Os sinais e os efeitos da disputa por Henrique Dourado



O Flamengo acaba de anunciar Henrique Dourado, o ‘Ceifador’, como novo atacante para a temporada, superando o Corinthians, clube que esteve mais próximo de contratar o jogador do Fluminense neste início de ano. Chamam a atenção quatro aspectos desta transação:

1. Negociar um dos artilheiros do último Campeonato Brasileiro com o principal rival mostra o tamanho da fragilidade do Fluminense neste mercado. Após uma dispensa constrangedora de diversos jogadores para enxugar a folha salarial, o Tricolor se vê sem suas principais referências dentro de campo. Sem conseguir cumprir com suas obrigações, viu Gustavo Scarpa ir à Justiça para rescindir seu contrato e Dourado afirmar publicamente que era hora de partir. É bem improvável que os jovens do elenco deem conta de um processo complexo de reconstrução técnica.

2. Até 2014, Henrique Dourado era um desconhecido. Ajudou demais o Palmeiras a se livrar do terceiro rebaixamento, mas nunca foi uma unanimidade entre os torcedores. Teve uma passagem bem fraca pelo Cruzeiro, foi para o Vitória de Guimarães, em Portugal, e só retomou os holofotes quando chegou ao Fluminense em 2016 e correspondeu com 34 gols em 75 jogos e referência na cobrança de penalidades. Apesar do momento de alta, a forte disputa interna por ele só se justifica pelo nível baixo de opções no setor. Ter condições de ser titular em quase todos os times da Série A diz mais sobre o momento do futebol brasileiro do que a capacidade do jogador.

Ao lado de Jô, Henrique Dourado foi artilheiro do Brasileirão 2017 (Foto: Divulgação Fluminense)

Ao lado de Jô, Henrique Dourado foi artilheiro do Brasileirão 2017 (Foto: Divulgação Fluminense)

3. Perder a ‘queda-de-braço’ com o Flamengo escancara, mais uma vez, o momento crítico das finanças do Corinthians. O atual campeão brasileiro tentou Scarpa, Tréllez, Zé Rafael e agora Dourado, mas, até o momento, trouxe nomes bem discretos para reforçar o time. Talvez algo mude após a eleição do novo presidente, até para dar uma resposta ao torcedor, mas o quadro atual mostra o time brasileiro mais vitorioso dos últimos anos com pouca força para ganhar este tipo de disputa, hoje centralizada ente palmeiras e Flamengo.

4. Diante do que o mercado oferece, o Flamengo acerta na contratação, ainda mais com a indefinição sobre Guerrero, que teve o contrato suspenso até que o seu pedido de suspensão da pena por doping involuntário seja avaliado pela Fifa. Após o fracasso na temporada passada, o Rubro-Negro não pode novamente chegar em dezembro improvisando jovens em diversos setores para cobrir os erros na montagem de elenco.