O TESTE DO ELEVADOR



Na sociedade chinesa, o propósito da mulher é procriar, cuidar da própria família e da família do marido. É assim desde sempre. O tempo passa, algumas coisas mudam, mas o que é tradicional permanece. E neste tradicionalismo, a mulher chinesa não trabalha, não decide, e não reclama. É comum ver, em mesas grandes de restaurantes, homens de um lado e mulheres do outro. Estão juntos, mas separados. Gentileza zero. Homens andam na frente, mulheres se viram. Afeto zero. Exibições públicas de carinho são raras, homens não cumprimentam mulheres com beijos. Quando se vê algo diferente disso nas ruas, pode ter certeza de que são jovens, mais ocidentalizados. E é engraçado o que acontece quando vemos casais adolescentes, vestidos de forma mais colorida, esbararrando numa certa rebeldia, andando de mãos dadas na calçada. Junto com o pensamento de que as coisas podem estar caminhando num sentido mais “normal”, do ponto de vista não-chinês, há a possibilidade desses jovens sofrerem discriminação por serem diferentes. Mas tomara que não. O fato é que, entre os mais velhos, não tem conversa. Dia desses, entrei no elevador do prédio de apartamentos onde estamos hospedados. Havia uma senhora chinesa dentro. O elevador chegou ao térreo, a porta abriu. Com o braço na frente do sensor, impedi o fechamento e olhei para ela, como que dizendo “por favor…”. A senhora ficou me olhando, sem dizer nada. Não se mexeu. Tentei de novo, gesticulando que ela podia passar. Nada. Saí torcendo para que a porta não fechasse, e pensando que talvez o destino dela fosse o subsolo. Ela só veio depois de mim.



  • Alan

    incrivel como os conceitos mudam em cada lugar… belo post e excelente seu blog. abracos

  • Anderson

    Caro André. Será que a tradição vence a força da nova “revolução” chinesa feita pelos jovens que irão comandar a potência do século 21?

  • Bruno Araujo

    Olá André! Parabéns pelo blog. Acompanho há algum tempo, mas os posts sobre a convivência olímpica realmente estão acima da média. Parabéns pelo ótimo trabalho e boa sorte!

  • GilbertoRSRJ

    No fim das contas eu leio, leio, leio todo dia e não venho dar os parabéns ao seu relato diário. Tsc, sou meio desligado, mesmo. Diariamente, André! Abraços! AK: Não tem problema. O importante é você estar aí do outro lado. Obrigado e um abraço.

  • Pedro

    Acompanho seu blog desde o outro portal, mas não me lembro de fazer nenhum comentário… Seus comentários na maioria das vezes sobre esportes em geral sempre enriqueceram as rodas de discussão dos apaixonados por esportes, como eu. Agora, esses posts que tratam da diversidade cultural e dos bastidores da Olimpíada estão simplesmente sensacionais!!! Seu blog se tornou uma leitura obrigatória diária, não só minha, mas de todos aqueles que conheço que se interessam por um bom assunto/discussão e por excelentes textos, sempre bem-humorados. Parabéns!! E por favor, escreva sempre!! AK: Obrigado. E seja bem-vindo sempre por aqui. Um abraço.

  • Cássio Parra

    Sem querer ser machista, mas isso tudo não seria mais costumes e uma cultura milenar, do que propriamente falta de feto e td mais ? Mesmo que seja abominável, aos nossos olhos .

  • Rodollfo Bernini

    A china é um modelo econômico perfeito. Se estivéssemos jogando Sim City. A cultura preconceituosa; o pensamento de crescimento desenfreado, sem preocupação com o meio ambiente; a quase escravização de grande parte da população; a opressão cultural, com um governo que censura a internet e a mídia… São todos conceitos de uma sociedade ultrapassada, que não respeita os direitos humanos. A partir do momento que o chinês é livre para deixar o país, isso não é problema. Mas não falta muito para que a china se torne uma alemanha oriental, basta que algum grupo de oposição tenha força para não morrer nas mãos do governo e divulgar para o mundo todo a sua causa. “Viva la resistance!” E tem gente que ainda diz “O Brasil é uma m..! Ah, quem dera fosse igual a China”. Ignorantes. Abraços!

  • Roberto Ramos

    Parabéns pelos textos de seu blog na viagem a China. Sensível, inteligente e prazeiroso de se ler. Muito bom mesmo. Roberto

  • porco

    VOCÊ PODERIA FALAR DA VIRADA DE MESA DO BAMBI. O BAMBI INSCREVEU ANDRÉ LIMA E ANDERSON ORIUNDOS DO EXTERIOR. A RESOLUÇÃO DA CBF É CLARA. JOGADOR VINDO DO EXTERIOR SÓ PODE SER INSCRITO DE 3 A 31 DE AGOSTO. ELES FORAM INSCRITOS DIA 01. ESTÃO FORA DO PRAZO LEGAL. VEJAM A RESOLUÇÃO : RDP n.02/2005: fixar o primeiro período para inscrição e registro de jogadores profissionais transferidos do estrangeiro para o Brasil de 2 de janeiro a 25 de março de cada ano, e o segundo período de 3 a 31 de agosto de cada ano. MAIS UMA VIRADA DE MESA BAMBI. ALIÁS, ELES GOSTAM MESMA DE VIRAR.

  • Anna Barros

    Andre,eu nao me imagino vivendo numa sociedade assim onde a mulher seja submissa,nao trabalhe e ande atras do homem e nao ao seu lado. A historia e fantastica! Isso e outra cultura!Pena que sua gentileza tenha passado despercebida por ela mas valeu a intencao,o cavalheirismo. E uma grande etapa de engrandecimento vivenciar tudo isso. Abraco,Anna

  • thiago blum

    Guri, você está escrevendo cada dia melhor. Abraço, estou aqui torcendo por você. Thiago Blum AK: Valeu, bro. Abraço.

  • Maria Celeste Gonçalves Campos

    André, sempre gostei de seu Blog e a partir de agora vou ler diariamente. Quero estar plugada em tudo que está acontecendo por aí. O povo Chines só vai descobrir a fórmula da felicidade quando aprender a cuidar bem das mulheres.

  • Rita

    Eu tô na maior expectativa pelos jogos e seus posts só contribuem pra isso. Se bem que até sem expectativas pra alguma coisa, como a última Copa América, por exemplo, sua cobertura e relatos foram tão bons, que acompanhei TODA a competição pelo seu blog, sem assistir matéria alguma na tv, só os jogos, claro! Não sei se me fiz entender, acho que no fundo só quero dizer que o blog olímpico tá totalmente excelente. AK: Muito obrigado pelo comentário. Um abraço.

  • thiago sant anna

    rapaz… parabens, tá com o blog mais bacana da internet. eu fico procurando o que não concordar ou criticar no seu post, que é uma coisa que eu adoro fazer mesmo (why so serious?!), mas desde que vc pisou na China tá dificil. Parabens. Mas tem uma coisa que eu quero perguntar: Se voce chegou a ler “Henfil na China”, agora que está fazendo nesse blog o seu “André na China”, dá pra acreditar que a China do Henfil tem o minimo a ver com a China do andré ? abraço

  • dario leao

    Caro Andre, boa sorte nesta fabrica de sonhos. Que inveja. Agora os feeds já tão chegando legal. Obrigado e que o seu trabalho continue trazendo informação e divertimento. AK: Bom saber que os feeds voltaram ao normal. Obrigado e um abraço.

  • Alex

    Imaginem se fosse o contrário, um jornelista chinês passeando em uma praia brasielira, repleta de gente semi-nua, e se desviando de balas perdidas. Será que ele estranharia(int)

  • Teobaldo

    Sinto-me vingado, afinal a minha mulher faz o mesmo comigo aqui no Brasil. Aquela mandona…. Obrigado, André…. bem-feito… putz, lá vem ela ver o que eu estou fazendo no PC. Tchau e saudações.

  • Gustavo Villani

    André, estou me divertindo, aprendendo, viajando junto contigo. Bacana mesmo.

  • Davi Kikuchi

    Talvez ela tenha ficado com medo de você… Brincadeira, bom trabalho para você.

  • Luiz

    Acho que as gentilezas e o afeto sejam guardados para quando o marido e a esposa estejam na intimidade do lar, junto com suas famílias, que é quando eles se fazem mais necessários. Ou não?

  • Luana Moreira

    Nesse país é td bem esquisito neh … vc aí e nós aqui aprendendo um pucadinho da cultura desse povo e claaaaaro torcendo pelo Brasil …Bom trabalho, inté!!

  • Cosme Silva

    Esse post me prendeu tanta a atenção que eu fiquei com a reação da senhora na cabeça, dias depois visitando uma loja de livros usados acabei me deparando com um livro chamado “As boas mulheres da China”, escrito por uma chinesa chamada Xinran, que fora uma radialista em um programa que abordava assuntos femininos, este livro é baseado em entrevistas que a autora fez a mulheres chinesas durante sua carreira, ela consegue investigar bem além do que os olhos de um visitante ocasional poderiam detectar, ao ler o livro fiquei absolutamente chocado com o que encontrei, se você se sentiu desconfortável com o que viu nas ruas sugiro que leia o livro. Desejo um bom trabalho a você ai em Pequim, um abraço, felicidades… AK: Obrigado pela dica. Um abraço.

MaisRecentes

Coleta



Continue Lendo

Invasões bárbaras



Continue Lendo

Flamengo 1 x 1 Independiente



Continue Lendo