COLUNA DOMINICAL



Faltam oito rodadas, e cinco times pensam no troféu. A situação pode ser diferente a cada fim-de-semana (nos próximos quinze dias, a cada meio-de-semana também), mas, hoje, Grêmio, Cruzeiro, Palmeiras, São Paulo e Flamengo podem sonhar com o título. Não há, no mundo, outro campeonato em que isso aconteça. O Brasileiro de 2008 não é uma maravilha técnica, tem defeitos de organização, alguns gramados inaceitáveis. Mas não dá para reclamar dele em termos competitivos. O Grêmio foi o grande perdedor da rodada, mesmo segurando a ponta. Deixou no Canindé (não que seja simples vencer a dona da casa, que só perdeu duas vezes em quinze jogos) a chance de abrir quatro pontos em relação aos principais perseguidores, e, mantendo essa vantagem, jogar pelo empate no Mineirão e no Palestra Itália. Sim, o atual líder ainda enfrentará o segundo e o terceiro colocados. E como visitante. E dizem que o campeonato de pontos corridos não tem finais… Os grandes vencedores foram Cruzeiro e Flamengo, que bateram seus rivais locais. Os mineiros seguem esbanjando regularidade no G-4 e colaram no líder, que ainda receberão em casa. Os cariocas, cortesia do empate no Palestra, recuperaram o contato com as primeiras posições. Ah, o Flamengo ainda jogará contra o Palmeiras (no Maracanã), e contra o Cruzeiro (em BH), em rodadas seguidas. Campeonato sem emoção… Mas o grande jogo foi Palmeiras x São Paulo, que teve tudo o que um clássico deve ter. Até um duelo entre Rogério e Marcos, e uma bola que bateu no travessão e raspou na última folha de grama pintada de branco. Uma bola 99% dentro e, portanto, 100% fora do gol. Só achei que Sálvio Espínola Fagundes Filho poderia ter mostrado o amarelo a Diego Souza e Borges. Ficaria melhor para ele e muito melhor para o jogo.



  • Pedro Sobrinho

    As “emocoes”, q vc fala acontecer n tem nada haver com pontos corridos. Ista se daria da mesma forma no outro formato. “E dizem…nao tem finais”, aai! Nao, nao tem amigo, caso vc ainda nao saiba. “Mas nao…em termos comp”. Da sim, eh soh ver quem ta lah embaixo. Isso sem falar do corinthias exilado. Se you. Bye AK: ??

  • Paulo Amorim

    Não sou entusiasta – mas também não detesto – dos pontos corridos por causa de campeonatos como o do ano passado. Mas esse método reserva emoções também, como esse ano. Se a Copa do Brasil fosse séria, todo mundo jogasse, fosse competitiva e durasse o ano todo (vai dizer que não teria calendário se fosse tudo bem planejado?), garanto que diminuiria muito a choradeira dos que detestam ver finais (sim, elaS estÃO aí) em data diferente da última do campeonato. E o futebol brasileiro ficaria melhor de se ver, aposto. O Choque-Rei ontem foi muito bom, mesmo. Como poucos. E continuo achando que o Palmeiras dá umas tremidas de vez em quando contra o SP… E apesar dos desafios a passar, ainda acredito que o título vai para os gaúchos. E você, AK? Abraço

  • Nelson

    André, Sou leitor assíduo de seu blog, mas creio que nunca postei aqui antes. Acho bastante interessantes as suas análises e opiniões do futebol, de filmes, e outros assuntos que te interessam. Mas, hoje, preciso vir aqui e discordar de você. Se o Sálvio Espínola não tivesse mostrado o vermelho para “um de cada lado”, o jogo facilmente cairia para a violência, e poderia nem terminar. Desde o fim da rodada passada as provocações só aumentaram a tensão do jogo. Flores enviadas pela torcida, declarações de palmeirenses assumindo a posição de “grande” favorito (sim, eles eram favoritos, mas na base do 51%X49%). Olha que, mesmo com as expulsões, tivemos alguns lances ríspidos no jogo, como um pisão do Dagoberto ainda no primeiro tempo, e as eternas cotoveladas do Kléber, que nunca são vistas pelo STJD. Um grande abraço. AK: Ele perdeu o controle do jogo mesmo tendo expulsado os dois. Um abraço.

  • Ricardo

    1- O Palmeiras falou e provocou demais antes do jogo. 2- o árbitro Sálvio tirou o melhor jogador do Palmeiras com minutos de jogo (assim como Valdívia saiu no ano passado-nas costas, após apanhar de Alex Silva, senão me engano). 3- Mesmo com uma tabela complicada, possíveis desfalques e arbitragem atrapalhando, o Palmeiras será campeão. Só não será antes devido a Jéci e Gladstone.

  • Kmillo

    Concordo com voce André! Achou que devia ter sido apenas o Amarelo no lance das expulsões do Diego e do Borges, pena para o Palmeiras que perdeu um de seus melhores jogadores de articulação e melhor para o SP que ficou sem um atacante. Se voce analisar, o Verdão teve que mudar o esquema tático muito mais do que o rival que não precisou mexer na sua criação. Sou palmeirense e digo com toda certeza, o Sp consegeguiu o primeiro Gol, por pura imprudência do Léo Lima, do contrario, estando 0x0 e com o Diego em campo, teriamos no minimo conseguido o empate sem grande esforço. Abs!!

  • Rafael Pacheco

    Difícil dizer que amarelos para Diego Souza e Borges ficariam “muito melhor para o jogo”, embora concorde que os vermelhos não foram proporcionais às atitudes. Não dá para ponderar o quanto as expulsões ajudaram o clássico, mas não podemos garantir que ele seria espetacular como foi! Abraço

  • Vagner Luis

    Interessante como são as opiniões diversas na vida e, aqui, no futebol. Sempre ouço pessoas dizendo que, quando os dois times tem 10 jogadores, o jogo melhora, inclusive defendem que se diminua para esta quantidade o número de jogadores por equipe. Vc não acha que 10 jogadores por equipe não tornaria o futebol mais bem jogado? AK: Pode ser, mas a questão não é essa. Não achei que os dois mereciam ser expulsos. Um abraço.

  • Leonardo

    André, defender o campeonato por pontos corridos por essa situação atípica ocorrida em 2008 não é correto. Essa fórmula de disputa nunca permitiu o empolgamento dos torcedores como aquelas em que se tem os pontos corridos até as quartas-de-final e o mata-mata a partir das semi. Ademais, pense nos times que estão da 8.a colocação em diante. Só há briga a partir daí para aqueles que estão na ZR, para os demais, o campeonato já acabou…

  • BASILIO77

    Realmente este campeonato é o mais emocionante da fase “ponots corridos”…esperamos 5 anos vendo disputas entre DOIS clubes para que no sexto ano se veja uma disputa mais abrangente. Seu argumento é válido em defesa do sistema atual, mas não é definitivo. A preferencia continua sendo por questão de “gosto pessoal” e não por uma questão fria, técnica ou de “justiça”…discussão que não acaba nunca por isso, existem bons argumentos dos dois lados e a coisa fica por conta do gosto pessoal de cada um. Reconheço qualidades e defeitos nos dois sistemas e minha preferência fica pelo mata-mata com alguns “ajustes” que beneficiem as melhores campanhas durante a fase classificatória. Abraço.

  • GilbertoRSRJ

    Eu entendo q agora alguns clubes estão se ajustando ao sistema de pontos corridos, por isso a cada ano fica mais disputado. Creio q ano q vêm vai ser melhor ainda, e assim daqui pra frente. O maior problema pra mim são os campos sem condições (até as datas já estão melhor ajustadas). Os campos de Recife são brincadeira! Pô, não pode ser tão inacessível a manutenção de um campo de futebol pra clubes com torcida presente, como é o caso dos grandes de lá. É pensar muito pequeno usar de campo ruim como expediente. Afasta público tanto do “ao vivo” como da TV. Eu sou um q me recuso a assistir jogos de lá, pois sei q vão ser péssimamente jogados devido ao gramado.

  • Idôneo Franco

    – Pontos corridos é a fórmula mais justa. Se não o fosse, os principais campeonatos nacionais do mundo não utilizariam esta fórmula de disputa. Jogos eliminatórios (´mata-mata´) funcionam melhor em torneios mais curtos, com por exemplo, a Copa do Mundo, Champions League, Taça Libertadores. ——————– Foi um jogaço entre São Palmeiras. Porém, se quiser chegar ao Tri / Hexa do Campeonato Brasileiro, o Tri-Mundial não pode se permitir empatar em jogos decisivos, mesmo jogando fora de casa.

  • Husky

    Se nao me engano, o maximo q ja aconteceu foi 3 times chegaram na ultima rodada com chance de titulo! Recentemente teve um campeonato holandes decidido assim e a 2 temporadas o espanhol foi decidido assim, eram o Real, o Barça e acho q o Villareal com chance na ultima rodada…seria insano se o brasileiro chegasse na ultima rodada com os 5 com chance de titulo, o que seria mais legal eh q seriam 5 jogos pra se acompanhar ao mesmo tempo, jah q ninguem se enfrenta na ultima rodada!rs

  • Leonardo

    André, se não é só a audiência do blog que indica o seu sucesso, penso que ela é ao menos um indicativo. Vejo que a questão do campeonato em pontos corridos despertou os blogonautas (essa palavra é mutio feia…) do sono. Que acha de postar algo sobre o assunto para instigar a discussão mais uma vez. Certa feita, no blog do Juca, houve discussão crônica sobre o tema, culminando com uma pesquisa feita por ele sobre se a preferência dos visistantes era pelos pontos corridos até as quartas e mata-mata a partir das semi.

MaisRecentes

Legionário



Continue Lendo

Paraíso



Continue Lendo

Daquele jeito



Continue Lendo