90 minutos de Real Madrid x PSG na cabeça de Neymar



Isco, do Real Madrid, e Neymar, do PSG, no jogo de ida pelas oitavas de final da Champions League

Isco, do Real Madrid, e Neymar, do PSG, no jogo desta quarta (Foto: Gabriel Bouys/AFP)

É hoje. Vou provar a todos que sou o melhor do mundo. Cristiano Ronaldo? Pffff. Não tem ousadia nem alegria. Vou calar o Santiago Bernabéu. Deus é top, logo estarei aqui vestindo esta camisa. Paris é linda, mas eu preciso mais. Não dá para jogar contar esses Toulouses da vida. Eu pareço um gigante num parque de diversões. Será que exagerei na foto do Carnaval? A Bruna não me escreve desde ontem. Vou deitar hoje, certeza. Bola rolando. Putz, dei mole no meio de campo. Quase gol do Marcelo. Vamos, Cavani, passa essa bola para mim. É tão difícil entender que sou o dono do time? Pode vir, Sérgio Ramos, tem um rolinho guardado para ti. Será que dá tempo de fazer um stories no intervalo? Porra, Cavani, tô livre. Eles me boicotam, puta merda. Eu não aguento mais isso aqui. Deixa só a Copa do Mundo chegar. Cadê o telão? Só mostram este português, toda hora. Isso, podem me vaiar, um dia vocês estarão de pé me aplaudindo. A Marquezine não precisava usar aquela fantasia, já falei mil vezes. É agora, é agora. Foi falta, juiz! É sempre assim. Se fosse no Parc des Princes, ele dava. Safado. Vai ter dancinha se eu fizer gol? Mas claro que sim, rapaz. Ensaiei nas últimas semanas, aqui é MC Neymar, irmão. Cartão amarelo? Você tá louco, juiz? Apanho o jogo todo e levo cartão por causa de uma bicudinha no Nacho? Olha aí, apanhei de novo. Nada agora, né? Eu vou calar todo mundo com gol. Pode esperar. Olha o Zidane aí. Segura, careca, que eu tô chegando. É agora! Porra, escorreguei. Alguém marca este português. Ufa, errou também. Vai, Rabiot, golaço. Puta merda. Era para ser meu, mas tá valendo. Será que vão contar como assistência minha? Merda, pênalti para eles. Não é possível, que lance idiota. Vai errar, vai errar. Gol dele. Que ódio. Pô, já acabou o primeiro tempo.

Preciso subir alguma foto matadora no intervalo. Esse Unai é muito fraco. Como pode deixar o monstro do Thiago Silva no banco? Será que o Galvão tá narrando? Deve estar, Galvão é parça. Não falha nunca. Vambora, segundo tempo. Agora o meu gol sai. Serei o herói da partida. Eu preciso da Bola de Ouro. Messi é parça, mas chegou a minha vez. Toca a porra da bola, uruguaio maldito. Vamos, Dani. Acerta uma. Que saudades de Barcelona. Tá louco. Concentra, Neymar, concentra. Olha esse Benzema, que patético. Não podemos recuar. Põe o Di María, professor. Dá para ganhar tranquilo. Boa, saiu o Cavani. Agora é tudo nosso. Tá escrito, era pra ser. Torcida deles está quieta, é a hora perfeita para dar o bote. Sai da frente, juiz. Porra! Olha a bolada que ele tomou. Chupa, dá cartão agora. Olha o Bale aí, que cabelinho estranho. Será que o Gil Cebola tá monitorando as redes? Vamos, Mbappé, acorda, cara! Não é possível. Ronaldo. De novo. Mas que time filho da puta. Olha ele lá no telão de novo. Que mundo injusto. Eles de novo. Tira esta merda. Puta que pariu. Marcelo é muito bola. Golaço. Ferrou de vez. Eu odeio o PSG, o que eu fui fazer na vida? Agora só um milagre no jogo de volta. É tudo ou nada. Ou adeus, Bola de Ouro. Quem sabe uma remontada histórica. Como aquela do… Barcelona. Acabou, eu não acredito. Olha a alegria dos caras. Olha o sorriso deste português. Não aguento mais. Cadê meu celular, cacete?