A HORA DO ESPANTO



Se você tem estômago sensível, não leia. Considere-se avisado(a). A aventura a seguir aconteceu com um camarada meu, no segundo dia em Pequim. Ele me fez prometer que não divulgaria seu nome. Por causa do fuso, o dia seguinte à chegada ainda é bem complicado em relação a horários. Não se tem sono nem fome na hora certa, vive-se com a desagradável sensação de que estamos dormindo acordados. E se isso vale para dormir e comer, vale também para ir ao banheiro. Aquele despertador que toca diariamente, na mesma hora, fica meio desorientado. Pois bem. Eis que esse meu camarada estava no supermercado, comprando víveres para seu apartamento, quando o tal despertador tocou, lá pelo meio-dia. Primeiro aviso, e ele pensou: “não, agora não…” Tentou aplicar o truque psicológico (que só piora a situação) de enganar o próprio organismo. Como se não pensar naquilo mudasse alguma coisa. Veio o segundo aviso, um pouco mais rude, e o coitado pôs-se a calcular a distância entre onde ele estava e onde queria estar. Duzentos metros. Tão arriscado quanto tentar atravessar um rio cheio de crocodilos gigantes. Andar já era difícil. Não havia como fugir, a solução tinha de estar mais perto. O supermercado ficava em cima de um boulevard de lanchonetes de fast-food. Nenhuma delas parecia ter um banheiro. E se tivesse, perguntar seria uma perda de tempo precioso. Desceu as escadas, e encontrou aquilo que deveria temer, mas que àquela altura era um oásis. Um banheiro comunitário chinês. Terceiro aviso. Inconfundível como o início de um trabalho de parto. A checagem rápida do ambiente revelou um drama: dois cubículos com buracos no chão, canos expostos, pequenas poças de um líquido escuro. Uma visão capaz de tornar religioso quem não é. O cheiro turbinou o inevitável, mas havia um problema grave (sim, seria possível ficar pior): ausência de algo que pudesse ser qualificado como papel higiênico. Nova visita ao andar de cima, já durante um sísmico quarto aviso. Impossível manter um nível mínimo de educação com as pessoas na fila, ao abordar o balcão à procura de guardanapos. Mão cheia, desceu para encontrar seu destino. A essa altura, a natureza prevalece. O alívio é o objetivo supremo. E assim o problema foi resolvido. A entrada de um homem de meia-idade no cubículo ao lado quase passou despercebida. Após a cirurgia, quando nosso herói examinava a possibilidade de lavar as mãos, ouviu uma voz. Achou que o homem estava falando com ele, e cometeu um erro. Olhou. Ali estava o chinês. Falando ao celular, fumando, e fazendo o que as pessoas fazem em buracos no chão aqui na terra da Olimpíada.



  • thiago sant anna

    eca

  • Roberto Antunes

    hahahaha (muita risada).. eu já iria reclamar da falta que faz a coluna dominical. Iniciar um domingo, sem ela, não é a mesma coisa! Mas vc supriu minha carência à altura. Que aventura..eheuheu.. Imagine vc, sabendo que tem q atravessar uma linha de trem. Esta consideravelmente longe dela mas, aos poucos, ouve o apito do trem. Você vai chegando perto da linha, mas o apito também vai ficando cada vez mais forte. Não tem jeito, ou você chega antes do trem, ou o trem chega antes de você..hauhau

  • Anna Barros

    Andre,que descricao minuciosa! Quem sera esse seu amigo? rs O pior de Pequim deve ser o banheiro mesmo que parece made in Medieval Times… Meu estomago naoficou embrulhado,sera que o de mais alguem ficou? rs Abraco,Anna

  • calavera

    Que sufoco vc passou hein André! hauahuahhuahau AK: Não foi comigo. Um abraço.

  • http://somagui.zip.net

    Se vc FAZ assim não precisa de papel higiênico.A natureza é sábia e este é o natural .Deve ser por isso que não existem privadas como as nossas; não precisa de papel.

  • gustavo

    É como dizem: você pode ser o Papa, Bush, Bin Laden, Daniel Dantas ou Milton Neves, mas dentro de um banheiro você não passa de um CAGÃO.

  • aldo lopes

    André… muito boa essa passagem… estou dando risada até agora… hahahahaha…

  • Gustavo

    André, Encontrei aqui a melhor descrição para uma situação indescritível… Boa sorte pra você.

  • Tatiana

    Melhor nem perguntar o que o pobre tinha comido…

  • Willian Ifanger

    Terceiro aviso. Inconfundível como o início de um trabalho de parto. Hahahahahahaha. Quem nunca passou por uma situação dessas??? Sem buraco, logicamente.

  • Erico

    Que beleza, em ????

  • Fabio

    O pior é que é assim mesmo. André, não sei se vc já presenciou nos restaurantes, mas amigos meus que já visitaram a China dizem que o cara da mesa do lado dava cuspidas no chão durante a refeição. Pra acabar com o apetite de qualquer um… Xiexie, /Fabio.

  • porco

    VOCÊ PODERIA FALAR DA VIRADA DE MESA DO BAMBI. O BAMBI INSCREVEU ANDRÉ LIMA E ANDERSON ORIUNDOS DO EXTERIOR. A RESOLUÇÃO DA CBF É CLARA. JOGADOR VINDO DO EXTERIOR SÓ PODE SER INSCRITO DE 3 A 31 DE AGOSTO. ELES FORAM INSCRITOS DIA 01. ESTÃO FORA DO PRAZO LEGAL. VEJAM A RESOLUÇÃO : RDP n.02/2005: fixar o primeiro período para inscrição e registro de jogadores profissionais transferidos do estrangeiro para o Brasil de 2 de janeiro a 25 de março de cada ano, e o segundo período de 3 a 31 de agosto de cada ano. MAIS UMA VIRADA DE MESA BAMBI. ALIÁS, ELES GOSTAM MESMA DE VIRAR.

  • BASILIO77

    Sensacional….kkkkkkkkkkkkkkk….lenços de papel no bolso daqui em diante!!! Abraço.

  • Alex

    Você andou comendo carne de cachorro para chegar a esse ponto???

  • Nelson

    Só quem nunca passou por isso vai ter qualquer outro sentimento senão o de solidariedade. E que nos próximos dias seu amigo carregue um estoque de papel higiênico.

  • Elton

    ah, André… Diz aê, era vc que tava de cócoras lá, né? AK: Se tivesse acontecido comigo, não haveria problema em contar. Um abraço.

  • Lippi

    André, espero que você consiga atualizar sempre… Programei minhas férias para agosto, assim posso ver as Olimpíadas sem preocupações. Sobre o texto, lembrei de um do Luis Fernando Veríssimo, que passou por uma situação semelhante (e com um final um pouco pior) num aeroporto.. Quando tiver tempo (acho que vai demorar pra ter tempo), vale a pena ler. Abraço AK: Eu li e me lembrei dele. Mas é uma grande injustiça com o Veríssimo ser citado aqui. Um abraço.

  • beto

    ahahahahaha “Diz que fui por aí: banheiro chines”

  • Murilo Mori

    André, Acabei de assistir no bate-bola sua matéria com a chegada do único representante brasileiro no halterofilismo à Pequim. Ansioso pelo começo dos Jogos, e estudando o calendário percebi que as primeiras medalhas serão destinadas às mulheres halterofilistas na categoria até 48 kg. Por curiosidade fui até a página da IWF, Federação Mundial de Levantamento de Peso para ver quais seriam as participantes e me deparei com algo curioso, pra não dizer espantoso. Na página inicial há um ícone denominado anti-doping e ao acessá-lo pude verificar a quantidade absurda de atletas pegos no anti-doping ano a ano, inclusive uma brasileira. Eu já imaginava que fosse um dos esportes com mais incidência de doping, mas devo admitir que não imaginava tantos. Segue o link da federação http://www.iwf.net Parabéns pelo blog, fase olímpica, está show de bola.

  • miguel costa

    Caro André, voce fez uma descrição perfeita da situação. Mas os banheiros da China não “perdem” em nada aos banheiros no Brasil. A diferença é a privada ( o buraco no chão muitas vezes não é literalmente o buraco, voce deve ter notado que existe uma peça e é feita para o pessoal ficar de cócoras). Torça para a próxima Copa ou Olimpiada ser no Japão, aí sim seu amigo não vai reclamar de nada. Um abraço.

  • Antonio M Mendes

    André, admiro muito seu trabalho. Consegue transcender o jornalismo esportivo, abordando aspectos sócio-culturais que muitas vezes passam desapercebidos por muitos jornalistas. Ah, também não pode faltar seu toque de bom humor para descrever as “robadas”. Bom trabalho

  • João Bongiovi

    China é tudo porcão mesmo.

  • Alberto Neves

    Pelo menos o susto não fez você cair na fossa!!! Já imaginou a cena? Vira pro lado e dá de cara com o cidadão na mesma posição e cai no buraco!!!

  • Boni

    KKKK… muito engraçado (para nós que não passamos por isso, claro).

  • Iossi

    André, “se vc tem estômago sensível não leia” ficou muito banalizado ultimamente e é usado como introdução para casos de suspeita de corrupção e afins. No caso da sua nota, esta frase não me advertiu propiciamente para o que me esperava na sequência. Mas faz parte da vida. Continue assim.

  • Joao Luis Amaral

    Hilário! He he he… e com a riqueza de detalhes que vc passou, está impagável. Não dá para negar que já passei por apertos semelhantes (quem nao?). Uma vez, em Viña del Mar, com 17 anos, certamente bati o recorde de velocidade. Uns 2km percorridos a pé, sem olhar para o lado, só pensando no hotel. Nessas horas que a gente percebe o QUANTO DEMORA UM ELEVADOR… Mas deu tudo certo no final… (tudo bem que nunca mais passei perto de frutos do mar). Abraço. Joao Luis Amaral.

  • Felipe Arthur

    Isso ainda é um blog esportivo?

  • Roberto

    André, Você sabe que os seu colega até que deu sorte, pois tem alguns lugares que nem as paredes tem, o individuo tem realizar o fato olhando para cara de todos que estão presentes no recinto. Obviamente todos que estão no recinto estão realizando o mesmo ato, ou derivados mais simplificados, é uma cena grotesca!!! Um abraço, Roberto

  • Tarso Holanda

    Qualquer kit de viagem tem que ter com doses generosas de Imosec.

  • André Monnerat

    Só uma observação: o tal “texto do Veríssimo” que circula pela internet não é do Veríssimo.

  • Dagoberto Rocha

    Isso aqui ta parecendo o site EGO, só fofocas. Quero notícias esportivas, não fofocas! Deixe esse episódio para seu amigo colocar na biografia dele, e não aqui. Aquele abraço

  • Nelson Bigeschi Junior

    Sensacional André Não importa quem foi o infeliz da trama e sim histórias impagáveis como essa que espero que vc continue nos trazendo. Resultados a gente pode ver em qualquer lugar. Parabéns. Grande abraço e cuidado com os buracos chineses…

  • Alexandre Cereja

    Estou acompanhando vários blogs, principalmente pelas histórias pitorescas que surgem aí em Pequim, mas sem sombra de dúvidas esse foi o acontecimento mais hilário até agora!! abs e boa cobertura!!

  • Flávio Castello

    Po, mas quanto cara mala tem nesse blog… Se o André está escrevendo um texto sobre as curiosidades da China, é porque ele quer, e o blog é dele!!! Quem não quiser ler, que não perca o tempo de ficar criticando, pois isso sim é muita falta do que fazer… Vá ler outro blog, ao invés de ficar enchendo o saco aqui… Mudando de assunto, muito bom esse relato, mostra como o povo chinês é “pitoresco”, e mostra o choque de culturas entre os dois países… Parabéns ao colunista, e espero que ele continue não dando ouvidos aos chatos e corneteiros de plantão. Abraço. AK: Continuará. Um abraço.

  • Erich Pontoldio

    Meu blog faz comentário sob a dificuldade em arrumar banheiro na china e a solução inteligente dado pelos chineses. algunstrintaanos.blogspot.com/

  • Sylvio Andrade

    Os enfezados – que estão com prisão de ventre, com a barriga dura, cheia de M… (é daí que vem o termo) – que tomem laxante e se acalmem.

  • Fernando Buglia

    Foi o Ronaldinho Gaucho!!!! Toda evento grandioso da esses reverterios nele!!!

MaisRecentes

Legionário



Continue Lendo

Paraíso



Continue Lendo

Daquele jeito



Continue Lendo