DUAS COISAS…



… meio atrasadas, sobre a noitada de Copa Sul-Americana ontem: A arbitragem de Palmeiras x Argentinos Juniors (0 x 1: Escudero – 7.286 pagantes no Palestra Itália) foi humorística. A bola (mais uma…) que bateu no travessão entrou, mas só dá para ter certeza no quarto replay. O problema não é esse. É que se o cara quer ser CDF na paradinha (que maravilha, a Copa Sul-Americana tem bola diferente e regras diferentes!), tem de ser em relação ao movimento do goleiro, também. Torrico deu um salto para a frente para esperar a bola, e Diego Souza bateu um pênalti com barreira. Fora isso, pela milionésima vez, um time brasileiro caiu na conversa de um time argentino pior. No Beira Rio, Alex mostrou de novo o que qualidade técnica, verticalidade e um chute certeiro podem fazer com um jogo de futebol. O meia do Internacional (2 x 0 no Boca Juniors: os dois dele – 36.640 pagantes) falou “me dá que eu resolvo”, e acabou com o jogo. Como é raro ver isso hoje em dia…



MaisRecentes

Pertencimento



Continue Lendo

Vitória com bônus



Continue Lendo

Anormal



Continue Lendo