ENTREVISTA DA SEXTA



Um aperitivo da entrevista com Pete Sampras, que gravamos para os canais ESPN (no ar na semana que vem, ainda sem dia definido): AK: Ultimamente temos visto você jogar esses eventos de exibição. Falando sobre o jogo contra Federer em Nova Iorque, por exemplo. A impressão que fica é que, se você se preparar para um torneio, contra os jogadores atuais, você tem chance de ganhar. Você acredita que, se escolhesse 4 ou 5 eventos por ano, poderia ganhá-los? PETE SAMPRAS: O que eu posso dizer é que ainda consigo ser competitivo. Eu ainda posso jogar bem. Mas daí para ganhar eventos, eu não sei se conseguiria. Eu não sei se conseguiria ganhar desses caras. Você sabe… o que eu fiz em Nova Iorque foi apenas manter a coisa competitiva. Eu estou longe da forma que tinha quando jogava, não sou mais tão preciso, não me movo tão bem… AK: Mas você está sacando bem como sempre… PS: Sim, eu sei. E acho que usar uma raquete maior tem me ajudado muito a ainda sacar bem. Eu sei que posso ir para a quadra e jogar dois sets muito bons. Mas a questão é: posso fazer isso no dia seguinte? E no outro dia? O que eu sei que é que posso ir lá e me garantir mal ou bem. Essa é a real situação. É assim que eu estou agora. AK: Você joga tênis frequentemente ou apenas para se preparar para os eventos? PS: Só para me preparar para os eventos. E essa não é a coisa mais inteligente a fazer. Por exempo, depois de jogar contra Roger em Nova Iorque, não peguei na raquete por dois meses. Aí, vou jogar, e me machuco. Foi assim que machuquei as costas. Para fazer as coisas direito, eu deveria jogar tênis todos os dias, mesmo que não estivesse participando de nenhum evento. Mas, sabe como é… o tênis foi o meu trabalho por tanto tempo, que há coisas que prefiro fazer. Prefiro jogar basquete, jogar golfe, prefiro fazer outras coisas a jogar tênis. AK: Falando em basquete, você viu o jogo 6 das finais da NBA na televisão? PS: Ah… eu fiquei doente, cara. Doente. Os Lakers se aguentaram no começo, depois os Celtics travaram o Kobe e não erraram um arremesso… Eu sei que, no terceiro quarto, eu queria que já tivesse acabado. Mas foi uma boa temporada para os Lakers. Eu acho que eles vão melhorar quando (Andrew, pivô machucado) Bynum voltar, porque (Pau) Gasol não estava jogando na posição dele. Eu sou um grande fã dos Lakers, mas Boston mereceu ganhar. Eles eram o melhor time e mostraram isso naquela noite.



MaisRecentes

Poupe



Continue Lendo

Pertencimento



Continue Lendo

Vitória com bônus



Continue Lendo