UM MILITAR NA ARBITRAGEM



Já ouviu essa história? Pois é outra. Ronald L. Johnson, general de duas estrelas do exército dos Estados Unidos, foi contratado para ocupar o recém-criado cargo de “vice-presidente senior de operações de arbitragem” da NBA. A idéia é recuperar a liga do problema de imagem criado pelo envolvimento do árbitro Tim Donaghy num esquema de apostas ilegais. Donaghy, é bom sempre frisar, pode pegar 2 anos e 9 meses de cadeia. Johnson se aposentou recentemente da carreira militar, e será o responsável por tudo o que diz respeito ao apito na NBA. Ele diz que quer “trazer liderança e inovação para a excepcional arbitragem” da liga.



  • Teobaldo

    Já que o assunto é relativo à NBA, eu pergunto: Os jogadores da liga estarão sujeitos aos mesmos controles anti-dopping dos outros atletas das diversas modalidades?

  • Leandro Thome

    Se fosse pelo menos um ex-FBI ou ex-CIA até que vai, mais um general??? Aqui nos EUA essa medida está sendo questionada quanto a capacidade desse general de conseguir informações dessas “quadrilhas” pq acham que pessoas vindas de cargos de “inteligência” teriam mais facilidade a isso. E mais, o que será que esse individuo entende de basquete?? hehe Abraço

  • Henrique Klein

    André, sugestão de enquete pra teu blog: QUAIS OS 3 JOGADORES ACIMA DE 23 ANOS QUE DEVERIAM SER LEVADOS PRA PEQUIM? Abraço!

  • Hani Hassan

    Donaghy, é bom sempre frisar, pode pegar 2 anos e 9 meses de cadeia. Só aqui no Brasil que essa galera tem vida mansa, mesmo…

  • Bruno Pires Larizza

    Lá o cara pode pegar quase 3 anos de cadeia e aqui por onde anda o Edilson??? o Brasil é uma PIADA!!!

  • Eduardo Mion

    Enquanto isso, onde andará Edilson Pereira? André, Baron Davis nos Clippers. O que leva um cara a desmontar um time promissor como o Golden State, armado em torno dele, pra tentar fazer tudo isso de novo no 2º tiem de LA? Só saudade de casa? Abraço

  • André Luis Dadi

    Aqui no Brasil, em vez do Marinho o capitão Nascimento. “05, por que você não viu o penalti?”, antes de tomar um belo tapão em sua orelha. Seria perfeito hein?!?!Wilson Mendonça e tantos outros já estariam sem seu aparelho auditivo ou para o nosso bem, longe dos gramados.

  • Felipe Correa

    Ronald Johnson Marinho?

MaisRecentes

Gols fora, Flamengo dentro



Continue Lendo

Frustrante



Continue Lendo

Perfumaria



Continue Lendo