7 coisas que você talvez não saiba sobre o Super Bowl 2018



Pela segunda vez Patriots e Eagles se enfrentam no Super Bowl
Treze anos depois, o Super Bowl será decidido novamente entre New England Patriots e Philadelphia Eagles. Em 2005, a edição 39 foi disputada em Jacksonville, na Flórida, e ficou empatada até o início do quarto período, quando um touchdown do running back Corey Dillon colocou os Pats à frente. A partida terminaria com três pontos de vantagem para New England: 24 x 21.

Eagles tentam seu primeiro título em quase 60 anos

A Filadélfia jamais teve o gostinho de comemorar a conquista de um Super Bowl, já que o último título dos Eagles foi conquistado em 1960, quando a partida que define o campeão da NFL ainda não tinha o nome e o troféu atuais. Será a terceira aparição da equipe no maior jogo do esporte americano. Além da final de 2005, contra os Patriots, Philadelphia também perdeu para o Oakland Raiders em 1980, por 27 a 10.

O milionário Tom Brady não tem o maior salário da família
Os fãs de futebol americano detestam quando o astro do New England Patriots é chamado na imprensa brasileira de “marido da Gisele”. Mas aí vai uma curiosidade. O maior salário da casa mansão não é do camisa 12, mas sim da top model brasileira. Segundo levantamento da revista “Forbes”, Gisele Bündchen, mesmo aposentada das passarelas, é uma das 100 celebridades mais bem pagas do mundo e ganha US$ 360 milhões anuais, o dobro de Brady, que embolsa US$ 180 milhões.

Brady cercado pelas câmeras em entrevista pré-Super Bowl

Brady cercado pelas câmeras em entrevista pré-Super Bowl (Foto: Hannah Foslien/AFP)

Um animal vai ao Super Bowl pelo sexto ano seguido
Não que isso tenha alguma grande importância, mas é curioso observar que desde 2013 o Super Bowl tem sempre ao menos um time que leva o nome de um animal. A última vez em que a partida não teve presença da fauna foi em 2012, quando o New York Giants foi campeão batendo (novidade…) o New England Patriots por 21 a 17. Não é algo difícil, já que metade dos 32 times da liga têm refência a algum animal no nome ou no logo.

Final com um favorito disparado
Nunca o New England Patriots foi tão favorito em um Super Bowl. Nem mesmo quando chegou invicto, em 2008, e acabou derrotado pelos Giants. Embora tenha feito uma campanha de 13 vitórias e três derrotas na temporada regular, o Philadephia Eagles é azarão desde o princípio dos playoffs, principalmente pela ausência do quarterback Carson Wentz, que era candidato ao prêmio de MVP e se lesionou na reta final da fase de classificação. Nick Foles vem dando conta, mas está claramente abaixo do colega.

Nick Foles, quarterback do Philadelphia Eagles, treina para o Super Bowl de 2018

Nick Foles está fazendo um bom papel, mas… (Foto: Hannah Foslien/AFP)

O maior time, o maior técnico e o maior jogador de todos os tempos
Desde a virada do século, quando começou a era Tom Brady no New England Patriots, o time chegou ao Super Bowl oito vezes. Nas sete anteriores foi campeão em cinco. É difícil não apontar o quarterback como o maior jogador de todos os tempos da NFL, um atleta que se mantém em alto nível aos 40 anos e com uma carreira de quase duas décadas, algo raríssimo. Sua parceria com o genial técnico Bill Belichick jamais encontrou par na história da liga e nem suspeitas e acusacões de trapaça ofuscam a trajetória do maior time de todos os tempos.

Torcedores famosos: quem está de cada lado
Se você ainda não sabe pra quem torcer no jogo deste domingo, talvez possa decidir sabendo quem são alguns dos torcedores famosos de cada equipe. Ao lado dos Patriots estarão dois super-heróis: Ben Affleck (o ator que interpreta o Batman) e Chris Evans (Capitão América). Também apoiam New England os cantores Steven Tyler, do Aerosmith, e Justin Timberlake, que fará o show do intervalo. E Gisele Bündchen, é claro. Ao lado dos Eagles estarão os atores Sylvester Stallone e Will Smith, a comediante Tina Fey, o ex-astro da NBA Kobe Bryant e a cantora Pink, que interpretará o hino americano antes do jogo.



MaisRecentes

Nos 60 anos de Oscar Schmidt, lembre o discurso de sua entrada no Hall da Fama



Continue Lendo