente que veio a Buenos Aires só para ver esse jogo. Minha pergunta é: Se nós torcedores, que não recebemos salário e pelo contrário pagamos, fazemos de tudo para acompanhar nosso time, pq ele que recebe muita grana e tem o dever de acompanhar a equipe faz uma coisa dessas? Uma decepção muito grande. Depois de tudo que passei pra chegar a esse jogo, foi triste ver que o descaso de alguns foi o melhor jogador do Argentinos Juniors. Que essa mensagem chegue a quem deve chegar. Muito Obrigado e Parabéns pelo Blog, André! Um abraço!

  • Rita

    O que mais me surpreendeu nessa sul-americana, foi chegar em casa depois da aula, ligar a tv e ver Luxemburgo comentando o jogo do time dele em plena Rede Globo de Televisão. Eu hein…

  • camisa 6

    Oi Andre, se nao estou enganado, o campeonato brasileiro, dos grandes campeonatos, eh o unico que tem o calendario diferente do calendario europeu (e argentino tbm). Nao estaria na hora de mudar isso, ate pra evitar que nossos times vendam muitos jogadores na pausa de verao da europa, que eh qndo eles contratam pra valer? Talvez se a CBF pensasse com mais carinho em um calendario mundial seria mais facil organizar as coisas (apesar que pra CBF sempre eh dificil organizar qualquer coisa). AK: Sem dúvida, a adequação ao calendário europeu resolveria muitos problemas. Não todos, mas muitos. Um abraço.

  • Willian Ifanger

    Bom, a Conmebol sempre quis ter uma “Copa da UEFA”, o que eu acho válido. Só que não pode mudar de nome a cada 5, 6 anos. E tem que ser disputado paralelamente com a Libertadores para criar a semana de jogos intercontinentais. Como na Europa. E ajudaria, aqui no Brasil, a ter uma Copa do Brasil com todos os grandes times. Agora, do jeito que está, deveria, pelo menos, dar uma premiação tentadora aos clubes. Mas jamais dar vaga para a Libertadores (o campeão da Copa da UEFA não vai para a Champions League)……aí sim banalizaria (um pouco mais) o torneio mais importante das Américas.

  • Fábio Matos

    A Conmebol ainda não conseguiu acertar a mão com esse segundo torneio do continente. A Sul-Americana é um saco, como foram um saco a Conmebol e a Mercosul. A melhorzinha era a antiga Supercopa dos Campeões, embora também nunca tenha empolgado tanto.

  • marília

    então deixem os argentinos disputarem com os outros países. tão simples.

  • Alan de Almeida

    Até quando a CBF deixará nosso calendário assim? Será que não chegou a hora de deixá-lo igual ao do resto do mundo? A Champions League e a Copa da UEFA convivem harmonicamente, e o mesmo podeira acontecer com a Libertadores e a Sulamericana. Tudo bem que não depende só do Brasil, mas se ninguém se manifestar, vai continuar assim.

  • Ricardo Figueiredo da Silva

    A correção da Sulamericana é simples e a comenbol nao faz pq não ker: 1) deve ser disputada paralelamente À Libertadores 2) não pode ter times que disputem à Libertadores. Assim ganharia os moldes da Copa da UEFA e seria valorizada assim como a UEFA é. Pensar deve doer em algumas pessoas ou entao mtos interesses ($$$$$) devem estar por trás dessa passividade e morosidade que imperam nas decisões da entidade que controla o futebol sulamericano.

  • Manoel Araujo

    André, eu concordo com a idéia de ter as duas competições disputadas simultâneamente, mas eu acho que os times que disputam a Libertadores não deveriam disputar a Sul-americana. O que você acha? AK: Claro. Um abraço.

  • Danilo

    Oi André, pelo o que eu sei, é a TV Argentina que impõe que se tenha em disputa um Torneio Internacional durante o ano todo. Não seria isso mesmo? Abraço.

  • Raphael Avila

    Talvez o pensamento dos argentinos esteja correto, se a gente for pensar que o é calendário brasileiro que sempre desconjuntado do restante do mundo. abs

  • AFONSO HOLANDA

    Meu rapaz eu sei q vc é filho do JK, mas por Deus, pára de tolices. O Luxemburgo tá pensando na própria conveniência, isso por si só, já invalida o discurso dele. Outra coisa, se a CS ainda ñ pegou no Brasil é por causa da imprensa q faz de tudo pra sacanear esta competição. Esse discurso imbecil de q uma competição só vale alguma coisa se ela te levar pra alguma outra é de doer. Hoje, nesse país de boçais, um título por si só ñ representa nada. Tenha santa paciência. Agora um quiz pros porcos: Pq o Luxemburgo ñ foi pra Argentina? a) ficou com medo de apanhar. b) preferiu descolar uns trocados na Globo. c) ele quer mais é q o palmeiras se f…

  • Alexandre Dias

    A Champions, a Copa da UEFA e as copas nacionais européias são disputadas simultaneamente, durante TODA a temporada (agosto-maio). Aí eu pergunto: por que o mesmo não pode ser feito com a Libertadores, a Sulamericana e a Copa do Brasil? Outra questão: não acham que a “fase nacional” da Sulemaricana é esdrúxula? Por que não um torneio com menos times e jogos? André, quando você diz que sem o ok dos argentinos nada mudará é porque, em sua opinião, a AFA é mais influente que a CBF?

  • Alexandre Dias

    E mais: disputando-se todos os torneios simultaneamente durante TODA a temporada, o times da Libertadores poderiam disputar também a Copa do Brasil, não é mesmo?

  • Guilherme

    A Sul-Americana deve ser nesse período sim. O problema dela no calendário brasileiro se deve ao fato de os Estaduais serem longos e por isso no segundo semestre os jogos do Brasileiro se acumulam. Arrumando isso e dando uma vaga na Libertadores a SA será um baita campeonato.

  • Bruno Pires Larizza

    O calendário sul americano passou da hora de ser igual ao do europeu. Libertadores, Sul americana e copas nacionais durante a semana, durante o ano todo e nacionais nos fins de semana.

  • TEOBALDO

    É um torneiozinho meia-boca que só serve para preencher a grade da TV. Quanto pior, melhor.

  • Thiago Luiz

    A Copa da UEFA não dá vaga à UCL (correto?), mas ainda assim atrai a atenção dos clubes que a disputam. Mas com a presença do Milan nesse ano, vemos que a atenção só é dada mesmo aos clubes menores. Então o segredo está em tirar a galera da Libertadores e deixar só os clubes menores? Na minha opinião, acho que não seria necessário vaga na Libertadores, vide o exemplo europeu. Pessoal do fim dos anos 90 até hoje ficaram meio paranóicos com relação à Libertadores, parece que tudo gira em função dela. Acredito que isso tenha sido até motivo de derrotas insanas em Libertadores aparentemente “fáceis” (vide Fluminense, que tira uma diferença incrível e não consegue fazer mais nada depois). Enfim, é uma opinião.

  • Paula

    Ue Andre, o Boca não jogou com reservas tb? Entao nao parece que os times argentinos dão muita bola. A unica coisa que faz a Sul-Americana sobreviver é o premio. AK: Os argentinos ganharam 4 das 6 edições. Imagine se desse bola. Um abraço.

  • Paula Antunes

    Libertadores com times Mexicanos e Americanos para mim não rola. Imagine o Inter jogando com o LA Galaxe (sei lah o nome). 10 horas de voo?? E ainda voltar para disputador outro campeonato no final de semana. Barbaridade!

  • Leonardo

    André, tem hora que vc dá banho no seu pai, mostrando como deve ser a imparcialidade de um jornalista… O que o Madureira fez em sua vida não o impede de ter opiniões sensatas. Infelizmente não vemos no blog do Juca uma só opinião favorável ao WL. PS: Sei como é difícil receber críticas aos nossos pais e, pior, sermos considerados melhor que eles…

  • Miguel Gremista

    Grande Comandante esse Luxemburgo, o time afundando no Rio da Prata e ele no ar condicionado da Globo fazendo Marketing. Eu odeio o CELSO ROTH, mas isso ele não faria c/ o GRÊMIO. Comandante afunda c/ o barco, mas, esperar ética do Luxemburgo é querer demais. E a desculpa: treinar o time para o jogo contro o GRÊMIO, mas, se ele podia estar na GLOBO a noite, podia muito bem acompanhar o time. E alguém tem dúvida qual é o time da da GLOBO, a babação de ovo do Kleber Machado é mais irritante do que a histeria do Galvão Bueno, e eu que achava que não podia ter nada pior….

  • Fabio N

    Alguém pode me explicar o porque da existência de uma fase nacional na Copa Sulamericana? E por que brasileiros e argentinos se enfrentam logo de cara? Não entendo essa Conmebol. Qual é a graça de criar e logo depois sepultar torneios? Um tempo atrás era aquela babaquice de não poder ter mais que um clube por país na semi-final da Libertadores.

  • Anderson

    Concordo plenamente com a colocação de que a Copa Sulamericana está “fora de lugar”, mas analisando os outros países Sulamericanos (acho que todos os demais são assim) eles seguem o modelo de calendário europeu. Assim, por exemplo na Argentina, é o início da temporada e não o fim como no Brasil. Para eles a lógica de disputar um torneio até como preparativo para o outro é muito racional (apesar de eles tabém acabarem por priorizar o Apertura como fez o Boca!). Será que nós é que não estamos destoando dos demais? Caso o calendário brasileiro fosse deslocado, o fim do brasileiro coincidiria com a Libertadores. Os clubes teriam que se adaptar para disputar os dois, ou iriam priorizar um ou outro? Outros pontos também seriam apaziguados como a famigerada “janela de meio de ano”, mas também teríamos perdas. De qualquer forma a idéia da sulamericana dar uma vaga pra Libertadores é boa

  • Anderson Santos

    André: Esta é a minha proposta de calendário para o futebol brasileiro/sulamericano. Gostaria que vc a comentasse, se puder. . AGO – ABR: Brasileiro AGO – DEZ: Copa do Brasil MAI – JUN.: Estaduais JULHO……: Férias FEV – JUN.: Libertadores/Sulamericana . Vantagens: – Brasileirão em sintonia com torneios europeus, com pequena pausa no Natal/Reveillon. – Estaduais como torneio-tampão pra quem não estiver na Libertadores (quem estiver pode disputar com time B). – Mata-matas da Libertadores de maio pra frente, quando o Brasileirão já teria terminado. – Copa do Brasil “mais próxima” da Libertadores. O campeão sai em dezembro, e o torneio continental começaria em fevereiro seguinte. Com isso, a Copa passa a fornecer a última vaga para a Libertadores (e não a primeira), aumentando seu atrativo. – Se os argentinos implicarem, a Sulamericana poderia ser disputada no 2o semestre mesmo, junto com a Copa do Brasil e o primeiro turno do Brasileiro.

  • Luiz Fernando Paes

    o grande problema do nosso calendário, além da Sul-Americana, é a ausência dos times da Libertadores na copa do Brasil. é um absurdo! o ideal era juntar Libertadores e Sul-Americana no mesmo semestre, e no outro ter a Copa do Brasil. ou fazer como na Europa, que ao longo de 8 meses, joga-se a Liga dos Campeões ou Copa da UEFA, o Campeonato Nacional, e a Copa Nacional .. fins de semana pontos corridos meios de semana mata-mata mas como fazer os argentinos mudarem de idéia?

  • Luiz Fernando Paes

    uma observação: qdo o Luxa diz que a SulAmericana atrapalha os times q lutam por Libertadores ou pelo título .. como explicar que lá na Europa, as fases finais (oitavas, quartas, semis ..) da UCL são na reta final dos campeonatos Nacionais … UCL na quarta e Campeonato no domingo, e os times jogam com seus jogadores titulares e não priorizam nada … e aí?

MaisRecentes

Paraíso



Continue Lendo

Daquele jeito



Continue Lendo

Dividido 



Continue Lendo