O OUTRO LINK DA LIGA



Só um 0 x 0 no complemento da segunda rodada. Cluj x Chelsea, pelo grupo A, na Transilvânia. No outro jogo da chave, em Bordeaux, a Roma ganhou de virada: 3 x 1. Júlio Baptista fez dois, contando com a participação de Rodrigo Taddei, que distraiu a barreira francesa em um, e cruzou para o outro. Pelo grupo B, em Milão, a Internazionale não conseguiu passar pelo Werder Bremen: 1 x 1, gols de Maicon e Pizarro. Adriano quase marcou um golaço. No primeiro jogo da história da UCL (fase de grupos) disputado num estádio cipriota, o Anorthosis bateu o Panathinaikos por 3 x 1. Grupo C: em Donetsk, o Shakthar perdeu de virada para o Barcelona, 2 x 1. Ilsinho abriu o placar e Lionel Messi fez os dois gols espanhóis. Polêmica no gol de empate do Barcelona. O Shakhtar tinha chutado a bola para fora, por causa de um jogador caído. No recomeço, em vez de retribuir a gentileza, o Barça fez o gol. Dá para ver os jogadores pedindo para Bojan devolver a bola, antes dele cruzar para a área. Como já dissemos aqui, a Fifa determina que é o juiz quem decide se a partida deve ou não ser interrompida para atendimento médico. E orienta os times a não chutar a bola para fora. Isso é uma coisa. Não devolver a bola é outra. E chama-se falta de esportividade. Pelo mesmo grupo, em Lisboa, o Sporting venceu o Basel por 2 x 0. Confira a cara de satisfação do goleiro Costanzo, ao se ver batido por um chute errado do brasileiro Derlei. No grupo D, na terra dos Beatles, o Liverpool fez 3 x 1 no PSV. Steven Gerrard mandou uma flecha no terceiro gol. No futebol de hoje, ninguém bate na bola como ele. E em Madri, o Atlético passou pelo Olympique de Marselha por 2 x 1. Melhores momentos, todos os gols e replays de ângulos invertidos, aqui.



MaisRecentes

Filme



Continue Lendo

Perversidades



Continue Lendo

Arturito



Continue Lendo