NOTA DOMINICAL



Eleições produzem o pior tipo de domingo: o sem futebol. Claro que não discuto a importância do voto. Só conheço o Brasil democrático, mas não perco de vista que nem sempre foi assim. E se a política não chega nem perto de empolgar como o futebol (o que é ainda mais triste do que um domingo sem bola), nosso direito de opinar não deve ser discutido. Espero que você tenha votado com responsabilidade. Até amanhã, com as notinhas sobre a rodada. PS: A noite de sábado foi longa – e extremamente agradável – num casamento fora de São Paulo. Ótimos amigos, felicidade genuína e contagiante dos recém-casados, uma belíssima festa. Embalada por uma banda que deixou todo mundo “chapado” pela técnica impecável e pelo repertório ideal. O nome é SoS (sigla para “Sensacional Orchestra Sonora”). Nunca tinha ouvido falar deles. Mas os caras são tão bons que fui investigar. Obviamente, era pura ignorância minha. A SoS existe desde 2006 e, pelo jeito, já deixou muita gente impressionada. Torça para, um dia (provavelmente, uma noite) dar de cara com eles.



MaisRecentes

Decisões



Continue Lendo

Plano B?



Continue Lendo

Pendurado



Continue Lendo